Cotado para o Brasil, novo Mégane R.S. tem 280 cv

Versão esportiva do hatch da Renault tem esterçamento das rodas traseiras e opção de câmbio de dupla embreagem

  1. Home
  2. Frankfurt
  3. Cotado para o Brasil, novo Mégane R.S. tem 280 cv
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Uma das atrações mais aguardadas no estande da Renault no Salão de Frankfurt, que abre as portas ao público nesta quinta-feira (14), é a nova geração do Mégane R.S., versão esportiva do modelo que na Europa é vendido como hatch médio de quatro portas.

A geração anterior do "hot hatch" chegou a ter algumas unidades importadas oficialmente pela Renault para o Brasil em 2013 e 2014, equipada com motor 2.0 turbo com injeção direta de gasolina, capaz de render 265 cv de potência e 36,7 kgf.m de torque, enviado para as rodas dianteiras via transmissão manual de seis marchas. Havia planos para vender esse carro aqui, mas eles foram ao menos adiados, por conta da crise econômica.

icon photo
Legenda: Renault Megane R.S. 2018 frankfurt 2017
Crédito: Renault Megane R.S. 2018 frankfurt 2017

Agora, com a chegada da nova geração, surge uma nova oportunidade de a fabricante finalmente vender o Mégane R.S. no país. O novo traz todas as características visuais, estruturais e equipamentos já disponíveis para as versões convencionais da atual e quarta geração do Mégane, que são comercializadas no mercado europeu desde o ano passado - porém com uma boa dose de esportividade e apenas com quatro portas.

icon photo
Legenda: Renault Megane R.S. 2018 frankfurt 2017
Crédito: Renault Megane R.S. 2018 frankfurt 2017

O R.S., agora, traz embaixo do capô o mesmo motor 1.8 turbo com injeção direta utilizado no Alpine 110, ajustado para entregar 284 cv. Também haverá uma versão mais potente, chamada de Trophy, que chega ao mercado europeu antes do fim do ano que vem com 304 cv extraídos do mesmo propulsor.

As encomendas da versão padrão têm início no primeiro trimestre de 2018, com entrega aos clientes na sequência. Além do motor mais potente e compacto, o Mégane R.S. terá pela primeira vez duas opções de transmissão: além da manual de seis velocidades, o comprador poderá optar pela caixa automatizada de dupla embreagem, também com seis marchas.

icon photo
Legenda: Renault Megane R.S. 2018 frankfurt 2017
Crédito: Renault Megane R.S. 2018 frankfurt 2017

Mais detalhes sobre o desempenho, incluindo números de aceleração e frenagem, além dos preços, só serão revelados pela Renault em dezembro deste ano - o antecessor cumpria o zero a 100 km/h em seis segundos e atingia a velocidade máxima de 254 km/h.

A tração dianteira foi mantida, porém agora o hatch passa a contar, também de forma inédita, com esterçamento das rodas traseiras - o que facilita o contorno de curvas em alta velocidade. O carro será disponibilizado com dois ajustes diferentes de chassi: Cup, equipado com diferencial de deslizamento limitado, outro recurso que beneficia a estabilidade em curvas, e Sport. O primeiro conta, ainda, com ajuste mais rígido e esportivo das suspensões.

icon photo
Legenda: Renault Megane R.S. 2018 frankfurt 2017
Crédito: Renault Megane R.S. 2018 frankfurt 2017

Independentemente da opção, o Mégane R.S. traz de série freios Brembo com discos dianteiros de 355 mm, que podem ser substituídos por unidades com liga de ferro e alumínio, mediante um custo adicional. O condutor terá à disposição cinco modos diferentes de condução, ajustados por meio de um botão.

icon photo
Legenda: Renault Megane R.S. 2018 frankfurt 2017
Crédito: Renault Megane R.S. 2018 frankfurt 2017

Como nas versões "civis" de quarta geração, o Mégane de alta performance tem equipamentos de segurança e comodidade, como controle de velocidade de cruzeiro adaptativo,  frenagem automática de emergência, alerta de saída de faixa, sensor de ponto cego e câmera de ré, dentre outros itens.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors