Nova placa Mercosul não terá chip de identificação

Sistema estava previsto, mas será momentaneamente substituído pelo QR Code

  1. Home
  2. Notícias
  3. Nova placa Mercosul não terá chip de identificação
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Há poucas semanas, o Rio de Janeiro se tornou o primeiro estado brasileiro a instalar novas placas do Mercosul. No entanto, ao contrário do que era esperado, o chip de fornecimento de dados sobre o veículos não estará presente neste momento.

VEJA TAMBÉM

O chip acarreta na não necessidade de lacre, mas, ao menos por equanto, apenas a leitura de um QR Code estará presente. O chipe, batizado de Sistema Nacional de Identificação de Veículos (Siniav), até foi iniciado em Roraima, mas adiado diversas vezes para ser integrado à nova placa.

 Placa Mercosul Homenagem Rio de Janeiro
Legenda: Placa Mercosul Homenagem Rio de Janeiro
Crédito: Divulgação

O sistema seria responsável por enviar dados do veículos por radiofrequência para antenas instaladas na via, as informações serão compartilhadas entre as polícias Federal, Rodoviária e estaduais, além da Receita Federal e receitas estaduais. Além disso, é possível que o chip dê acesso a sistemas de portões e cancelas automáticas, liberando pedágios e estacionamentos, por exemplo.

No entanto, ao contrário do que muitos acreditam, não haverá localização ou rastreamento por GPS, assim como informações de proprietários e condutores não fazem parte do sistema. Não há previsão também de utilizar o chip como uma espécie de radar de velocidade média.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors