Renault confirma produção nacional do hatch Kwid

Modelo chega neste ano para brigar com up! e Mobi
  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Renault confirma produção nacional do hatch Kwid
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

IMAGE

A Renault confirmou de maneira oficial a produção do hatch compacto Kwid no Brasil. O comunicado emitido pela fabricante nesta sexta-feira (13) é sucinto. Deixa claro apenas que o veículo tem plataforma global e foi desenvolvido em parceria entre divisões americanas de tecnologia e design da marca. Não dá detalhes de quando a fabricação será iniciado e muito menos detalhes sobre o modelo.

O Kwid chegará para concorrer com o recém-lançado Fiat Mobi e com o Volkswagen up!. Tem 3,68 metros de comprimento e estreia a nova plataforma modular da aliança Renault-Nissan, chamada de CMF-A. O pequenino foi lançado mundialmente em 2015 na Índia e equipado com motor de 800 cm³ (0.8 litro). No caso do Brasil, a expectativa é de que o modelo seja equipado com o propulsor 1.0 de três cilindros e 77 cv do Nissan March.

Em termos visuais, o Kwid não foje muito do que a Renault aplica no compacto Sandero e no SUV Duster – estes projetos foram desenhados pela Dacia, submarca romena que desenvolve veículos populares. O estilo da carroceria é despojado, com aplique em plástico rígido no para-choque e para-lamas.

A lembrança de Sandero e Duster também vale para o interior. Botões no console, formato da saída do ar-condicionado, layout da manopla do câmbio entre outros componentes são idênticos dos modelos já ofertados pela Renault no Brasil. Sai dessa curva o volante e o cluster.

Os rumores são de que o primeiro contato do Kwid com o público seja feito no Salão do Automóvel, que será realizado em novembro.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors