Carros mais vendidos de novembro em cada segmento

Chevrolet Onix e Onix Plus são os únicos que venderam mais de 10 mil unidades no mês passado. GM domina o mercado

  1. Home
  2. Bolso
  3. Carros mais vendidos de novembro em cada segmento
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves segue em recuperação após a grande queda de abril e maio ocorrida em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Novo relatório da Fenabrave (associação dos concessionários) garante que as vendas estão em alta, com 225.030 unidades comercializadas em novembro (nessa conta entram ônibus e caminhões).

Com relação ao mês de outubro, as vendas de carros e comerciais leves cresceram 4,4%, de acordo com o mais recente documento de emplacamentos divulgado pela entidade. Foram 214.265 unidades registradas no mês passado (aqui, somente automóveis e comerciais leves), contra 205.232 do período anterior (outubro).

Como dissemos no mês passado, se por um lado os números são positivos, por outro não significam que houve recuperação total. Mesmo com a retomada, é improvável que o mercado brasileiro termine 2020 com desempenho melhor que o do ano passado. Até novembro foram comercializadas 1.718.093 unidades, queda de 28,6% no comparativo com o mesmo período do ano anterior.

Abaixo trazemos nosso tradicional ranking de modelos mais vendidos com os vencedores de novembro. Mostramos quem liderou as cinco principais categorias do mercado brasileiro de carros: hatches, sedãs, SUVs, picapes e esportivos. Confira:

Carros mais vendidos de novembro

Hatch: Chevrolet Onix

O Chevrolet Onix chegou a perder esse posto de carro mais vendido do país, que lhe pertence desde 2015, por duas vezes este ano - em julho foi derrotado pelo Volkswagen T-Cross e em setembro perdeu a liderança para a Fiat Strada. Mas desde outubro ele voltou a dominar o mercado. Em novembro, mais uma vez com a medalha de ouro, vendeu 14.292 unidades.

Entre os hatchbacks, obviamente, tudo sob controle já que o segundo colocado foi o Hyundai HB20, com 9.465 emplacamentos. Em novembro, o terceiro foi o Fiat Argo, que teve 8.455 registros de acordo com a Fenabrave.

Chevrolet Onix RS
Chevrolet Onix RS, versão esportivada do carro mais vendido do Brasil, foi lançada em setembro
Crédito: Divulgação

Sedã: Chevrolet Onix Plus

Entra mês, sai mês e o Chevrolet Onix Plus continua no topo da categoria de sedãs. O três-volumes mais vendido do Brasil fechou novembro com excelentes 12.135 licenciamentos. Como lembramos por aqui, a Fenabrave também põe na conta o antigo Prisma, que agora atende sob a alcunha de Joy Plus.

Na segunda posição entre os sedãs figura o Toyota Corolla, que no mês passado teve 5.017 emplacamentos. O modelo nipônico foi seguido em novembro pelo veterano Volkswagen Voyage, que fechou o mês com 3.425 unidades comercializadas.

Chevrolet Onix Plus Midnight
Onix Plus foi outro modelo da GM a ganhar uma versão em setembro, a Midnight
Crédito: Divulgação

SUV: Jeep Renegade

A briga entre os utilitários segue forte. O ano começou com o surgimento da nova geração do Chevrolet Tracker, que rapidamente dominou a categoria; depois viu um avanço do Volkswagen T-Cross bem em meio à quarentena, quando o modelo da marca alemã chegou até a roubar o posto de carro mais vendido do país do Onix; e agora observa o Jeep Renegade mostrar serviço.

O SUV feito em Goiana (PE) foi o líder desse segmento no mês passado, com 6.543 unidades emplacadas, apenas uma centena à frente do Chevrolet Tracker, que teve 6.427 registros. O terceiro colocado em novembro foi o Jeep Compass, SUV médio, que teve 6.155 licenciamentos. O T-Cross foi o quarto (5.562).

Jeep Renegade Trailhawk 2020
Jeep Renegade foi o SUV mais vendido de novembro de 2020, pouco acima do Tracker, o segundo colocado
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Picape: Fiat Strada

A "Stradinha" continua "nem aí" para a concorrência. Além de mais um mês na liderança no segmento de picapes, o modelo da Fiat já praticamente garantiu a primeira colocação entre todos os comerciais leves vendidos no mercado brasileiro (picapes, vans e veículos comerciais) em 2020.

Em novembro a picape teve 9.614 licenciamentos - no ano, são 69.653 unidades, mais de 20 mil superior a segunda colocada no geral, a Fiat Toro, que em 2020 já teve 46.991 carros emplacados. Nessa categoria, a segunda colocação do mês passado ficou, obviamente, com a Toro, com 6.611 emplacamentos; e a terceira mais vendida foi mais uma vez a Chevrolet S10, com 3.675 registros.

Novafiatstradaendurancecabineplus Externas1 Large
Vale lembrar que mesmo com a mudança profunda, Strada ainda emplaca unidades da geração anterior
Crédito: Divulgação

Esportivo: Porsche 911

Em um ano que certamente será comemorado pela Porsche, o 911 mais uma vez terminou um mês na liderança entre os esportivos, com 60 unidades emplacadas em novembro. O segundo foi o Boxster, com 29 licenciamentos; e o terceiro no mês passado foi o Ford Mustang, que vendeu 26 unidades.

No ano, o pódio tem Porsche 911 (751 unidades), Ford Mustang (306) e Porsche Boxster (302) - essa disputa pela medalha de prata será decidida somente em dezembro. Lembrete: na categoria, a Fenabrave não leva em conta as derivações esportivas de carros "comuns", como Renault Sandero RS ou Audi RS6. Apenas os "puro-sangue" fazem parte do grupo.

Porsche 911 será o carro esportivo mais vendido do Brasil em 2020
Crédito: Divulgação
Comentários