Gm Camaro ConversÍvel 7896

Camaro hoje é esportivo de luxo de R$ 451.300

Aceleramos a versão conversível do modelo da Chevrolet, que oferece desempenho de carro de corrida e ronco de arrepiar

    • Desempenho
    • Desempenho
    • 62,9/4400 kgfm/rpm
    • Consumo Gasolina
    • Consumo Gasolina
    • Cidade: 6,2 km/litro
      Estrada: 9,9 km/litro
    • Consumo Álcool
    • Consumo Álcool
    • Cidade: N/A
      Estrada: N/A
    • Porta Malas
    • Porta Malas
    • 208 litros
    • Câmbio
    • Câmbio
    • N/A
9.4

Overview

Conheça notas, virtudes e pontos fracos da versão sem teto do muscle car norte-americano, que custa R$ 451.300 e oferece muito luxo e esportividade.


  • + Desempenho
  • + Esportividade
  • + Exclusividade
  • + Lista de equipamentos
  • - Preço
  • - Porta-malas
  • - Falta de itens de condução semi-autônoma
 
  • 0.0 Estrela icone
  • 0.0 de 5 estrelas
  1. Home
  2. Testes
  3. Camaro hoje é esportivo de luxo de R$ 451.300
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Chevrolet Camaro. V8. Ronco de gente grande. Chassi de Cadillac e comportamento muito próximo ao de um carro de corrida. Nesse teste, falarei um pouco sobre como é (tentar) domar a fera enjaulada sob o capô dianteiro que tem oito cilindros, 6,2 litros, 461 cv e 62,9 kgf.m de torque.

Você não leu errado. O V8 é de fato o grande coração dessa máquina que você vê em fotos exclusivas logo abaixo. Aliás, é esse o termo que a GM sempre quis que o Camaro tivesse no Brasil: exclusividade, algo que não aconteceu no início devido ao sucesso da música "Camaro Amarelo", da dupla Munhoz e Mariano. Será que esses dez anos de mercado e aumentos sucessivos de preço conseguiram mudar isso?

Camaro em dez anos de Brasil

Nestes quase 11 anos, o carro mudou muito. Trocou de geração em 2016 e passou por uma renovação visual dois anos depois. Recentemente, incorporou ao V8 a caixa de transmissão automática de dez marchas compartilhada com o maior rival, o Ford Mustang. E nesse período também subiu de preço, saltou dos iniciais R$ 185 mil de 2010 para R$ 403 mil em 2021 (considerando só valores do cupê).

Com essas renovações estéticas e mecânicas - o chassi da atual geração vem emprestado de carros da Cadillac e o motor V8 nasceu no Corvette -, a estigma de carro "popular" causada pela música se foi. Embora muita gente ainda associe o Camaro à canção sertaneja, hoje em dia também é sensível que ter o muscle car na garagem representa luxo e ostentação.

São essas sensações que sinto nos olhares em que reparo a cada rosnada emitida pelo carro quando saí com ele pelas ruas de São Paulo. Olhares de admiração e até de inveja, é verdade - principalmente quando a capota estava aberta. É fato que o Camaro, por mais que não tenha esse costume nos Estados Unidos, virou um carro de se chamar a atenção por aqui. E isso certamente faz a GM comemorar.

V8 borbulhante

O V8 borbulha. O motor é moderno e tem tecnologias de ponta, como a que desativa quatro cilindros (dos oito) em tocadas mais mansas, a fim de economizar combustível. E nessa pegada, segundo dados oficiais, conseguiria fazer até 6,3 km/l na cidade e 9,1 km/l na estrada, com gasolina. Em nossas mãos, o número não conseguiu ser superior a 3 km/l. Pelo menos o tanque tem 72 litros.

Acoplado a esse motor está a excelente caixa de câmbio automática de dez marchas - tradicional, com conversor de torque. E, acredite, as trocas são muito, mas muito rápidas, seja para cima ou em reduções. Em situações mais nervosas, com o giro do motor lá no alto, cada subida ou descida de marcha arrepia quem está dentro do carro - são quatro lugares, mas o espaço traseiro é apertado.

O controle de tração e estabilidade dá conta do recado e "cuida" dos passageiros quando o motorista não tiver "braço". Ele corrige os erros de quem não tem tanta manha e trata de deixar o Camaro no traçado se o percurso for fechado, como uma pista. Mas é nesse momento, também - para quem manja e gosta de abusar -, que o muscle car vira um carro de corrida. E dos bons.

O Camaro nunca foi tão "europeu" como agora. Tradicional pony car norte-americano, o carro nasceu na década de 1960 para rivalizar com o Mustang e engolir retas e mais retas de rodovias estadunidenses. Era assim até a geração anterior (a quinta de sua história), mas deixou de ser nessa sexta, justamente quando passou a utilizar o chassi da Cadillac. "Europeu" porque começou a fazer curva muito bem, quase como carro alemão - que são as referências nesse quesito ao lado dos de origem japonesa.

Por dentro, muito luxo

Lá na cabine, embora à céu aberto, o Camaro precisou se equipar e mostrar que era um carro luxuoso para justificar os mais de R$ 400 mil cobrados na tabela - e vale lembrar que a versão conversível pede R$ 451.300 atualmente.

O "céu aberto" acaba quando se fecha a cabine - e precisamos destacar isso por aqui. Em dias de chuva, por exemplo, claro que não é possível deixar a capota aberta, o que influencia (e atrapalha) diretamente no quesito visibilidade, porque o Camaro é um carro baixo, como todo esportivo, e tem linha de cintura muito alta, o que faz com que olhar pelo retrovisor vire um objetivo, não uma opção.

Mas por outro lado, a Chevrolet o equipou com tudo que era possível no quesito equipamentos. Tem central multimídia com tela flutuante, head-up display, volante multifuncional e uma série de recursos que muitos SUVs e sedãs do segmento premium também oferecem - fica devendo somente itens de condução semi-autônomas, algo que seu principal concorrente, o Ford Mustang, já oferece.

Isso significa, portanto, que o Camaro é completinho. Na última atualização de linha, porém, perdeu o carregador de celular por indução que oferecia desde a troca de geração, em 2016, mas recebeu internet wifi à bordo e o sistema de telemática e concierge da GM, o OnStar. Além disso, tem GPS integrado, espelha a tela do celular e vem até com sistema de vetorização de torque.

Gm Camaro ConversÍvel 7829
Camaro roda como um carro de corrida: faz muita curva, é voraz e ainda encanta pelo visual esportivo
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Acabamento de primeira

Também era preciso caprichar nos materiais de cabine para conquistar o comprador - que, como é de se imaginar, nesta faixa de preços é bem seleto e exigente. O Camaro é muito bem acabado, tem couro sintético de extrema qualidade nos bancos e no revestimento do volante e você percebe um cuidado exacerbado em cada detalhe do painel.

São duas zonas de ar-condicionado, uma para cada lado, e uma série de outros mimos para os passageiros também, como bancos com ajuste elétrico, ventilação, aquecimento e memorizador de posição; comandos internos para abertura do porta-malas, tampa do tanque e da tranca das portas; e sensores de chuva e crepuscular. O freio de mão é por botão, mas nem precisava ser assim...

Vale destacar, por fim, que o Camaro fica ainda mais próximo a um carro de corrida graças a uma série de recursos oferecidos pela ótima capacidade da central multimídia MyLink. Nela, é possível acionar um computador específico para números de pista, que cronometra dados e tempos de voltas, aciona/desativa o sistema de controle de largada e até ajusta os níveis de amortecimento.

Em resumo, rodar hoje em dia com um Camaro virou algo que poucos conseguem. Aqui no Brasil, se tornou carro de luxo, mesmo tendo uma série de versões mais baratas e voltadas a jovens nos EUA - é por isso que a GM só traz a SS, topo de linha. Mesmo assim, quem tem a possibilidade de levar um para casa pode ter certeza de que diversão e olhares diversos nunca lhe faltarão. É só preparar o bolso.

Sensação de liberdade: rode sem teto com o Camaro conversível, mas se prepare para olhares e provocações
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Ancora: Conclusão Score

Ficha Técnica

CHEVROLET - CAMARO - 2019
6.2 V8 GASOLINA SS CONVERSÍVEL AUTOMÁTICO
R$ 408290

Motor / Desempenho / Consumo +

  • Cilindrada (litros)
  • 6.2
  • Cilindrada cm³
  • 6162
  • Disposição dos cilindros
  • V
  • Número de cilindros
  • 8
  • Número de cilindros (comercial)
  • V8
  • Taxa de compressão
  • 11,5:1
  • Número de válvulas por cilindro
  • 2
  • Número de válvulas (comercial)
  • 16V
  • Comando de Válvulas
  • OHV
  • Alimentação
  • Aspirado
  • Start-Stop
  • Sim
  • Potência (cv/rpm)
  • 461/6000
  • Torque (kgfm/rpm)
  • 62,9/4400
  • Velocidade máxima (km/hora)
  • 290
  • Aceleração 0-100 km/h (segundos)
  • 4,2
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 1
  • 6,2
  • Consumo estrada (km/litro) - Combustível 1
  • 9,9
  • Fonte consumo
  • INMETRO

Transmissão +

  • Transmissão
  • Automática
  • Número de marchas
  • 10
  • Localização do câmbio
  • Assoalho
  • Modo manual (p/ AT)
  • Sim
  • Tração
  • Traseira

Freios / Suspensão / Direção +

  • Freios dianteiros
  • Disco ventilado
  • Freios traseiros
  • Disco ventilado
  • Freio de estacionamento
  • Eletrônico
  • Suspensão - Dianteira
  • McPherson
  • Suspensão - Molas dianteiras
  • Helicoidal
  • Suspensão - Traseira
  • Multilink
  • Suspensão - Molas traseiras
  • Helicoidal
  • Direção - Assistência
  • Elétrica
  • Direção - Ajustes
  • Altura e profundidade

Dimensões e Capacidades +

  • Comprimento (mm)
  • 4784
  • Largura (mm)
  • 1897
  • Altura (mm)
  • 1340
  • Entre-eixos (mm)
  • 2812
  • Capacidade tanque de combustível (litros)
  • 72
  • Capacidade do porta-malas (litros)
  • 208
  • Peso líquido em ordem de marcha (kg)
  • 1798
  • Carga útil (kg)
  • 317

Tecnologia / Conectividade +

  • Sistema de áudio - Tipo
  • Multifunções
  • Sistema de áudio - Nomenclatura (comercial)
  • MyLink
  • USB
  • Sim
  • CD/MP3 player
  • Sim
  • AUX-in
  • Sim
  • Bluetooth
  • Conexão com celular
  • Tela de entretenimento - Tamanho da tela (pol.)
  • 8
  • Tela de entretenimento - Sensível ao toque
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Espelhamento com smartphone
  • Apple CarPlay + Google Android Auto
  • Tela de entretenimento - Navegação (GPS)
  • Via espelhamento (smartphone)
  • Controle de áudio
  • No volante
  • Alto-falantes - Quantidade
  • 3
  • Alto-falantes - Tweeters
  • 3
  • Alto-falantes - Subwoofer
  • 2
  • Concierge - Segurança
  • Sim
  • Concierge - Emergência
  • Sim
  • Concierge - Navegação
  • Sim
  • Concierge - Diagnóstico técnico
  • Sim

Rodas e Pneus +

  • Tipo de roda - Tipo de roda
  • Liga leve
  • Tipo de roda - Design/cor
  • Customizada
  • Dianteira - Aro (pol.)
  • 20
  • Dianteira - Pneus (largura/perfil/aro)
  • 245/40 ZR20 Run Flat
  • Traseira - Aro (pol.)
  • 20
  • Traseira - Pneus (largura/perfil)
  • 275/35 ZR20 Run Flat
  • Estepe
  • Convencional
  • No Bolso8.1
  • Tecnologia9.9
  • Vida a bordo8.5
  • Desempenho9.8
  • Opinião do repórter9.7
  • + Desempenho
  • + Esportividade
  • + Exclusividade
  • + Lista de equipamentos
  • - Preço
  • - Porta-malas
  • - Falta de itens de condução semi-autônoma
 
9.4

Compartilhar
Comentários