Coronavírus: Fiat, VW, Toyota, Ford e BMW param

Já são oito fabricantes de veículos no país com previsão de suspensão das atividades industriais devido à pandemia

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Coronavírus: Fiat, VW, Toyota, Ford e BMW param
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Você já viu aqui no WM1 que a indústria automotiva adota diferentes medidas em relação à pandemia do novo coronavírus. Além das paralisações já anunciadas, agora é a vez de outros grupos decidirem suspender as atividades no país: FCA - Fiat Chrysler Automóveis, Volkswagen-Audi, Toyota, Ford, BMW e também a Pirelli.

BMW

A BMW resolveu suspender temporariamente a produção na unidade de Araquari (SC) a partir do dia 30 de março e anuncia que concederá férias coletivas aos funcionários. O retorno das atividades está agendado para 22 de abril.

FCA - Fiat Chrysler Automóveis

Em comunicado, a FCA informa que iniciou a diminuição gradual da produção em suas fábricas no Brasil - Betim (MG), Goiana (PE) e Campo Largo (PR). A paralisação total deve estar concluída até 27 de março e produção só será retomada em 21 de abril.

Ford

A montadora anuncia que irá suspender temporariamente a produção em suas unidades no Brasil: Camaçari (BA), Taubaté (SP) e na fábrica da Troller em Horizonte (CE), todas a partir do dia 23 de março. A medida também vale para a linha de montagem de Pacheco, na Argentina, a partir do dia 25 de março.

Toyota

A marca resolve parar com a produção e atividades em suas quatro plantas industriais no país a partir do dia 24 de março - retorno fica para 6 de abril. São elas: São Bernardo do Campo, Sorocaba, Indaiatuba e Porto Feliz, todas no estado de São Paulo.

 

Volkswagen-Audi

Depois de protocolar férias coletivas, a Volkswagen optou por suspender a atividades de todas as suas unidades no País a partir do dia 23 de março de 2020 por três semanas - o que inclui a linha de produção da Audi em São José dos Pinhais (PR). A partir de 31 de março, os empregados estarão em férias coletivas por duas semanas.

Fornecimento

A Pirelli também anuncia a parada temporária da fábrica da Argentina a partir de sexta (20 de março) e das três unidades do Brasil a partir de 23 de março. O fabricante de pneus, contudo, garante que fornecimento aos clientes continuará por meio do estoque disponível.

Com isso, já são oito as montadoras que confirmaram a paralisação das atividades industriais. Mercedes-Benz, Caoa Chery e General Motors foram as primeiras.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors