GM e Honda: juntas pela célula de combustível

Tecnologia será aplicada nos futuros produtos das duas empresas

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. GM e Honda: juntas pela célula de combustível
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Recentemente vimos grandes montadoras se unindo para aumentar a infraestrutura para carros elétricos na Europa. Agora, dois grandes nomes da indústria automotiva, GM e Honda, juntaram seus investimentos e formaram a primeira joint-venture da indústria automotiva para a produção em massa de um sistema de células de combustível de hidrogênio que será utilizado nos futuros veículos das marcas.

Para que você entenda, a tecnologia de célula de combustível “resolveria” algumas questões importantes que os carros enfrentam na atualidade, como emissões, eficiência, autonomia, tempo de reabastecimento e a dependência do petróleo. Isso porque os veículos movidos a célula de combustível podem operar com hidrogênio produzido a partir de fontes renováveis como eólica e biomassa. Em vez de poluentes, veículos deste tipo emitem vapor d’água.

IMAGE

Todavia, o processo precisa evoluir e é oneroso. Por isso, as empresas integraram as equipes de desenvolvimento e compartilharam conteúdo de propriedade intelectual para criar uma solução comercial mais acessível para a tecnologia, bem como para sistemas de célula de combustível e armazenamento de hidrogênio.

“A eventual implantação desta tecnologia nos veículos de passageiros criará opções de mobilidade mais diferenciadas e ambientalmente amigáveis para os consumidores”, diz Mark Reuss, Vice-presidente executivo de Desenvolvimento de Produto Global, Compras e Cadeia de Fornecedores da GM.

A nova empresa, batizada de Fuel Cell System Manufacturing, LLC, ou Manufatura de Sistema de Células de Combustível, em português, a irá operar dentro da fábrica de baterias da GM em Brownstown, Michigan, Estados Unidos. Cada montadora fez um investimento igualitário, totalizando US $85 milhões.

Curiosidade: GM e Honda já trabalharam juntas em 1999 no desenvolvimento colaborativo de sistemas de propulsão, quando a Honda fabricou 50.000 motores V-6 para o modelo Saturn VUE e recebeu motores a diesel da filial da GM, Isuku, para uso na Europa.

A produção em massa está prevista para iniciar por volta de 2020 e gerar aproximadamente 100 novos empregos. O acordo de colaboração foi anunciado em Julho de 2013. “Nos últimos três anos, engenheiros da Honda e GM têm trabalhado como um time único, em que cada empresa fornece seu conhecimento específico para criar a próxima geração de sistema de célula de combustível compacto e de baixo custo”, afirma Toshiaki Mikoshiba, diretor de operações da Honda para a América do Norte e presidente e CEO da Honda América do Norte.

A joint-venture será operada por um conselho de administração composto por três executivos de cada empresa. Além disso, o posto da presidência será rotativo, intercalado entre as empresas.

icon photo
Legenda: Colorado ZH2
Crédito: Colorado ZH2

No mercado

As duas marcas são líderes reconhecidas em tecnologias de célula de combustível com mais de 2.200 patentes, de acordo com o Índice de Crescimento de Patentes de Energia Limpa (Clean Energy Patent Growth Index). A GM e Honda aparecem no ranking como número 1 e número 3, respectivamente.

A Honda já vende o Clarity Fuel Cell No Japão e Estados Unidos, o modelo tem autonomia de 589 quilômetros e economia média de combustível de 109 quilômetros por litro do equivalente a gasolin, segundo a montadora.

O primeiro protótipo de hidrogênio apresentado no mundo foi em 1966, pela GM. Batizado de Eletrovan, ele tinha praticamente uma “usina” de eletricidade na traseira e levava apenas dois ocupantes. Em 2016, a GM apresentou a picape Colorado ZH2, desenvolvida em parceria com Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Engenharia Automotiva de Tanques do Exército Americano (TARDEC). Todavia, a marca não lançou até hoje um modelo com esta tecnologia no mercado.

A Toyota também tem seu exemplar movido a célula de combustível, o Mirai, vendido no Japão.

icon photo
Legenda: 940x576 Baecc705 D56c 4124 864e 446299b95fc1

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors