Fiat Argo Trekking branco com faixa preta sobre o capô estacionado em frente a um lago e ao fundo uma montanha

Argo Trekking: aventureiro na medida certa

Receita simples do hatch compacto faz dele o melhor pacote do segmento. Mas ainda deve em itens de segurança

    • Desempenho
    • Desempenho
    • 14,2/3500 kgfm/rpm
    • Consumo Gasolina
    • Consumo Gasolina
    • Cidade: 8,5 km/litro
      Estrada: 9,6 km/litro
    • Consumo Álcool
    • Consumo Álcool
    • Cidade: N/A
      Estrada: N/A
    • Porta Malas
    • Porta Malas
    • 300 litros
    • Câmbio
    • Câmbio
    • N/A
8

Overview


  • + Conjunto mecânico
  • + Sistema multimídia
  • - Itens de segurança
  • - Custo do seguro
 
  1. Home
  2. Testes
  3. Argo Trekking: aventureiro na medida certa
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O padrão é o mesmo: o carro é lançado e, alguns meses depois, chega a versão aventureira. E é compreensível porque essas variações realmente caíram no gosto do público brasileiro. Com o Fiat Argo, a representante é a versão Trekking, que não ousa muito, mas é um dos pacotes mais vantajosos entre os aventureiros.

Avaliamos a versão 1.3 manual, que honra bem as origens da linha Adventure e oferece soluções certeiras para quem busca um aventureiro urbano. Coincidência ou não, já responde por 1/3 do que o Argo vende no Brasil.

As mudanças são, na sua maioria, estéticas. Adesivos pretos no capô e teto, os símbolos da Fiat na cor preta - como nas versões especiais da Toro e S-Design de Argo e Cronos -, além de apliques de plástico nos para-lamas, para-choques e barras longitudinais no teto.

Internamente, o teto ganha um belo revestimento preto, substituindo o cinza das versões comuns, e o logo da Fiat no volante também é escurecido. O revestimento dos bancos é exclusivo da versão.

O pacote estético cai bem no Argo, que carrega esses apêndices com naturalidade, sem aquela percepção de adaptação que alguns aventureiros passam.

Rodar mais firme

Mas a alteração que mais agrada na Trekking é o acréscimo de 4 cm na altura do carro em relação ao solo. Com metade da responsabilidade para um novo acerto de suspensão - e a outra metade graças aos pneus de uso misto e medida 205/60 R15 -, a suspensão faz com que o Argo seja ainda melhor para rodar na cidade.

Fiat Argo Trekking de traseira em um gramado com algumas pedras e montanhas encobertas por nuvens ao fundo
icon photo
Legenda: Fiat Argo Trekking: apetrechos off-road sem exageros e desempenho satisfatório
Crédito: Divulgação

Ele oferece mais segurança para enfrentar buracos e valetas e o mesmo conforto da versão “civil”. E é isso que um aventureiro precisa entregar, já que ninguém ao comprar um Argo vai pensar em enfrentar trilhas pesadas com um hatch.

Com preço saindo dos R$ 61.490, a Trekking é baseada sempre na versão Drive 1.3 - a marca reduziu preços da linha em 2019. Ela tem de série direção elétrica, ar, central multimídia Uconnect com tela de 7" e espelhamento, faróis de neblina, sensor de ré e volante e banco do motorista com regulagens de altura.

Acrescente a pintura vermelha, rodas de liga leve de 15 polegadas e a câmera de ré da lista de opcionais e a conta fecha em R$ 65.380. Fazem falta mais opções de airbags - só há os duplos frontais obrigatórios - e controles de tração e estabilidade.

Fiat Argo Trekking branco com detalhes pretos em pequena via de terra com lago ao lado
icon photo
Legenda: Motor 1.3 e suspensão elevada conferem um rodar agradável e robusto ao Argo aventureiro
Crédito: Divulgação

O câmbio manual de cinco marchas tem um bom escalonamento e conversa bem com o três-cilindros de 109 cv e 14,2 kgfm. A opção Trekking automática surgiu no fim de 2019, mas com o áspero e cansado motor 1.8 E.torQ.

Concorrência

Com o preço na ponta do lápis, olhamos para os concorrentes, principalmente Ford Ka Freestyle, que parte de R$ 58.190 com motor 1.0 e câmbio manual, e de R$ 68.490 com câmbio automático.

Graças ao seu porte e projeto mais parrudo, o Argo é muito mais confortável ao rodar, tem acabamento mais bem construído e leva muita vantagem no espaço. No porta-malas a capacidade é de 300 litros, 40 a mais que o Ka.

Foto de painel do Argo com a tela multimídia ao centro e a visão de uma montanha no horizonte no para-brisa
icon photo
Legenda: Cabine tem elementos escurecidos, central multimídia e logomarca da Fiat na cor preta
Crédito: Divulgação

Apesar da concorrência fraca, o Argo Trekking por si só é um produto muito equilibrado e honesto dentro da sua proposta. Sem exageros visuais e soluções certeiras para o uso diário, ele mostra que, de forma prática e direta, um carro pode suprir propostas diferentes com muita tranquilidade.

 

Ficha Técnica

FIAT - ARGO - 2020
1.3 FIREFLY FLEX TREKKING MANUAL
R$ 62790

Motor / Desempenho / Consumo +

  • Cilindrada cm³
  • 1332
  • Disposição dos cilindros
  • Linha
  • Número de cilindros
  • 4
  • Taxa de compressão
  • 13,2:1
  • Número de válvulas por cilindro
  • 2
  • Comando de Válvulas
  • SOHC
  • Comando de válvulas variável
  • Não
  • Combustível (comercial)
  • Flex
  • Combustível secundário
  • Gasolina
  • Alimentação
  • Aspirado
  • Nomenclatura do motor (comercial)
  • Firefly
  • Potência (cv/rpm)
  • 109/6250
  • Torque (kgfm/rpm)
  • 14,2/3500
  • Potência secundária (cv/rpm)
  • 101/6250
  • Torque secundário (kgfm/rpm)
  • 13,7/3500
  • Velocidade máxima (km/hora)
  • 184
  • Aceleração 0-100 km/h (segundos)
  • 10,8
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 1
  • 8,5
  • Consumo estrada (km/litro) - Combustível 1
  • 9,6
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 2
  • 12,1
  • Consumo estrada (km/litro) - Combustível 2
  • 13,5
  • Fonte consumo
  • INMETRO

Transmissão +

  • Transmissão
  • Manual
  • Número de marchas
  • 5
  • Localização do câmbio
  • Assoalho
  • Tração
  • Dianteira

Freios / Suspensão / Direção +

  • Freios dianteiros
  • Disco ventilado
  • Freios traseiros
  • Tambor
  • Freio de estacionamento
  • Manual
  • Suspensão - Dianteira
  • McPherson
  • Suspensão - Molas dianteiras
  • Helicoidal
  • Suspensão - Traseira
  • Eixo de torção
  • Suspensão - Molas traseiras
  • Helicoidal
  • Direção - Assistência
  • Elétrica
  • Direção - Ajustes
  • Altura

Dimensões e Capacidades +

  • Comprimento (mm)
  • 3998
  • Largura (mm)
  • 1746
  • Altura (mm)
  • 1546
  • Entre-eixos (mm)
  • 2521
  • Capacidade tanque de combustível (litros)
  • 48
  • Capacidade do porta-malas (litros)
  • 300
  • Peso líquido em ordem de marcha (kg)
  • 1140

Tecnologia / Conectividade +

  • Sistema de áudio - Tipo
  • Multifunções
  • USB
  • Sim
  • AUX-in
  • Sim
  • Bluetooth
  • Função Streaming
  • Comando de voz
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Tamanho da tela (pol.)
  • 7
  • Tela de entretenimento - Sensível ao toque
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Espelhamento com smartphone
  • Apple CarPlay + Google Android Auto
  • Tela de entretenimento - Navegação (GPS)
  • Via espelhamento (smartphone)
  • Controle de áudio
  • No volante

Rodas e Pneus +

  • Tipo de roda - Tipo de roda
  • Aço
  • Tipo de roda - Calotas
  • Integrais
  • Dianteira - Aro (pol.)
  • 15
  • Dianteira - Pneus (largura/perfil/aro)
  • 205/60
  • Traseira - Aro (pol.)
  • 15
  • Traseira - Pneus (largura/perfil)
  • 205/60
  • Estepe
  • Convencional
  • No Bolso7.9
  • Tecnologia8.2
  • Vida a bordo8.2
  • Desempenho7.7
  • Opinião do repórter8.3
  • + Conjunto mecânico
  • + Sistema multimídia
  • - Itens de segurança
  • - Custo do seguro
 
8

Compartilhar
0
Comentários