Ford Territory

Ford Territory é SUV que te faz se sentir em casa

Rodamos por alguns dias com o utilitário da marca norte-americana na versão Titanium, a mais cara, que custa R$ 197.900

    • Desempenho
    • Desempenho
    • 22,9/1500 kgfm/rpm
    • Consumo Gasolina
    • Consumo Gasolina
    • Cidade: 9,2 km/litro
      Estrada: 10 km/litro
    • Consumo Álcool
    • Consumo Álcool
    • Cidade: N/A
      Estrada: N/A
    • Porta Malas
    • Porta Malas
    • 420 litros
    • Câmbio
    • Câmbio
    • N/A
8.8

Overview

SUV médio da marca americana quer conquistar clientes pela boa oferta de equipamentos, espaço interno e confiança depositada na insígnia oval azul.


  • + Espaço interno
  • + Design moderno
  • + Equipamentos
  • - Preço
  • - Porta-malas
 
  • 0.0 Estrela icone
  • 0.0 de 5 estrelas
  1. Home
  2. Testes
  3. Ford Territory é SUV que te faz se sentir em casa
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Ford Territory Titanium é um carro bem completo, equipado, espaçoso e com ótimo conjunto mecânico, por R$ 197.900. Hoje vamos te mostrar por que vale a pena levar para casa o SUV da empresa norte-americana, por mais que a marca tenha deixado oficialmente de fabricar carros no Brasil.

Vale lembrar que o modelo, aqui no Brasil, vem importado da China. O SUV rivaliza com modelos como Jeep Compass (que custa de R$ 136.285 a R$ 231.946); Chevrolet Equinox (de R$ 150.740 a R$ 189.140) e Volkswagen Tiguan (R$ 146.880 a R$ 217.650) - pelo menos enquanto o Taos não chegar ao nosso mercado.

Ford Territory: uma sala de estar

Logo que entro no carro já me impressiono com o nível de conforto. Dá para perceber por alguns detalhes que ele é chinês, mas isso não é algo ruim - é sensível, também, como os fabricantes de peças e fornecedores daquele país evoluíram nos últimos anos. Isso significa que o SUV Ford Territory poderia muito bem ter sido importado de qualquer outro lugar do mundo que sua qualidade seria a mesma.

Outro ponto muito positivo é o espaço interno. Cabem cinco adultos dentro do carro , ainda que o passageiro central do banco de trás possa ser incomodado pelos ombros de quem estiver do lado. Mesmo assim, três adultos têm espaço - se forem só dois ou três crianças, melhor ainda. Bancos de couro, saídas de ar exclusivas e uma entrada USB reforçam essa sensação de sofisticação.

São 4,58 m de comprimento, ótimos 2,72 m de entre-eixos, 1,94 m de largura e 1,67 m de altura.

O porta-malas é ligeiramente sacrificado para que esse espaço interno seja digno de um carro de R$ 200 mil: são apenas 348 litros, muito menor do que o de outros SUVs médios da categoria - o Jeep Compass, por exemplo, tem 410 litros; um Volkswagen Tiguan, por sua vez, tem 686 litros de capacidade quando montado para oferecer cinco lugares.

Moderno e bem equipado

Mas a compensação vem em forma de equipamentos e tecnologia: o Territory é um dos SUVs mais modernos, bonitos e bem equipados entre todos esses que já citamos.

Vamos lá. Na parte de segurança, ponto positivo: traz os obrigatórios freios ABS; seis airbags (frontais, laterais e de cortina); controle e tração e estabilidade; assistente de partida em rampas; faróis full-LED com DRL; Isofix para cadeirinhas infantis; sistema de monitoramento da pressão dos pneus; sensores de estacionamento dianteiro e traseiro e câmera de ré.

Outro destaque são seus equipamentos de auxílio à condução. O SUV vem com um ótimo alerta de ponto cego; sistema de frenagem automática de emergência; alerta de colisão frontal e de mudança de faixa - embora sem correção automática, como alguns carros desse preço já fazem.

Além disso, é um dos únicos que vem com um belo sistema de câmeras de 360º em que é possível interagir com a tela, justamente para que seja mais fácil fazer manobras ou escapar de vagas apertadas, por exemplo. O botão de partida do lado esquerdo, assim como fazem alguns carros da Porsche, é outro charme do interior.

Ford Territory
O Ford Territory é um SUV dos mais modernos, bonitos e bem equipados da categoria
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Agora vamos para a parte de conveniência. Ele tem apenas uma zona de ar-condicionado, pouco perto do que rivais oferecem, mas responde com assistente de estacionamento automático; controle de cruzeiro adaptativo (ACC); rodas de liga leve aro 18"; teto panorâmico; freio de estacionamento por botão; banco do motorista com ajustes elétricos e faróis com acendimento automático.

No quesito tecnologia, vem com central multimídia Sync Touch, que se divide em quatro partes como um tablet de última geração, embora com um fundo azul tradicionalmente chinês. Ela tem conexão Bluetooth, pode espelhar a tela do celular via CarPlay ou Android Auto e ainda oferece roteador de wifi. A conexão ainda pode ser por USB e o carro também vem com carregador de celular por indução.

Até agora, uma ótima lista de equipamentos, um carro espaçoso e visualmente atraente. É como se fosse uma sala de estar sobre rodas. Vale lembrar que o Territory tem proposta mais urbana, enquanto o futuro Bronco Sport, outro SUV médio da empresa, deve chegar ao Brasil com uma ideia mais lameira e de aventuras.

Motor e câmbio

O modelo é equipado com um bom conjunto mecânico, formado por um motor 1.5 turbo com injeção direta de combustível que entrega 150 cv e 22,9 kgf.m de torque (só a gasolina) e um câmbio automático do tipo CVT que simula oito marchas. A tração é dianteira.

Segundo a Ford, esses dados podem fazê-lo acelerar de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos e chegar a 180 km/h. Acelere com o Ford Territory por alguns minutos e perceba que a proposta do SUV é exatamente essa: o conforto. É calmo, não roda forte, não tem fôlego esportivo como o de alguns rivais (principalmente o carro da Volks, embora seus números de potência sejam os mesmos) e foi feito para ser suave.

Isso é um reflexo do peso, já que o carro tem 1.632 kg, ligeiramente superior ao que estamos acostumados a ver em seus rivais. Uma boa explicação da marca norte-americana talvez seja a grande quantidade de equipamentos investidos no projeto.

Com isso, os números de consumo também não empolgam, apesar de também não assustarem: faz 9,2 km/l na cidade e 10 km/l na estrada, sempre com gasolina no tanque. Com capacidade de armazenar até 52 litros de combustível, consegue rodar até 478 quilômetros em zonas urbanas e 520 km por estradas e rodovias.

Ford Territory é atraente visualmente, espaçoso e super tecnológico
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Conclusão

O resumo da ópera é o seguinte: o Ford Territory Titanium 2021 é uma ótima compra para quem quer um SUV, é fã de da marca norte-americana, tem R$ 200 mil na conta para comprar um carro e uma família com um ou dois filhos. É espaçoso, completo, bonito e super tecnológico. E é mais um ótimo carro que ajuda a destruir o preconceito que muitas pessoas ainda têm sobre produtos chineses.

Ancora: Conclusão Score

Ficha Técnica

FORD - TERRITORY - 2021
1.5 ECOBOOST GTDI GASOLINA TITANIUM AUTOMÁTICO
R$ 197900

Motor / Desempenho / Consumo +

  • Cilindrada (litros)
  • 1.5
  • Disposição dos cilindros
  • Linha
  • Número de cilindros
  • 4
  • Número de válvulas por cilindro
  • 4
  • Número de válvulas (comercial)
  • 16v
  • Comando de Válvulas
  • DOHC
  • Comando de válvulas variável
  • Sim
  • Alimentação
  • Turbo
  • Start-Stop
  • Sim
  • Nomenclatura do motor (comercial)
  • ECOBOOST
  • Potência (cv/rpm)
  • 150/5300
  • Torque (kgfm/rpm)
  • 22,9/1500
  • Aceleração 0-100 km/h (segundos)
  • 11,8
  • Consumo cidade (km/litro) - Combustível 1
  • 9,2
  • Consumo estrada (km/litro) - Combustível 1
  • 10

Transmissão +

  • Transmissão
  • CVT
  • Localização do câmbio
  • Assoalho
  • Modo manual (p/ AT)
  • Sim
  • Tração
  • Dianteira

Freios / Suspensão / Direção +

  • Freios dianteiros
  • Disco ventilado
  • Freios traseiros
  • Disco sólido
  • Freio de estacionamento
  • Manual
  • Suspensão - Dianteira
  • McPherson
  • Suspensão - Molas dianteiras
  • Helicoidal
  • Suspensão - Traseira
  • Multilink
  • Suspensão - Molas traseiras
  • Helicoidal
  • Direção - Assistência
  • Elétrica
  • Direção - Ajustes
  • Altura e profundidade

Dimensões e Capacidades +

  • Comprimento (mm)
  • 4580
  • Largura (mm)
  • 2179
  • Altura (mm)
  • 1674
  • Entre-eixos (mm)
  • 2716
  • Capacidade do porta-malas (litros)
  • 420
  • Peso líquido em ordem de marcha (kg)
  • 1632

Tecnologia / Conectividade +

  • Sistema de áudio - Tipo
  • Multifunções
  • Sistema de áudio - Nomenclatura (comercial)
  • SYNC Touch
  • USB
  • Sim
  • CD/MP3 player
  • Sim
  • Bluetooth
  • Função Streaming
  • Comando de voz
  • Sim
  • Tela de entretenimento - Tamanho da tela (pol.)
  • 10,1''
  • Tela de entretenimento - Espelhamento com smartphone
  • Apple CarPlay + Google Android Auto
  • Tela de entretenimento - Navegação (GPS)
  • Via espelhamento (smartphone)
  • Controle de áudio
  • No volante
  • Alto-falantes - Quantidade
  • 8
  • Concierge - Nomenclatura (comercial)
  • Assist. Emergência
  • Concierge - Segurança
  • Sim
  • Concierge - Emergência
  • Sim
  • Concierge - Diagnóstico técnico
  • Sim

Rodas e Pneus +

  • Tipo de roda - Tipo de roda
  • Liga leve
  • Dianteira - Aro (pol.)
  • 18
  • Dianteira - Pneus (largura/perfil/aro)
  • 235/50
  • Traseira - Aro (pol.)
  • 18
  • Traseira - Pneus (largura/perfil)
  • 235/50
  • Estepe
  • Convencional

Garantia +

  • Garantia total do veículo - Duração (meses)
  • 36
  • Garantia de motor e transmissão - Duração (meses)
  • 36
  • No Bolso8.5
  • Tecnologia8.7
  • Vida a bordo8.8
  • Desempenho8.9
  • Opinião do repórter9.0
  • + Espaço interno
  • + Design moderno
  • + Equipamentos
  • - Preço
  • - Porta-malas
 
8.8

Compartilhar
Comentários