Venda de carros eletrificados triplicou em 2019

Segundo Anfavea, chegada do Corolla híbrido e novidades do segmento premium fizeram mercado atingir 11.858 unidades

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Venda de carros eletrificados triplicou em 2019
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O mercado de veículos eletrificados no Brasil (híbridos, híbridos plug-in e carros 100% elétricos) triplicou em 2019. O segmento pulou de 3.970 emplacamentos em 2018 para 11.858 no ano passado, de acordo com dados da Anfavea, a associação nacional dos fabricantes.

A participação nas vendas totais ainda é tímida. De qualquer forma, dobrou: de 0,2% para 0,4%. O grande influenciador destes números é o Toyota Corolla em sua versão híbrida flex. Segundo o fabricante japonês, 3.641 unidades (ou 22%) das 26,5 mil que já foram vendidas da nova geração (lançada em setembro) foram da versão eletrificada.

Toyota Corolla Altis Hybrid de frente na garagem
icon photo
Legenda: Toyota Corolla Altis Hybrid promete ótimo consumo de combustível
Crédito: Divulgação

Mas algumas marcas do segmento premium também comemoram. A BMW, por exemplo, ampliou a rede de recarga para híbridos e elétricos e chegou a um total de 180 postos espalhados pelo Brasil.

A marca alemã ainda lançou cinco modelos eletrificados: Série 5 em sua versão 530e; Série 7 na configuração 745Le M Sport; novo i8 Coupé e a nova geração do i3. Além do inédito Mini Cooper Countryman S E, que é híbrido plug-in.

Mais empresa na tomada

A compatriota Porsche vendeu 1.849 veículos, crescimento de 26,9% sobre os 1.457 comercializados em 2018. Segundo a marca, de 35% a 40% das vendas da marca contemplam modelos eletrificados. São três carros, todos híbridos: Cayenne, Panamera e Macan.

Já a sueca Volvo emplacou 7.916 unidades em 2019, 1.166 deles classificadas como eletrificados. No fabricante nórdico, os carros sustentáveis são híbridos plug-in e identificados pela sigla "T8" após o nome da versão.

Veja nosso raio-x com o Corolla híbrido

 

Comentários