As sete picapes mais aguardadas para 2020

Segmento terá importantes novidades este ano, desde renovações de modelos compactos até uma forte rival da Fiat Toro

  1. Home
  2. Lançamentos
  3. As sete picapes mais aguardadas para 2020
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O WM1 já mostrou que 2020 será agitado para o segmento de SUVs e também para o mercado de sedãs, mas isso não está limitado só para estas duas categorias. O segmento de picapes também promete muitas novidades, com novos players em todos os "tamanhos" da categoria.

Abaixo listamos as sete picapes mais aguardados para 2020.

Volkswagen Tarok

A maior rival da Fiat Toro vai surgir no segundo semestre com a promessa de ser o maior destaque da Volks no Salão do Automóvel de São Paulo, que acontece em novembro. Vale lembrar que a Tarok Concept, o protótipo quase pronto da picape, surgiu pela primeira vez no Salão de 2018.

A Tarok promete rivalizar com a Toro em proposta e preço devido ao tamanho de carroceria - que também será de monobloco com suspensão traseira independente. Além da motorização: 1.4 TSI (turboflex) de 150 cv e 25,5 kgf.m de torque, com câmbio automático de seis marchas e tração integral.

Sua produção deve ser em São José dos Pinhais (PR), na mesma fábrica do T-Cross e do futuro SUV-cupê Nivus.

icon photo
Legenda: Volkswagen Tarok será a grande rival da Toro a partir de 2020
Crédito: Mario Villaescusa/WM1

Fiat Toro

A própria líder deste segmento de picapes compacta-médias (que não são nem pequenas como a Strada e nem médias como uma Chevrolet S10, por exemplo) vai ganhar atualização este ano. As mudanças estão programadas para o segundo semestre.

Entre as novidades, a Toro deve ganhar um tapa no visual - já alinhado ao novo padrão de design da Fiat, próximo ao que vimos no SUV Fastback - e também novos motores, que devem incluir o 1.3 FireFly turbo. Este promete render cerca de 170 cv, aposentando de vez o 1.8 E-torQ. As versões com o 2.4 Tigershark e com o 2.0 turbodiesel devem continuar.

icon photo
Legenda: Fiat Toro deve ganhar um tapa no visual inspirado no utilitário esportivo Fastback
Crédito: Divulgação

Fiat Strada

A líder entre as compactas e mais vendida entre todas as picapes de 2019 também deve mudar em 2020. Finalmente o modelo irá receber uma nova geração, depois de mais de 20 anos sendo construído sobre a base da primeira geração do Palio - de 1996.

A nova Strada será feita sobre uma plataforma adaptada com peças de Mobi e Argo. Visualmente, ela deverá ter desenho dianteiro bem próximo ao do Argo, enquanto na traseira são esperadas lanternas parecidas com as da Toro.

A picape terá configurações de cabine estendida e dupla com quatro portas, Os motores deverão ser os atuais 1.4 Fire Evo e 1.3 FireFly. Já os preços prometem ficar entre R$ 70 mil e R$ 90 mil.

icon photo
Legenda: Nova Strada já roda pouco camuflada em Belo Horizonte, próximo à sede da Fiat em Betim
Crédito: Enrico Vial/Reprodução

Chevrolet S10

A tradicionalíssima S10 é outra que deve mudar em 2020, mas de leve. A GM já revelou que a picape deve trocar de geração globalmente a partir de 2021 - e por isso antecipamos que neste ano ela deverá receber somente alguns retoques visuais.

Essas mudanças estarão concentradas na frente da picape. A inspiração do facelift (o segundo desta geração, que foi lançada em 2012) será os novos Blazer e Trailblazer gringos.

Apesar da frente, que promete ser mais agressiva, a picape não terá alterações de motorização. Por isso, deve manter os atuais conjuntos, um 2.5 flex de 206 cv e um 2.8 turbodiesel de 200 cv.

icon photo
Legenda: S10 camuflada apenas no capô e na dianteira foi flagrada no interior de São Paulo
Crédito: Reprodução

RAM 1500

Outra promessa para 2020 é a picape "de entrada" da RAM, a 1500. Ela vem para a categoria de S10, Hilux, Ranger e cia. A 1500 vem sendo especulada no Brasil desde o Salão do Automóvel de São Paulo de 2018, mas só este ano, no segundo semestre, fará sua estreia no mercado nacional.

Sua maior vantagem é não exigir CNH na categoria C ou ter horários de rodízio alternativos, como com a gigante 2500. Mesmo assim, é bem maior que as rivais diretas do segmento.

O motor deve ser o novo V6 turbodiesel de 264 cv e brutos 66,3 kgf.m de torque. Até versões com motor V8 a gasolina estão na mira.

icon photo
Legenda: RAM 1500 deve chegar ao Brasil este ano
Crédito: Divulgação

Toyota Hilux V6

Outra picape média que se rendeu ao motor V6 foi a Hilux, apresentada em sua versão esportiva GR-S no fim de 2019. Já noticiamos por aqui que a picape será lançada no primeiro trimestre de 2020 com motor V6 na série especial da Gazoo Racing Sport, que tem acerto de suspensão mais firme e visual invocado.

Seu motor turbodiesel tem 234 cv e 38,3 kgf.m de torque. Será uma concorrente à altura para a Volkswagen Amarok com motor de seis cilindros? Só o preço irá dizer. Mas não espere por nada abaixo de R$ 200 mil.

icon photo
Legenda: Hilux GR-S chega no começo deste ano com motor V6 de 234 cv de potência máxima
Crédito: Divulgação

Jeep Gladiator

O segundo semestre também reserva espaço para o lançamento da Gladiator, a versão picape do SUV Wrangler. Com isso, teremos a picape mais capacitada para o uso off-road possível no Brasil, uma vez que a Classe X, da Mercedes-Benz, "subiu no telhado".

A Gladiator usa um V6 a gasolina, o Pentastar, com 289 cv e 35,8 kgf.m de torque, acoplado a um câmbio automático de oito marchas. Mas sua disputa será no segmento de alto luxo, já que, com o dólar a mais de R$ 4, as expectativas são de que seu preço fique acima dos R$ 300 mil.

icon photo
Legenda: Jeep Gladiator deverá passar dos R$ 300 mil e será a picape mais cara à venda no Brasil
Crédito: Divulgação
Comentários