Volkswagen registra versão final da Tarok

Picape anti-Toro deverá chegar ao mercado em 2021, após ser apresentada no Salão de São Paulo deste ano

  1. Home
  2. Segredos
  3. Volkswagen registra versão final da Tarok
Renan Rodrigues
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Depois de ver a Fiat nadar sozinha com a Toro no mercado de picapes intermediárias, a Volkswagen está pronta para dar a resposta. Apresentada como conceito no Salão de São Paulo 2018, a Tarok foi registrada no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) e terá a versão de produção revelada na exposição desse ano.

A picape chegará montada sobre a plataforma MQB, a mesma de Polo, Virtus, T-Cross e do futuro Nivus. Por falar no SUV-Cupê, a picape poderá ter o mesmo destino dele, ou seja: ser planejada no Brasil e vendida em mercados europeus. A prova disso é que ela foi exposta em Nova York e Frankfurt depois de São Paulo.

Imagem da Volkswagen Tarok em registro de patente no INPI
icon photo
Legenda: Imagens do modelo registrado no INPI mostra que picape manterá a conexão entre as lanternas

Ainda não está confirmada a motorização, mas possivelmente será composta pelo já conhecido motor 1.4 TSI de 150 cv com direitoàa sistema de tração integral 4Motion. Vale lembrar que a Fiat Toro tem versões flex, mas também configurações equipadas com motor turbodiesel.

Visual de T-Cross

Apesar de manter linhas do conceito, a Tarok de produção terá design menos futurista. Na dianteira, vários elementos presentes no T-Cross, porém maquiados com um novo para-choque e conexões entre os faróis - dificilmente serão de LED como a unidade exposta.

Na traseira, a moldura preto brilhante entre as lanternas será mantida na versão final da Tarok.

Veja o vídeo com a Tarok no Salão de São Paulo

 

Comentários