Porsche Taycan terá versão turbo; mas sem turbo

Perfil da marca em rede social “vaza” informação que futuro modelo terá ainda três versões

  1. Home
  2. Notícias
  3. Porsche Taycan terá versão turbo; mas sem turbo
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Sem querer (ou não) a Porsche “revelou” mais algumas informações sobre o Taycan, seu primeiro carro totalmente elétrico. Em resposta ao um potencial cliente por meio de rede social, a fabricante deixou escapar que o modelo terá três versões: Taycan, Taycan 4S e Taycan Turbo. Sim, turbo.

Estranho não? Como um carro movido por baterias teria uma turbina? Calma. A Porsche adotará apenas a nomenclatura, possivelmente na versão mais potente. Vale lembrar que a marca diz que o Taycan terá mais de 600 cv fornecidos por dois motores elétricos instalados um em cada eixo. Outros dados dão conta que o sedã esportivo será capaz de cumprir o 0 a 100 km/h em 3,5 segundos, 0 a 200 km/h em menos de 20 s e autonomia de 500 quilômetros.

O termo Turbo foi usado pela primeira vez em 1975 para o 911 que, a partir dali, teria uma versão sobrealimentada. Atualmente, quase todos os veículos Porsche são turbinados – a exceção do 911 GT3 RS que traz um seis cilindros boxer 4.0 naturalmente aspirado de 520 cv e 47,9 kgf.m de torque.

icon photo
Legenda: Recentemente a Porsche mostrou um pequeno teaser do até então Mission E

A tática é bem parecida com o que a principal rival, Tesla, faz com o Model S. Também há três versões: 75D, 100D e P100D. Segundo a mensagem da Porsche ao potencial cliente, a versão básica vai custar menos de US$ 90 mil – cerca de R$ 360 mil. Já a intermediária assume a nomenclatura 4S, dada aos Porsche com tração integral. Porém, esse tipo de tração não deve ser inerente a apenas uma opção e sim a todas. O valor será acima dos US$ 90 mil. No caso da Turbo, o valor vai ultrapassar os US$ 130 mil – mais de R$ 500 mil.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors