Conheça 7 combustíveis alternativos bizarros

De bacon a queijos e vinhos de príncipe, veja alguns produtos inusitados que poderiam até mesmo abastecer seu carango

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Conheça 7 combustíveis alternativos bizarros
Marcus Celestino
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

"Frentista, tudo certo? Completa com um pato daqueles bem gordos, por favor". Sim! Pato! A ave que nada, voa e anda com alguma competência é apenas a origem de um dos inúmeros combustíveis alternativos bizarros que existiram (ou existem) por aí. De vinhos e queijos da realeza às boas e velhas fezes dos plebeus, listamos aqui sete coisas que poderiam muito bem abastecer o carro que está na sua garagem.

1- Queijos e vinhos da realeza

Até o carro da realeza se alimenta como um nobre. O Aston Martin DB6 Volante do príncipe Charles, herdeiro do trono britânico, anda com bioetanol feito a partir de vinhos e queijos que não são consumidos pela família real.

O príncipe ganhou o DB6 Volante quando completou 21 anos. O presente foi dado por sua mãe, a rainha Elizabeth. Em 2008, ele pediu à engenharia da Aston Martin que convertesse o motor do carro para receber bioetanol. O objetivo era reduzir a emissão de gases do efeito estufa.

Ao jornal The Telegraph, o herdeiro do trono comentou os profissionais da Aston Martin disseram que a conversão do motor "arruinaria o veículo". No entanto, ainda de acordo com o príncipe, o desempenho do DB6 até melhorou depois da mudança. Ele também fez questão de salientar que o cheiro que vem do carro enquanto você está dirigindo é "delicioso".

Aston Martin Príncipe Charles
Aston Martin DB6 do príncipe Charles se alimenta como a realeza
Crédito: Reprodução/YouTube

2- Fezes humanas

Se o carro do príncipe Charles é abastecido com vinhos e queijos caríssimos, o coletivo dos plebeus é movido a material fecal mesmo. O britânico Bio-Bus tem como combustível biometano oriundo de dejetos humanos e resíduos de comida.

Segundo a BBC, o veículo pode rodar até 300 km com apenas um tanque de gás. As fezes e os restos de alimentos de uma única pessoa dão ao Bio-Bus cerca de 60 km de autonomia. Ainda de acordo com a rede britânica, o "ônibus-cocô" emite até 30% menos dióxido de carbono do que veículos movidos a diesel.

Vale ressaltar que a experiência britânica não é única. Dejetos animais produzem o biometano, que é altamente combustível. Por isso, tem muito pesquisador por aí se aproveitando da dor de barriga alheia.

Bio Bus Press 1 Combustíveis alternativos
Bio-Bus é movido a restos de comida e fezes humanas
Crédito: DIvulgação

3- Chocolate

Chocolate é um daqueles alimentos que é quase unanimidade. No entanto, além de delicioso, ele pode ser uma ótima fonte para a produção de biodiesel.

Saca só essa receitinha: barras de chocolate derretidas, uma parte de metanol e um leve toque de hidróxido de potássio. A mistura pode fazer com que um carro equipado com motor 2.0 rode numa boa por alguns quilômetros sem engasgar. Docinho, docinho.

E não é só o propulsor do nosso bom e velho carrinho que pode ser abastecido com a delícia. Pesquisadores da Universidade de Warwick, na Inglaterra, desenvolveram, em 2009, um Fórmula 3 movido por combustível derivado de chocolate e óleo vegetal.

Segundo os acadêmicos, o monoposto atinge velocidade máxima de 233 km/h. O objetivo dos caras era sugerir à Formula 1 uma alternativa mais "ecológica". Não rolou.

480 Vegetable F1 Combustíveis alternativos
O monoposto atinge velocidade máxima de mais de 230 km/h
Crédito: Divulgação

4- Bacon

Você certamente já ouviu a expressão "bacon é vida", não é mesmo? Pois é. Bacon também pode ser um combustível alternativo.

Uma empresa americana do ramo alimentício pegou uma Track T-800 e a modificou de forma que ela recebesse apenas biodiesel puro. A moto passou então a ser movida por óleo de bacon e a exalar gases com cheirinho do glorioso alimento.

Não à toa, a moto recebeu a alcunha de Bacon Bike. Maneiro, né?

Bacon Bike combustíveis alternativos
Sentiu o cheirinho de bacon? Essa braba aí é a Bacon Bike

5- Gordura humana

Esse aqui, de fato, é um dos combustíveis alternativos mais bizarros e inusitados. Segundo a revista Forbes, um médico teria usado gordura de lipoaspiração para produzir biodiesel. Em suma, os pneuzinhos que o camarada tirava de seus clientes iam direto para o tanque do seu carro.

O médico foi tão malandrão que o biodiesel não servia apenas para abastecer o seu SUV. Ele o usava também para encher o tanque do Lincoln Navigator da namorada. Como tem picareta esperto por aí...

6- Maconha

Essa é para deixar seu carro na larica. O combustível feito a partir do cânhamo — nome dos derivados da Cannabis sativa — libera até aquele cheirinho de baseado. Fumaça esta que, de acordo com seus defensores, é inofensiva. Além disso, segundo pesquisadores da Universidade de Connecticut, nos EUA, a produção de biodiesel a partir da planta é um "grande passo", já que não compete com o cultivo de alimentos.

Mas nada disso é, de fato, novidade. Henry Ford, o pai do automóvel moderno, chegou a fazer um carro que queimava óleo de cânhamo na década de 1930. E mais: a carroceria do veículo era feita com fibras da Cannabis. Tá vendo como maconha não é apenas sinônimo de "jogar a fumaça pro alto"?

7- Patos

Você não leu errado. Mas, pode ficar tranquilo: é só a gordura. A agência Reuters noticiou em 2011 que fazendeiros franceses estavam usando este rico elemento culinário para a produção de biodiesel e biogás.

Uma cooperativa agrícola já alimentava um trator e outros dois veículos de trabalho com biodiesel feito a partir da gordura de pato. O processo para obter este, o sétimo da nossa lista de combustíveis alternativos bizarros, é o seguinte:

A gordura é aquecida a 49 graus Celsius a fim de nos livrarmos de toda a água. Depois disso, são adicionados álcool e hidróxido de potássio. Quando a mistura se acomoda, o biodiesel fica separado abaixo de uma camada de glicerol. Engenhoso, certo? Longe de ser uma patacoada.

Além de conferir incrível sabor às frituras, gordura de pato pode virar biodiesel
Crédito: Pixabay

E aí, conhece combustíveis alternativos bizarros que ficaram de fora da nossa lista? Conta para a gente nos comentários quais são!

Comentários