Renault Sport passa a se chamar Alpine

Gigante francesa adota a mesma estratégia da F1 e, a partir de agora, todos seus esportivos terão insígnia Alpine

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Renault Sport passa a se chamar Alpine
Marcus Celestino
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Renault oficializou no início desta semana a extinção de sua divisão Renault Sport. Na verdade, estamos aqui "aumentando, mas não inventando". O que acontece é que a gigante francesa adota a mesma estratégia da Fórmula 1 e, a partir de agora, todos os seus carros esportivos terão insígnia da Alpine Cars.

O movimento faz parte de reestruturação do Grupo Renault, que já havia sido anunciada em janeiro. Todas as operações esportivas e comercialização dos veículos esportivos da empresa passam a ficar sob o guarda-chuva da divisão.

"A Alpine tem como objetivo ser uma marca esportiva premium na vanguarda da inovação e

tecnologia. A Alpine Cars, com sua expertise e experiência em veículos esportivos, é um cartão-mestre para alcançar nossos objetivos", comentou Laurent Rossi, CEO da marca.

2021 Alpine Renault Sport Cars Becomes Alpine Cars
Renault Sport é substituída por nova marca em movimento estratégico do Grupo Renault
Crédito: Divulgação

Segundo comunicado do Grupo Renault, a divisão continuará a oferecer suporte aos clientes que já têm veículos da Renault Sport. Espera-se também que as revendas R.S. se tornem lojas da nova marca. Acrescenta, ainda, que em breve a marca vai trabalhar para ter produtos 100% elétricos.

Na Fórmula 1, o Grupo Renault decidiu, ainda no ano passado, mudar o nome de seu time para Alpine. Atualmente, a equipe se encontra na quinta posição do Mundial de Construtores, 45 pontos atrás da quarta colocada, a Ferrari. Seus pilotos são o francês Esteban Ocon e o bicampeão mundial Fernando Alonso.

"Alpine Sandero ou Sandero Alpine"

No Brasil, o único veículo que tem, de fato, as mãos da divisão esportiva da Renault é o Sandero R.S.. Equipado com motor 2.0 de 145 cv e 20,9 kgf.m quando abastecido com etanol, o modelo tem preço sugerido de R$ 89.990. Deixamos aqui a pergunta: vamos ter em breve um "Alpine Sandero", ou um "Sandero Alpine", entre nós? A ver.

Comentários