Volvo: carro elétrico terá inteligência artificial

Próxima geração de automóveis da empresa sueca terá supercomputador com programa para prevenir acidentes

  1. Home
  2. Segredos
  3. Volvo: carro elétrico terá inteligência artificial
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O próximo SUV elétrico da Volvo terá inteligência artificial para ajudar a salvar mais vidas, de acordo com comunicado da empresa. O sucessor totalmente elétrico do XC90, previsto para o ano que vem, virá com sensores de última geração que incluem a tecnologia "LiDAR", desenvolvida pela Luminar, e um computador de direção autônomo alimentado por sistema da NVIDIA chamado DRIVE Orin.

"A Volvo sempre foi líder em segurança. Agora, vai definir o próximo nível de um carro seguro", garante Håkan Samuelsson, presidente-executivo do Grupo Volvo Car. Ao combinar este hardware com os softwares que já existem, a Volvo afirma querer oferecer um novo nível de segurança, que reduz a quase zero as fatalidades e acidentes como um todo.

Carro da Volvo será elétrico e superseguro

As novas tecnologias também são projetadas para lidar com as situações de tráfego que resultam em grande parte dos acidentes que causam ferimentos graves e fatalidades hoje em dia. Uma vez introduzida, espera-se que a tecnologia amadureça com o tempo e se torne capaz de permitir que o carro ajude - e melhore - as capacidades do motorista em situações críticas de segurança.

Se considerarmos que as gerações anteriores dos sistemas voltados para segurança tinham como premissa alertar o motorista para ameaças em potencial, esta nova tecnologia irá, com o tempo, "intervir cada vez mais fortemente, conforme necessário, para evitar colisões", garante a marca sueca.

Embora salvar vidas e prevenir lesões continue sendo a prioridade da empresa, a Volvo também vê um potencial benefício de custos de seguro mais baixos, à medida que os acidentes com carros de sua empresa se tornem mais raros.

Além do conjunto de sensores e desempenho de computação, esse novo SUV virá com sistemas de backup para funções chaves, como direção e frenagem, que o tornam um hardware pronto para uma direção autônoma não supervisionada e segura quando disponível.

Volvo XC90
Todas as tecnologias de segurança e condução semiautônoma estarão no próximo XC90, que será elétrico
Crédito: Ricardo Rollo

Seguro e também autônomo

Esses sistemas e a tecnologia de computação e software vão permitir a funcionalidade Highway Pilot, desenvolvida internamente em conjunto com a empresa de desenvolvimento de software de direção autônoma da Volvo, a Zenseact.

O recurso de direção autônoma para uso em rodovias, chamado de Highway Pilot, é opcional e será ativado para clientes quando verificado que é seguro e legalmente permitido para localizações e condições geográficas específicas.

E vem mais por aí: a Volvo vai revelar mais detalhes sobre seu futuro roteiro de tecnologia no "Volvo Cars Tech Moment", que acontece no próximo dia 30 de junho.

Comentários