Nissan Z chega com visual retrô e motor de 405 cv

Sucessor do 370Z começa a ser vendido no ano que vem nos EUA; esportivo também terá edição limitada a 240 unidades

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Nissan Z chega com visual retrô e motor de 405 cv
Marcus Celestino
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Nissan divulgou no início desta semana informações oficiais sobre a sétima geração da linha Z. O novo modelo, que deixa de carregar um número no nome, tem visual retrô, motor mais potente e começa a ser vendido no ano que vem — no mercado norte-americano.

O Nissan Z vem equipado com motor 3.0 V6 biturbo de 405 cv e 48,4 kgf.m a 5.600 rpm. Com relação ao predecessor, o 370Z, o modelo teve ganho de 30% de torque e de 48 cv de potência. Segundo o fabricante, isso foi possível por meio do uso de turbinas de menor diâmetro com sensores de velocidade.

Ainda de acordo com a Nissan, a equipe de engenharia fez ajustes no chassi, no resfriamento, na suspensão e na direção para garantir que o Z continue com a tocada de sempre, mesmo com o ganho de potência. A montadora disse, aliás, que a nova geração faz o 0 a 100 km/h 15% mais rápido que a predecessora.

O motor V6 biturbo fica instalado atrás do eixo dianteiro. Além disso, para somar ao pedigree esportivo, o Z pode vir com transmissão manual de seis marchas (com rev matching). O propulsor, contudo, pode casar também com câmbio automático de nove velocidades. Ambos têm launch assist.

Exterior do novo Nissan Z

O novo Z tem exterior de visual retrô, que faz jus à linhagem. O esportivo tem capô alongado, caimento de cupê e uma silhueta que homenageia a primeira geração do modelo. Além disso, os faróis de LED têm dois semicírculos que remetem ao Fairlady 240ZG, vendido no Japão nos anos 1970.

Nissan Z Traseira
O novo Nissan Z tem capô alongado e caimento de cupê
Crédito: Divulgação

Na traseira, as lanternas unem tecnologia LED 3-D ao estilo do 300ZX. Na versão Performance, o esportivo tem ainda spoiler a fim de dar, além de uma incrementada no visual, um quê a mais em termos aerodinâmicos.

Interior

O habitáculo, assim como o exterior, também tem pegada retrofuturista. O console central toma como inspiração as gerações anteriores do Z. Exemplo são os três mostradores analógicos que ficam no topo. Eles harmonizam com itens tecnológicos, como o painel de instrumentos digital de 12,3 polegadas com três modos de exibição, a tela da central multimídia e os botões de controle de temperatura.

O ambiente pode ser iluminado em três cores: grafite, vermelho e azul. A edição limitada Proto-Spec apresenta ainda detalhes em amarelo, que incluem as costuras no painel de instrumentos. Os assentos apresentam material em camadas para criar profundidade e efeito de gradação.

Nissan Z Interior
O console central do novo Nissan Z toma como inspiração as gerações anteriores do modelo
Crédito: Divulgação

Versões do Nissan Z

O Nissan Z, como já mencionamos, começa a ser vendido em 2022 nos Estados Unidos. O modelo será comercializado nas versões Sport e Performance. Também terá a supracitada edição Proto-Spec, limitada a 240 unidades.

Na configuração de entrada, Sport, o Z traz de série central multimídia de 8 polegadas, ar-condicionado automático, sensores de estacionamento na dianteira e na traseira, frenagem autônoma de emergência, alerta de mudança de faixa, entre outros.

A versão Performance tem central com tela de 9 polegadas, GPS integrado, wi-fi, sistema de som Bose, rodas de 19 polegadas, dupla saída de escapamento e diferencial de deslizamento limitado quando equipado com câmbio manual. Os preços do Nissan Z ainda não foram divulgados pelo fabricante.

Comentários