Kwid parte de R$ 29.990; pré-venda começa hoje

Renault aposta na combinação de motor 1.0 de três cilindros e forte pegada em segurança para vender o seu novo modelo

  1. Home
  2. Buenos Aires
  3. Kwid parte de R$ 29.990; pré-venda começa hoje
Rodrigo Ferreira
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Renault surpreendeu os jornalistas presentes no Salão de Buenos Aires e anunciou a pré-venda do Kwid a partir de hoje no Brasil. O compacto terá três versões de configuração e preço partindo de R$ 29.990. As vendas começarão em agosto. A marca aposta na combinação de motor 1.0L de três cilindros e forte pegada em segurança para vender o seu novo modelo.

icon photo
Legenda: Renault Kwid
Crédito: Renault Kwid

As reversas poderão ser feitas em concessionárias da marca ou através da internet no site da Renault (www.renault.com.br) ou no hotsite do modelo (www.kwid.com.br). Para efetivar a reserva o interessado deverá fazer o pagamento de R$ 1.000, no cartão de crédito, parcelado em até três vezes. Para estimular os compradores, a Renault garante a primeira revisão grátis, cinco anos de garantia para quem fizer o financiamento com o banco Renault e entrega prioritária.

Um ponto polêmico logo de cara é qual será a categoria do modelo. A Renault pega onda na moda dos SUV para definir o seu novo modelo como "utilitário esportivo compacto e urbano". Porém, ele pode ser facilmente comparado a um hatch. As medidas, por exemplo, deverão ser próximas as do Fiat Mobi Way. Aliás, o jeitão é bem parecido.

A versão final mostrada para os hermanos guarda algumas diferenças com a variação já vendida na Índia. A principal delas e em relação a segurança. O Kwid brasileiro virá equipado de série com quatro airbags, sendo dois dianteiros e dois laterais. Além disso, trará dois pontos Isofix no banco traseiro para colocação de carrinhos de bebê.

VÍDEO

A estrutura também foi reforçada para deixar a carroceria mais rígida. Com isso, o peso final do veículo foi aumentado em 200 quilos em relação ao modelo que é comercializado na Índia. O espaço interno é para quatro adultos e o porta-malas acomoda 290 litros de capacidade. São 3,68 metros de comprimento e um entre-eixos de 2,42 metros. Para manter os custos baixos, o modelo abusa dos plásticos, em compensação a central multimídia é a mesma utilizada nos irmãos mais refinados, Duster e Captur.

icon photo
Legenda: Renault Kwid
Crédito: Renault Kwid

EQUIPAMENTOS E VERSÕES

O Kwid terá três versões de acabamento: Life, Zen e Intense. Além de seis opções de cores.

Confira abaixo os principais equipamentos das versões:

LIFE - R$ 29.990

Principais itens: rodas 14”, 2 airbags laterais, 2 airbags frontais, 2 Isofix, predisposição para rádio e indicador de troca de marcha e de condução.

ZEN - R$ 34.990

Principais itens: direção elétrica, ar-condicionado, travas e vidros dianteiros elétricos. Opcional: rádio com Bluetooth e entradas USB e AUX - R$ 35.390.

INTENSE + PACK CONNECT - R$ 39.990

Principais itens: retrovisores elétricos, faróis de neblina cromados, Media Nav 2.0, câmera de ré, abertura elétrica do porta-malas, rodas Flexwheel e chave dobrável.

icon photo
Legenda: Renault Kwid
Crédito: Renault Kwid

NOVO MOTOR 1.0L

Por aqui, o Kwid será vendido com o novo motor 1.0L de três cilindros da Renault, que também foi apresentado no Salão de São Paulo. Chamado de SCe, o propulsor que será feito no Paraná, rende 70 cavalos de potência máxima com etanol e 66 cv com gasolina. O torque máximo é de 9,8 kgf.m (etanol) e 9,4 kgf.m (gasolina).

Um ponto polêmico logo de cara é qual será a categoria do modelo. A Renault pega onda na moda dos SUV para definir o seu novo modelo como "utilitário esportivo compacto e urbano".

 Segundo a marca, o novo propulsor consome até 19% menos na comparação com a motorização anterior. Além disso, a Renault afirma que o Kwid chegará para ser o mais econômico da sua categoria. Com consumo de 15,2 km/l, com gasolina, na cidade e 10,5 km/l com etanol. A empresa chegou a cogitar trazer uma versão de entrada equipada com um inédito propulsor 0,8L com uma potência em torno dos 60 cv. Porém, por enquanto, os planos foram adiados.

A marca briga para ter um preço competitivo e talvez ser o compacto mais barato do país. Para isso, terá que se esforçar para ter um preço final inicial abaixo dos R$ 30 mil. A garantia será outro ponto de destaque do modelo. São três anos de garantia total para o modelo, que pode chegar a cinco anos para quem optar por fazer o financiamento através da RCI, braço financeiro montadora. Além disso, a Renault garante que o custo de manutenção do modelo serÁ de apenas R$ 1 por dia.

icon photo
Legenda: Renault Kwid
Crédito: Renault Kwid

VERSÃO OUTSIDER

A marca aproveitou o lançamento para mostrar uma versão mais aventureira do Kwid que chegará ao mercado apenas em 2018. Chamada de Ousider, terá para-choques personalizados, apliques na lateral e e maior espaço do solo entre os seus diferenciais.

Viagem feita a convite da Anfavea

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors