Veja como parcelar IPVA atrasado ou em dia

Nada melhor do que começar o ano sem dívidas do passado. Por isso, veja como quitar o imposto do seu veículo

  1. Home
  2. Bolso
  3. Veja como parcelar IPVA atrasado ou em dia
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Todo motorista sabe que o começo do ano traz alguns pagamentos que envolvem o seu carro. Logo em janeiro aparece o primeiro deles: o IPVA, o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores.

Por chegar junto com várias outras despesas, algumas pessoas acabam perdendo a data inicial do pagamento. Quando isso ocorre, a principal dúvida dos motoristas é: tem como parcelar IPVA atrasado? Veja a seguir se é possível caso você esteja nesta situação!

Passo a passo de como consultar e pagar o IPVA

Independentemente de estar atrasado ou não, o caminho para acessar o IPVA do seu veículo é um só e deve ser feito pelo portal do Detran da sua cidade. Cada site tem o seu próprio layout, mas o acesso é semelhante.

Vamos tomar como base o passo a passo realizado em São Paulo. Veja como parcelar o IPVA atrasado!

  • Acesse o site do Detran da sua cidade e entre em “veículo - débitos, restrições e vistorias”
  • Neste campo você terá acesso a duas opções: consultar o seu veículo ou o veículo de terceiros
  • Após a escolha de um deles, será necessário fazer o login (CPF e senha) ou, caso nunca tenha acessado o site do Detran, realizar o cadastro
  • Para ter acesso ao valor do IPVA, é preciso preencher com o Renavam do veículo, que consta no documento
  • Agora é só emitir a guia de pagamento. Caso esteja atrasado, os valores de juros e correções serão atualizados automaticamente
  • Depois de emitido, você precisa apenas realizar o pagamento do imposto. Caso pague em dia, as cidades oferecem um desconto quando é feito à vista Em São Paulo é de 3%. Após o mês de janeiro, é possível quitar o débito de forma integral (sem desconto) ou selecionar o parcelamento do valor, que pode ser feito em até três vezes sem juros
  • icon photo
    Legenda: Solicitação de parcelamento do IPVA atrasado pode ser feito de forma digital
    Crédito: Divulgação

    O pagamento do tributo é obrigatório e pode ser realizado no banco de sua preferência, em casas lotéricas ou pela internet. Atrasado ou não, o ideal é sempre quitar o débito dentro do prazo estipulado.

    Quais são as consequências ao não pagar o IPVA?

    Por ser obrigatório, o não pagamento do tributo traz algumas consequências ao motorista do veículo. Os mais graves são não conseguir renovar o documento do automóvel e correr o risco de ter o carro apreendido, além de o nome incluído na lista de devedores. Veja um a um:

    • Impossibilidade de realizar o licenciamento do carro
    • Não conseguir fazer a transferência de propriedade do veículo
    • Risco de apreensão do carro
    • Ter o nome incluído na dívida ativa, SPC e Serasa
    • Receber multas e pontos na CNH
    • Ao não quitar a pendência, o proprietário não consegue fazer o licenciamento obrigatório do carro. Sem ele em dia, os riscos de ter o veículo apreendido são grandes. Por isso, o mais indicado é sempre realizar o pagamento do IPVA.

      Quem tem isenção do pagamento do IPVA?

      Atualmente, alguns motoristas estão isentos do pagamento do IPVA. As regras para o benefício mudam de cidade para cidade. Em São Paulo, por exemplo, são eles os que fazem parte do grupo de pessoas com deficiência (PcD) e com doenças crônicas.

      Donos veículos produzidos há mais de 20 anos também não precisam pagar IPVA em São Paulo. Em alguns estados, veículos elétricos estão isentos da alíquota.

      Como pagar IPVA atrasado de outros anos?

      Ao realizar o passo a passo do começo deste texto, o proprietário terá acesso a todas as pendências do seu veículo. Se o atraso do IPVA vier de outros anos, os valores também serão atualizados, incluindo multas e juros.

      Caso não consiga realizar o pagamento integral do valor do tributo, existe a possibilidade de parcelar o IPVA. Para conseguir, basta aceitar a proposta de parcelamento oferecida pelo Detran. Após definir quais são as melhores condições de pagamento, o primeiro boleto será emitido.

      icon photo
      Legenda: Imposto em aberto ainda? Se programe, faça as contas e veja como parcelar o IPVA atrasado
      Crédito: iStock

      Depois do pagamento da primeira parcela do IPVA, você já consegue evitar que o carro seja apreendido ao apresentar o comprovante original do débito do boleto. É importante evitar que novos atrasos ocorram. Por isso, procure quitar todos as parcelas dentro da data escolhida por você mesmo.

      Lembre-se de, após o pagamento total do IPVA, realizar o licenciamento do carro. Andar com todos os débitos de impostos quitados possibilita a livre circulação do veículo, além de evitar que o seu nome vá parar na dívida ativa do estado.

      Saiba mais sobre o seu veículo com o WM1!

      Para ficar sempre bem informado sobre tudo que envolva o seu veículo e o mundo automotivo, confira as principais notícias aqui no WM1. Além de saber informações igual essa sobre como parcelar IPVA atrasado, você encontra as melhores novidades e dicas!

       

      Comentários