A3 Sedan nacional começa a ser vendido no Brasil

Primeiro Audi Flex do mundo ganha mais potência e fica mais barato; parte de R$ 99.990
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. A3 Sedan nacional começa a ser vendido no Brasil
Karina Simões
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


Em janeiro de 2014 a Audi lançou no Brasil seu sedã compacto premium A3, que até outubro deste ano vendeu 7 mil unidades. O sedã representa 35% das vendas da montadora no País, o que justifica a adoção da tecnologia flex. 

 

O novo A3 Sedan Flex representa um marco na história da Audi por dois motivos: ele agora é fabricado no Brasil e é o primeiro Audi 100% flex do mundo. 

 

O carro foi adequado ao Brasil. Traduzindo, a suspensão multibraço na traseira deu lugar a uma de eixo de torção fabricada no Brasil. O câmbio de 7 marchas DSG também foi substituído por um de seis marchas tiptronic, este importado. 

 

Calma, o cliente não perdeu tanto assim, a versão nacional está mais robusta para as ruas brasileiras, ele ficou pouca coisa mais barato que a versão importada da Hungria e ganhou quase 30 cv a mais no etanol. 

 

"Não espere redução de custo e sim estabilidade de preços", disse Lothar Werninghaus, consultor técnico da Audi do Brasil.

 

O A3 Sedan nacional é oferecido nas versões Attaction por R$ 99.990 e Ambition por R$ 109.990. Ambos equipados com motor 1.4 TFSI de 150 cv de potência e 25,4 kgf.m de torque máximo. Em comparação com o motor importado - este é fabricado em São Carlos - os ganhos em desempenho foram 22 cv e 5,2 kgf.m.

 

De série, ele vem com faróis bi-xenôn, lanternas em LED, sete airbags, sistema start-stop, central multimídia MMI com tela de 5,8 polegadas. As rodas podem ser de 16" ou 17" e a capacidade do porta-malas vai de 425 litros até 880 litros com os bancos rebatidos. 

 

O A3 Sedan chega às lojas este mês. Confira todos os detalhes da novidade, bem como nossas impressões do modelo nesta quinta-feira (12) na WebMotors

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors