Segredo: Novo Ford EcoSport poderá vir da China

Terceira geração do SUV compacto poderá ser desenvolvida em conjunto com a Changan e deve chegar ao Brasil em 2021

  1. Home
  2. Segredos
  3. Segredo: Novo Ford EcoSport poderá vir da China
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Os parceiros do Argentina Autoblog adiantaram no final da semana passada: a Ford deverá apresentar a terceira geração do EcoSport em 2021 e a nova linha do SUV compacto deverá ser feita globalmente, por meio de uma aliança da marca com a montadora chinesa Changan.

Desse modo, o novíssimo EcoSport 3 seria fabricado no Brasil e na Índia (onde também é produzida a atual geração) e também na China.

A Changan, vale lembrar, foi uma empresa que estreou no Brasil em 2006 com uma linha de comerciais leves sob a insígnia da Chana, mudou de nome (para Changan) em 2011 e deixou o país cinco anos depois, em 2016, quando completava 10 anos de mercado.

Uma fonte ligada à Ford do Brasil, que prefere não se identificar, confirmou os planos à equipe de WM1, mas fez questão de ressaltar que o desenvolvimento básico do modelo sairá das mãos da equipe de engenharia brasileira. "O Eco é um produto global, mas nasceu nas mãos da Ford brasileira, então nada mais justo que o tratamento desta nova geração acontecer dessa maneira", garante.

Estratégia única para SUVs

Essa estratégia de produzir um carro global que pode ser vendido tanto no Brasil quanto na China também acontece com o SUV Territory, confirmado pela Ford para o mercado brasileiro em 2020 - o SUV maior, no entanto, é produzido em parceria com a Jiangling Motors Company (JMC), e não com a Changan. O objetivo da Ford é óbvio: reduzir custos de desenvolvimento dos produtos e adaptá-los às exigentes necessidades do mercado chinês, o maior do mundo.

Por enquanto, pouco se sabe sobre o novo EcoSport. Algumas informações que já circulam na mídia, confirmadas por nossa fonte, afirmam que o carro ficará mais espaçoso internamente e não terá mais estepe pendurado na tampa do porta-malas. Espera-se que a plataforma seja a mesma, mas ampliada e melhorada. São esperadas, também, versões do atual motor Dragon 1.5 de três cilindros equipadas com turbo. A produção seguirá sendo feita pela fábrica de Camaçari (BA).

icon photo
Legenda: Ford Territory será importado da China em 2020 e, até 2021, deverá ser fabricado na Argentina
Crédito: André Deliberato/WM1

Puma? Não, só Eco e Territory

A recente queda de preços anunciada para o EcoSport nada tem a ver com uma possível introdução de um novo utilitário no mercado nacional, que teoricamente seria posicionado entre o Eco e o Territory - que poderia ser o Puma, apresentado lá fora recentemente, ou até mesmo o novo Escape, SUV montado sobre a plataforma do Focus.

Segundo fontes ligadas à Ford e algumas conversas que a equipe de WM1 teve com concessionários da marca, conseguimos a informação de que o preço do EcoSport no Brasil caiu devido ao baixo número de vendas do SUV, que vem perdendo consideráveis brigas no segmento há alguns anos, principalmente depois da estreia de rivais de peso dessa categoria, como Honda HR-V, Jeep Renegade, Volkswagen T-Cross, Hyundai Creta, Nissan Kicks e Chevrolet Tracker, entre outros.

Portanto, se você esperava um carro maior que o Eco e menor que o Territory no cenário nacional... Pode tirar o cavalo da chuva - embora, de fato, sobrará um "hiato" entre o SUV compacto e o médio.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors