Bugatti revela versão em homenagem ao EB110

Baseado no Chiron, superesportivo será mostrado no Concurso de Elegância de Pebble Beach, nos Estados Unidos

  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Bugatti revela versão em homenagem ao EB110
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Este é o Bugatti EB110 Centodieci. Trata-se de mais uma versão exclusiva feita pela marca, desta vez, uma homenagem ao superesportivo EB110, lançado em 1991. O modelo será apresentado ao público no Concurso de Elegância de Pebble Beach, nos EUA, onde a maior parte dos milionários e possíveis compradores do carrão estarão neste fim de semana de 16 a 18 de agosto. As fotos, porém, já vazaram e você confere aqui no WM1.

icon photo
Legenda: 1994 Bugatti Eb110 Super Sport
Crédito: Divugação

Produzido entre 1991 e 1995, o EB110 foi o último supercarro da marca antes da fusão com a Volkswagen. Foram construídas 139 unidades, todas equipadas com câmbio manual de seis velocidades acoplada a um sistema de transmissão integral. O motor era um V12 com 3.5 litros e quatro turbos, que rendia impressionantes 612 cv na versão mais possante, a Super Sport.

OFERTAS WEBMOTORS

icon photo
Legenda: Bug1
Crédito: Divulgação

Chamado de EB110 Super Sport Hommage, ou Centodieci, o novo Bugatti será uma versão limitada. Especula-se que serão produzidas apenas 10 unidades, mas a marca confirmará isso oficialmente até o final de semana. O modelo usa como base o Chiron.

O visual tem referências ao modelo homenageado, como as entradas de ar dianteiras e laterais, a posição dos faróis e até mesmo o aerofólio na traseira.

VEJA MAIS

icon photo
Legenda: Homenagem ao EB110
Crédito: Divukgalçao/Bugatti

O motor permanece o mesmo do Chiron. Um motor W16 com quatro turbos e insanos 1.500 cv. Versão mais extrema do modelo homenageado, o EB110 Super Sport de 1992 era capaz de atingir 355 km/h e os 100 km/h em 3,2 segundos. O novo EB110 Centodieci tem velocidade máxima de 420 km/h e leva apenas 2,4 segundos para superar os primeiros 100 km/h.

O preço, como já é de se imaginar, é praticamente impossível para meros mortais. Especula-se que cada unidade custará entre 8 e 9 milhões de euros, algo em torno de R$ 35 milhões.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors