New Fiesta 1.0 Ecoboost chega por R$ 71.990

Motor chega na versão top de linha do hatch; bloco 1.5 'cai fora'
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. New Fiesta 1.0 Ecoboost chega por R$ 71.990
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

icon photo
Legenda: Img 4037

O primeiro tricilíndrico turbo chegou ao nosso mercado no ano passado com o Volkswagen Up! TSI, recentemente a Hyundai lançou o HB20 Turbo e, agora, a Ford traz para o New Fiesta sua tecnologia Ecoboost. Movido apenas a gasolina, o “motorzinho” com turbocompressor, injeção direta de combustível e duplo comando variável de válvulas gera 125 cv e torque de 17,3 kgfm, números que fazem dele o 1.0 turbo mais potente do mercado. Disponível apenas na versão top de linha do New Fiesta, a Titanium, ele chega na segunda quinzena de julho por R$ 71.990. A pré-venda está disponível a partir da próxima quinta-feira (30).

Assustou com o preço? A Ford diz que quer convencer o consumidor que está disposto a pagar mais por eficiência energética e tecnologia. Sua chegada reposiciona a linha do hatch já que o bloco de baixa litragem é R$ 1.300 mais caro que a versão equipada com bloco 1.6 Sigma. Isso também explica porque a Ford optou por trazer o motor equipando apenas a versão mais completa do carro. 

Em comparação ao motor 1.6 do New Fiesta, o 1.0 Ecoboost entrega a mesma potência (125 cv) e e quase 1,5 kgf.m a mais de torque. O grande diferencial, todavia, é que o torque chega bem antes, a partir de 1.400 giros, enquanto no motor de maior litragem, o torque máximo chega apenas a 4.250 rpm. Ou seja, no 1.0 Ecoboost, 90% do torque está disponível na faixa mais usada no dia a dia. 

Menos é mais

Ícone do downsizing, este motorzinho importado da Romênia tem uma construção muito interessante. Além de turbo, injeção direta de combustível e duplo comando variável de válvulas, conta com bomba variável de óleo, correia banhada em óleo, coletor integrado ao cabeçote, sistema duplo de aquecimento e arrefecimento e sistema de resfriamento dos pistões por jato de óleo.

Em vez da válvula “wastegate”, o turbo conta com solenóide, que elimina o conhecido efeito turbolag – demora na resposta de potência quando se pisa no acelerador. Acoplado a um câmbio sequencial de seis velocidades, o Powershift, o conjunto rende aceleração de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos. E, segundo a Ford, consumo de 12,2 km/l na cidade e 15,3 km/l na estrada com gasolina, com nota A e Selo Conpet do Inmetro.

A Ford não prevê uma opção bicombustível do Ecoboost para o Brasil, já que este desenvolvimento requer muito investimento. Além disso, a montadora também não pensa em lançá-lo para a carroceria sedã. Quanto a uma versão com câmbio manual, esta também foi descartada, segundo a Ford, o consumidor que paga mais de R$ 60 mil em um carro não quer um carro com câmbio manual.

Completão

Na versão Titanium, ele traz 7 airbags (frontais, laterais, de cortina e de joelho para o motorista), sistema de partida sem chave Ford Power, chave com sensor de presença, bancos de couro, rodas de liga leve de 16 polegadas, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, espelho retrovisor eletrocrômico, piloto automático e ar-condicionado digital. Tem também sistema SYNC com comandos de voz, AppLink para acesso a aplicativos de smartphones e Assistência de Emergência. 

1.5 sai de cena

A linha New Fiesta agora é formada pelas versões 1.6 SE, SEL e Titanium e 1.0 EcoBoost Titanium. A Ford tirou de cena o motor 1.5, antes oferecido na gama, ele deve continuar sendo oferecido apenas para frotistas.

O New Fiesta SE, equipado com motor 1.6 Sigma e transmissão manual de cinco velocidades custa por R$51.990 e traz itens como ar-condicionado, direção elétrica, vidros dianteiros, travas e espelhos elétricos, alarme volumétrico, som MyConnection geração 3 e computador de bordo.

A versão SEL, com motor 1.6 Sigma e câmbio manual ou sequencial, acrescenta controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, sensor de estacionamento traseiro, faróis de neblina, rodas de liga leve de 15 polegadas, SYNC com comandos de voz, AppLink e Assistência de Emergência, ar-condicionado digital, vidros elétricos dianteiros e traseiros com fechamento global e chave de segurança MyKey. Parte de R$58.790 com transmissão manual e vai a R$64.990 com o Powershift.

A configuração Titanium é oferecida também com motor 1.6, com os mesmos equipamentos do Fiesta EcoBoost e custa por R$70.690, ambas com transmissão sequencial. Neste momento, a Ford não está disponibilizando para as vendas no varejo a versão com o motor 1.5 na linha New Fiesta.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors