Jetta está sozinho ou tem rivais no segmento?

Avaliamos as alternativas ao sedã médio esportivo atualizado pela Volkswagen e apresentado há uma semana

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Jetta está sozinho ou tem rivais no segmento?
Lucas Cardoso
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O Volkswagen Jetta GLI está na área em nova linha. O sedã esportivo permanece importado do México, com motorização 1 cv mais potente que a linha anterior, e totaliza 231 cv e é capaz de entregar até 35,7 kgf.m. O ajuste mecânico, as mudanças visuais e a lista mais recheada de equipamentos fizeram o modelo saltar de preço para quase R$ 216.990. Com esse valor, quem seriam seus rivais?

Pois é, o preço do sedã médio da marca alemã o coloca no meio do caminho entre os modelos mais potentes das marcas de volume e as alternativas de entrada do segmento premium. É como se o Jetta estivesse quase sozinho nessa faixa.

Quem rivaliza com o Volkswagen Jetta?

Logo abaixo do carro da Volkswagen, está a versão esportiva do Toyota Corolla, a GR-S, que entrega motor menos potente, mas cobra cerca de R$ 50 mil a menos, conforme já mostramos em comparativo entre os dois modelos aqui no WM1.

Toyota Corolla GR-S entra nessa briga?

O modelo da marca japonesa conta com o motor 2.0L Dual VVT-iE 16V DOHC flex aspirado, de 177 cv, capaz de render até 21,4 kgf.m de força. O propulsor está associado a uma transmissão automática do tipo CVT e a transmissão é só dianteira. A versão assinada pela divisão esportiva da Toyota, a Gazoo Racing, tem visual diferenciado das demais alternativas da linha e suspensão retrabalhada para garantir direção mais esportiva, O modelo é vendido por R$ 175.350.

 Corolla GR-S não investe em motor mais potente, mas tem visual esportivo e ajustes de suspensão
Corolla Gr S Horizontal
Legenda: Corolla GR-S não investe em motor mais potente, mas tem visual esportivo e ajustes de suspensão
Crédito: Divulgação
toggle button

Honda Type-R chega em 2023 e pode ser alternativa

Outro concorrente entre as marcas de volume, o Honda Civic Touring 1.5 Turbo não é mais comercializado pela marca japonesa desde o fim do ano passado, com o fim da produção nacional. Apesar disso, muitas unidades do modelo ainda podem ser encontradas nas concessionárias da marca. Seu preço antes de sair de linha era de R$ 161.897 e sua motorização entrega 173 cv de potência e torque de 22,4 kgf.m.

A Honda projeta trazer a versão esportiva do Civic, a Type-R, a partir do ano que vem, mas ainda não se sabe qual será o valor cobrado por aqui, já que também será importado. No entanto, o modelo tem motor turbo mais potente comparado ao usado pelo Jetta. A litragem é a mesma 2.0L  turbo, mas a capacidade do motor entrega 320 cv.

Honda Civic Type R 2023
Honda Civic Type R 2023 será lançado no Brasil e tem potencial para roubar clientes do Jetta
Crédito: Divulgação
toggle button

BMW tem opção entre as marcas premium

Se considerarmos um valor um pouco maior, o Jetta GLI poderia tirar clientes de marcas premium. O BMW 320i na versão GP cobra quase R$ 297 mil por um sedã com porte um pouco menor, com motor de igual porte 2.0 litros, mas menos potente, que entrega 184 cv e 30,6 kgf.m de torque. O trunfo do bávaro está na tração traseira e no melhor acabamento, algo esperado em um modelo que custa cerca de R$ 80 mil a mais.

Bmw 3 Series 3er Sedan Img Mg Design 04.jpg.asset.1627477657939
Opção mais ‘barata’ do série 3 cobrar quase R$ 80 mil a mais que Jetta e entrega motor menos potente
toggle button

Audi tem modelo por preço mais próximo do Volkswagen Jetta

Menos distante em valor, o Audi A3 Sedan, versão S Line, também oferece melhor acabamento interno, mais luxo, porém entrega menos potência, assim como o BMW. O modelo tem motor de 2.0 litros turbo capaz de render 190 cv, contra os 231 cavalos do Jetta. O torque do modelo é de 32,6 kgf.m, também inferior em relação ao “primo” de menor grife. A tabela de preços do Audi é de R$ 263.990.

1920x1920 Audi A3 Sedan My2021 1021 Retoque briga com o Volkswagen Jetta?
Audi A3 Sedan tem versão que se aproxima do Jetta em preço, mas entrega menos potência
Crédito: Divulgação
toggle button

Como dito no início, o Jetta está solitário na sua faixa de preço e isso pode ser bom ou ruim. Bom do ponto de vista dos clientes que podem pagar mais e tem nele uma alternativa mais interessante do ponto de vista de potência, mas ruim por estar distante dos modelos de marcas de volume como Corolla. Se considerarmos o nível de refinamento de rivais das marcas premium, o modelo da Volkswagen pode até ganhar pontos pela sua disposição.

Comentários