VW Taos é apresentado: conheça os detalhes do SUV

Equipe do WM1 teve o primeiro contato com o utilitário que chega até junho para brigar com Jeep Compass e Ford Territory

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. VW Taos é apresentado: conheça os detalhes do SUV
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O novo VW Taos já tem data oficial para chegar ao Brasil. A reportagem do WM1 teve contato inicial com o carro em uma prévia nesta terça-feira (23). O SUV é espaçoso, bonito, moderno e bem equipado — por isso acreditamos que ele realmente tem potencial para roubar muitos clientes do Jeep Compass, seu maior concorrente.

O SUV médio será lançado em nosso país entre abril e junho, portanto no segundo trimestre deste ano, importado da Argentina. Além do Jeep Compass, o modelo tem como objetivo roubar clientes de Ford Territory, Chevrolet Equinox, Caoa Chery Tiggo 8 e Peugeot 3008, entre outros.

VW Taos chega em duas versões

Serão duas versões de acabamento, Comfortline e Highline, com preços que devem girar entre R$ 140 mil (atual “teto” do T-Cross) e R$ 180 mil. Com sua chegada, a versão 250 TSI do Tiguan sai de linha e o SUV passa a oferecer somente a configuração R-Line 350 TSI em seu catálogo.

Visualmente, o carro se destaca pelo design arrojado e moderno, ainda que dentro do que conhecemos de um modelo da Volks. Na frente, os faróis são full-LED e na versão mais cara têm tecnologia matricial, chamada pela Volks de “iQ Light”. Curiosa é a linha de LED que sai do DRL e atravessa toda a grade, que tem formato no estilo colmeia e sensores por todos os lados.

Vw Taos 4
A linha de LED que sai dos faróis e atravessa toda a grade frontal do VW Taos
Crédito: André Deliberato

Há falsas saídas de ar na traseira, mas ao menos as lanternas são full-LED. O nome “Taos” fica centralizado na tampa do porta-malas e do lado direito encontramos a insígnia do motor 1.4 turboflex, 250 TSI — a mesmo de Jetta, T-Cross e da dupla Polo e Virtus GTS —, que tem 150 cv e 25,5 kgf.m de torque a 1.500 giros.

O câmbio é automático de seis marchas com função Tiptronic (trocas podem ser feitas pela alavanca ou por borboletas atrás do volante, nas duas versões) e a tração é dianteira. O freio de estacionamento é por botão, há três modos de condução oficiais (e um quarto personalizável) e as rodas são sempre de 18 polegadas, nas duas configurações.

Em termos de tamanho, são 4,46 m de comprimento e 2,68 m de entre-eixos, além de 1,84 m de largura e 1,62 de altura — o Taos só é menor que o carro da Jeep em altura (apenas 0,7 cm). O porta-malas, com isso, também é maior: são 498 litros contra 410 do concorrente norte-americano.

Vw Taos 6
Taos tem 4,46 m de comprimento e 2,68 m de entre-eixos, com porta-malas de 498 litros
Crédito: André Deliberato

Provado e comprovado

Na apresentação que rolou nesta terça pudemos provar suas capacidades: com o banco ajustado para um motorista de 1,80 m, o espaço traseiro ainda era muito bom para dois adultos. Três já vão com aperto devido ao túnel central mais alto no assoalho. Pelo menos há entrada USB-C e saída de ar para quem vai lá atrás.

Isso é importante frisar: as entradas USB são sempre no novo padrão (USB-C), tanto as duas do console quanto a traseira. Já a central multimídia é de última geração: falamos da VW Play, que tem loja para compras de aplicativos, conexão com a internet e possibilidade de espelhamento do celular via CarPlay e Android Auto. A tela, que parece um tablet de retina, tem 10 polegadas. Dá até para controlar o ar-condicionado por lá, se for o caso.

Outra coisa moderna da cabine é o painel de instrumentos digital, também de 10 polegadas, chamado pela marca de Active Info Display. São três modos de visualização e ainda possibilidade de interação com a luz de LED ambiente da cabine, que pode ser personalizada. Os bancos são de couro e o teto solar, panorâmico, além de elétrico.

Vw Taos 3
O painel de instrumentos digital tem 10 polegadas, batizado pela VW de Active Info Display
Crédito: André Deliberato

Segurança é tudo

Outro ponto positivo do Taos é a ótima oferta de equipamentos de segurança, que deve variar de acordo com as versões, embora ainda não saibamos o quanto.

O Taos terá alerta de colisão frontal e traseiro (com aviso de tráfego cruzado na parte de trás); sistema de frenagem de emergência; aviso de ponto cego nos retrovisores e controle de cruzeiro adaptativo (ACC) com função Stop&Go, ou seja, pode acompanhar o carro à frente de acordo com os radares, parar e retomar a velocidade sem intervenção do motorista. Só faltou um sistema corretor para escapadas de faixa, algo que o Compass e o Territory já têm.

Vw Taos 2
Traseira do Volkswagen Taos tem falsas saídas de ar e lanternas de LED
Crédito: André Deliberato

Como dito, o carro chega entre abril e junho com preços estimados entre R$ 140 mil e R$ 180 mil. Neste primeiro momento, um pacote visual chamado “Launch Edition” será oferecido como opcional — teto e retrovisores pintados de preto e rodas escurecidas. Ainda não há data oficial para que possamos rodar com o carro, mas assim que houver o leitor de WM1 saberá em primeira mão.

Comentários