Os chineses copiaram o Suzuki Jimny... De novo

Jipinho é musa inspiradora de compacto elétrico que tem 305 km de autonomia e poucas pretensões off-road

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Os chineses copiaram o Suzuki Jimny... De novo
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O Suzuki Jimny ganhou uma cópia chinesa. Mais uma, na verdade. Desta vez, quem usa o jipinho como musa inspiradora é a Hunan Hengrun Automobile, que acaba de lançar o HRS1. O compacto elétrico tem preço sugerido de 10 mil dólares - cerca de R$ 50 mil em conversão direta. Aqui no Brasil, por esse valor, só ficaria atrás de Renault Kwid e Fiat Mobi na lista de carros 0 km mais baratos.

A cópia do Jimny é empurrada por um pequeno propulsor elétrico de 44 cv de potência e 14,8 kgf.m de torque. Com uma bateria de íon de lítio de 28 kWh, a autonomia do Hengrun HRS1 fica, segundo o fabricante, na casa de 305 km. A título de comparação, Nissan Leaf e Chevrolet Bolt, vendidos no Brasil, têm autonomia de 241 km e 416 km respectivamente no ciclo EPA (americano).

Em termos visuais, dá para notar logo de cara que o carrinho chinês é uma descarada cópia do Jimny. O desenho quadradão e as caixas de rodas proeminentes entregam a inspiração dos designers. Mas há algumas diferenças.

Na dianteira, por exemplo, o conjunto de faróis tem formato retangular e não circular, como no Jimny. Além disso, o estepe na tampa traseira também não se faz presente. No quesito dimensões, o HRS1 é um pouco maior que a musa: tem 3,56 m de comprimento, contra 3,48 m do modelo do fabricante japonês.

Mas essa não é a primeira vez que uma montadora da China faz uma cópia do Jimny. Em 2018, a Dayang apresentou o Chok G1. E esse era clone mesmo. Até os faróis arredondados o modelo tinha, como você pode conferir na imagem abaixo.

cópia Suzuki Jimny
Chok G1 imitava até mesmo o conjunto ótico do Suzuki Jimny: verdadeiro clone

Segundo informações da imprensa chinesa na época, o modelo se encaixa na categoria de veículos elétricos de baixa velocidade. O Chok-G1 tem propulsor que entrega apenas 8 cv. Sua velocidade máxima é de míseros 46 km/h. A bateria do clone, por sua vez, garante autonomia de até 200 quilômetros por carga.

Comentários