Ford Mustang terá versão intermediária com 350 cv

Novidade será apresentada no Salão de Nova York e compradores contam ainda com opções de 310 cv e 466 cv

  1. Home
  2. Notícias
  3. Ford Mustang terá versão intermediária com 350 cv
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Ford vai apresentar uma versão do Mustang com 350 cv no Salão de Nova York, Estados Unidos, que tem início em 19 de abril. Por lá, já existe uma versão equipada com motor 2.3 turbo de 310 cv e a configuração GT V8 5.0 de 466 cv, a mesma comercializada aqui.

As preparadoras de veículos no país do Tio Sam provaram que esse propulsor 2.3 EcoBoost de quatro cilindros poderia render mais do que vinha entregando. A Ford decidiu, então, produzir unidades com cavalaria maior, principalmente porque há uma diferença de 156 cv entre a unidade de entrada e a Grand Turismo.

icon photo
Legenda: Ford Mustang GT V8 5.0 entrega 466 cv

Se esta versão com 350 cv começar a ser vendida, provavelmente será a unidade intermediária, mas terá modificações nas suspensões e ajustes no chassi. Outros itens para customizar essa versão também serão criados para diferenciá-la da mais barata.

Isso dá fôlego para o modelo, que não deve sofrer mudanças até 2026. A sexta geração seria aposentada em 2020, mas  há rumores de que a montadora estuda pequenas modificações para aumentar o período de vida do cupê. Outro atraso é o da unidade híbrida, que só será apresentada no começo de 2022.

Conhecida como S650, a próxima geração do Mustang terá como base a plataforma do SUV Ford Explorer, o que pode indicar um aumento nas dimensões. Parece estranho esse atraso, mas vale lembrar que a Ford concentrou todos os esforços para o desenvolvimento de picapes e SUVs, segmentos que quer atacar fortemente nos próximos anos em todos os mercados que participa. Por isso, faz sentido o atraso para produção do novo Mustang.

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors