Peugeot registra peças da inédita picape

Marca usará grade do 3008, mas só deverá ser apresentada no Brasil em 2021

  1. Home
  2. Segredos
  3. Peugeot registra peças da inédita picape
Renan Rodrigues
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Depois de ser vista sem camuflagem e até mesmo capturada em vídeo, a picape da Peugeot começa a ganhar forma. A marca registrou no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) peças do utilitário.

Ainda sem nome, ela deve "surgir" oficialmente no primeiro semestre do ano que vem e chegar às ruas brasileiras somente em 2021 - a confirmação foi feita pela própria Peugeot durante a Fenatran deste ano e pelo CEO mundial da Peugeot, Jean-Philippe Imparato, durante conversa com jornalistas há algumas semanas.

COMO ELA É

Como vimos nos flagras, a dianteira se destaca com duas faixas em LED na parte de baixo dos faróis - comparando-a, obviamente, com sua "prima" chinesa da Changan, sua grande parceira de projeto e plataforma, que se chama Kaicene F70.

Além disso, o para-choque dianteiro é diferente, para permitir área maior para a placa, e os faróis de neblina também são maiores. Não há flagras do interior, mas a estrutura de cabine deve manter o padrão do modelo chinês, com tela flutuante sobre o console central. O motor ainda é um mistério, mas apostamos em um conjunto com propulsor turbodiesel, câmbio automático e tração 4x4.

 Peças dianteiras da Peugeot picape
Legenda: Peças dianteiras da Peugeot picape
Crédito: Divulgação

Agora sabemos que a grade da picape, conforme foto acima, é a mesma do 3008. O farol, que também foi registrado, conta com dois refletores e design tridimensional. O registro também confirma a presença da luz de rodagem diurna. Na traseira, como é de se esperar nesse tipo de veículo, a lanterna é vertical, mas com quatro divisões.

 Lanterna traseira
Legenda: Lanterna traseira
Crédito: Divulgação

Anti-Hilux

A Peugeot não esconde de ninguém que o alvo predileto da futura picape é a Toyota Hilux. O próprio CEO mundial da Peugeot, Jean-Philippe Imparato, confirmou a estratégia do veículo durante conversa com jornalistas em São Paulo, em novembro.

"Como tenho muito respeito pela Toyota Hilux, que é a referência do segmento, quando chegarmos com nossa picape faremos isso com o mesmo nível de qualidade, reparabilidade e profissionalismo", disse o executivo.

O veículo terá capacidade para carregar uma tonelada. A picape até "apareceu" coberta em uma imagem no telão do estande da marca francesa durante a Fenatran 2019.

Confira o vídeo do flagra

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors