Toyota e Renault paralisam produção

Montadoras interrompem seus trabalhos a partir de segunda-feira (29) devido ao agravamento da pandemia do coronavírus

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Toyota e Renault paralisam produção
Antônio Leria
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Toyota e a Renault anunciaram nesta quinta-feira (25) a paralisação das atividades em suas fábricas. A marca japonesa informou  que irá interromper a produção nas quatro plantas industriais da marca instaladas no Estado de São Paulo: São Bernardo do Campo; Indaiatuba, Sorocaba e Porto Feliz. Já a francesa suspenderá as operações em São José dos Pinhais (PR).

Nt7a3620 Scaled
Toyota anunciou a paralisação da produção em todas as suas plantas a partir de segunda-feira, dia 29
Crédito: Divulgação

Agora já são sete as montadoras a interromperem a fabricação no Brasil, quatro delas de veículos leves, devido ao agravamento da pandemia do coronavírus.

Antes de Toyota e Renault, a última a anunciar a suspensão das atividades foi a Nissan. Entre os fabricantes de veículos leves, a Volkswagen também parou as máquinas. As outras montadoras que paralisaram a produção são fabricantes de caminhões e ônibus: Scania, Volvo e Mercedes-Benz.

A paralisação das atividades tanto da Toyota quanto da Renault tem início na segunda-feira (29). De acordo com a marca japonesa, a decisão foi tomada em conjunto com os sindicatos locais. "A medida tem como objetivo contribuir com a redução de circulação de pessoas no momento mais crítico da pandemia no País, além de atender a antecipação de feriados por parte de autoridades em algumas dessas regiões", informa nota oficial da empresa.

A Renault também discutiu a situação com o sindicato da região antes de decidir pela paralisação. A volta ao trabalho na fábrica da montadora francesa ocorrerá em 5 de abril.

Já na Toyota, as plantas de São Bernardo do Campo, Sorocaba e Porto Feliz também têm retorno previsto para o dia 05 de abril, enquanto a unidade de Indaiatuba retornará no dia 06 de abril. A Toyota tem um total de 5.600 colaboradores em todo o país.

Comentários