Honda confirma que Fit sairá de linha em dezembro

Monovolume será substituído pela inédita versão hatch da nova geração do City

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Honda confirma que Fit sairá de linha em dezembro
Guilherme Silva
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Dias depois de anunciar a chegada do novo City ao Brasil, que será apresentado no dia 23 de novembro, a Honda confirmou que o Fit sairá de linha no país. Segundo a assessoria de imprensa da marca japonesa, o monovolume terá a produção na fábrica de Sumaré (SP) encerrada em dezembro. As vendas serão mantidas enquanto houver unidades remanescentes nos estoques das concessionárias.

Honda Fit 2018 (1)
Honda Fit sairá de linha no Brasil após 18 anos
Crédito: Divulgação
toggle button

Lançado no Brasil em 2003, o Fit será substituído em nosso mercado pela inédita versão hatchback da nova geração do City, que também será comercializado na variante sedã. Essa estratégia da Honda também foi adotada na Ásia, embora o Fit tenha estreado uma nova geração na Europa e no Japão em 2019.

A Honda chegou a estudar a possibilidade de vender o novo Fit no Brasil, mas concluiu que o modelo não seria tão competitivo por ser mais sofisticado e, consequentemente, caro para os padrões do mercado brasileiro.

Além disso, a produção local do City hatch irá gerar economia em escala pelo fato de ele compartilhar diversos componentes com a variante sedã. Ou seja, a Honda economizará na produção de dois modelos.

Honda Fit 2018 (4)
Monovolume é bastante elogiado pela robustez mecânica e espaço interno generoso
Crédito: Divulgação
toggle button

Mas não é de agora que o Fit tem perdido espaço em nosso mercado para modelos mais modernos – principalmente para as versões de entrada dos SUVs compactos. Em 2021, o monovolume emplacou apenas 6.318 unidades entre janeiro e outubro, volume inferior ao do Toyota Yaris (18.300 unidades), um dos seus principais concorrentes.

Apesar de o Fit ser bastante elogiado pela versatilidade do seu amplo espaço interno, a Honda acredita que o City poderá suprir essa característica. O novo hatch é cerca de 30 centímetros mais comprido, 5,4 cm mais largo e possui 7,2 cm a mais na distância entre-eixos que o monovolume.

Como é o novo Honda City

Honda City Rs
Novo Honda City tem visual inspirado no Civic
Crédito: Divulgação
toggle button

novo Honda City foi lançado na Ásia em 2019 com maior refinamento em termos de conteúdo tecnológico. Por aqui, além de substituir o Fit, a versão hatch competirá contra Chevrolet OnixFiat ArgoPeugeot 208Toyota Yaris e Volkswagen Polo. O sedã terá a missão de atrair potenciais clientes do Chevrolet Onix PlusFiat Cronos, Nissan VersaToyota Yaris Sedan e Volkswagen Virtus.

City Hatch 2 E1628901800648
City hatch substituirá o Fit no mercado brasileiro
Crédito: Divulgação
toggle button

Diferentemente dos rumores, que davam como certa a estreia de um motor 1.0 turbo flex, o novo City será equipado com um propulsor 1.5 flex aspirado, dotado de injeção direta e duplo comando de válvulas, para entregar cerca de 130 cv de potência (o atual 1.5 do Fit gera 116 cv).

Interior do novo Honda City
Crédito: Divulgação
toggle button

Em termos de equipamentos, a versão topo de linha terá faróis de LED e o LaneWatch, recurso que mostra na tela da central multimídia de 8 polegadas a imagem da câmera instalada no retrovisor do lado direito para que o motorista veja se há algum veículo no ponto cego do carro. Itens, como ar-condicionado digital e os seis airbags deverão ser ofertados de série em todas as configurações.

Comentários