Mercedes-Benz GLA tem múltiplas personalidades

Mistura de SUV, crossover e hatch, modelo será fabricado no Brasil em 2016


  1. Home
  2. Testes
  3. Mercedes-Benz GLA tem múltiplas personalidades
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon


A Mercedes-Benz acaba de lançar no Brasil o que chamou de quinto elemento da sua família de SUVs (Sport Utility Vehicle), o GLA, com preços entre R$ 132.900 e R$ 152.900. Porém, basta olhar para o modelo para perceber que a pegada off-road não é o forte deste carro. Nenhuma das três versões apresentadas conta com tração nas quatro rodas ou reduzida. Também não há pneu de uso misto ou suspensão elevada. A pegada do GLA é mesmo a cidade e isso não chega a ser uma crítica.

O GLA poderia ser classificado como hatch, mesma denominação de um dos seus concorrentes, o Volvo V40 Cross Country (R$ 141.500). As dimensões são bastante próximas. O Mercedes, por exemplo, é cinco centímetros maior no comprimento e seis na altura, mas perde cinco centímetros na largura. Neste caso, o GLA teria problema em casa, já que a marca vende o hatch Classe A. Para não causar confusão, o melhor é classificá-lo como crossover (mistura de mais de uma categoria).

Categorias a parte, o GLA traz alguns pontos interessantes. Para quem quer se destacar, o modelo oferece rodas aro 18 em todas as versões. O desenho robusto, com caixas de roda avantajadas, também chama a atenção. O design aliás tem sido um dos pontos altos da família de pequenos da Mercedes, que é formada atualmente pelo Classe A, Classe B, CLA e agora o GLA.

Não é apenas no estilo que o GLA apresenta múltiplas personalidades. Segundo a Mercedes, o novo modelo se destina a um público jovem, aventureiro, moderno e conectado. Porém, alguns pontos indicam outra direção. O sistema multimídia, por exemplo, traz um display fixo com uma enorme moldura que lembra as dos porta-retratos antigos. Além disso, não é sensível ao toque e não traz GPS na versão de entrada. Outro ponto nada moderno é o sistema de sensor traseiro de estacionamento por luzes. No GLA não há nada de câmera traseira, que é comum hoje em dia até em carros populares.

Porém, nem tudo é antiquado. O GLA expõem suas contradições com um moderno Active Parking, capaz de colocar e tirar o veículo sozinho de vagas paralelas e perpendiculares (como as encontradas nos shopping centers). Outra função interessante é a de Hold, que segura o veículo parado em subidas por tempo indeterminado. Há ainda o Attention Assist, que monitora se o motorista está com fadiga por meio de mais de 60 sensores e envia mensagens de alerta.

Versões

O GLA será oferecido a partir de primeiro de outubro em três versões de acabamento. Todas elas bem equipadas.

A primeira, chamada de 200 Advance (R$ 132.900), traz como itens de série sistema de estacionamento, sete airbags (laterais, dianteiros, de cortina e para os joelhos do motorista), sensor de chuva, câmbio automático, piloto automático e limitador de velocidades, aviso de perda de pressão nos pneus, attention assist, ar condicionado, faróis bi-xenônio com LEDs, função Start/Stop, rodas de liga leve de 18", computador de bordo, freio de estacionamento elétrico, controle eletrônico de estabilidade (ESP), distribuição eletrônica de força de frenagem (EBD), controle de tração na aceleração (ASR), tração eletrônica em cada roda (ETS), assistente de freio (BAS), assistente de partida na subida (HSA), pré-carregamento, brake drying e suporte Isofix.

A versão intermediária, chamada de 200 Vision (R$ 149.900), acrescenta aos itens de série sistema multimídia com GPS, teto solar panorâmico, ar-condicionado bizone, banco do motorista com regulagens elétricas e com memória e rodas aro 18 com desenho único. Já a top de linha, a 200 Vision Black Edition (R$ 152.900) traz a mais apenas diferenças estéticas, como as rodas aro 18 e os retrovisores na cor preta e as pedaleiras esportivas.

Dados GLA

 

Versão

Preço (R$)

GLA 200 Advance

132.900

GLA 200 Vision

149.900

GLA 200 Vision Black Edition

152.900

 

A marca já adiantou que em 2015 haverá duas novas versões para o GLA. A primeira, que chegará no começo do próximo ano, atende por 250 Sport e trará a mesma motorização encontrada no remodelado Classe C (2.0L de 211 cv). Até o fim do próximo ano estará por aqui a versão mais apimentada do crossover, o GLA 45 AMG, que será equipada com tração integral e o imponente 2.0L turbo de 360 cavalos de potência.

Nos bastidores, os executivos da Mercedes confirmam ainda trarão uma versão ainda mais acessível do GLA em 2015, porém o preço e o nível de equipamentos não foram divulgados. Vale lembrar que o modelo será fabricado no Brasil, na planta que está sendo erguida em Iracemápolis, a partir de 2016. A marca espera vender 10.000 GLA por ano, sendo 1.000 ainda em 2014.

Primeira volta

O GLA empresta a mecânica do irmão Classe A. O motor é o mesmo 1.6L com turbo e injeção direta de combustível que rende 156 cavalos de potência máxima e 25 kgf.m de torque. A transmissão é de sete velocidades com dupla embreagem. Segundo a Mercedes, o GLA acelera de 0 a 100 km/h em apenas 8,8 segundos e chega a uma velocidade máxima limitada eletronicamente de 215 km/h.

No crossover, que é mais pesado que o Classe A, o conjunto entrega uma boa agilidade, mas não chega a empolgar. A 120 km/h o motor trabalha suave a pouco mais de 2.000 rotações graças, em parte, a moderna caixa de câmbio. Porém, é nas retomadas que o GLA poderia ser mais rápido. A suspensão, um dos pontos altos em qualquer modelo Mercedes-Benz, trabalha em harmonia com a proposta do carro. Filtra bem as irregularidades do solo sem ser dura demais.

O GLA traz três opções de condução. Econômica, que faz as trocas de marcha em rotações mais baixas; Sport, que eleva um pouco o ânimo do crossover e a manual, que permite trocas por borboletas atrás do volante.

Ao volante este Mercedes transmite a sensação de se estar dirigindo um hatch, próximo ao chão. Nada de olhar os demais veículos por cima, típico nos SUV. Por isso, o crossover é divertido de guiar e vai bem nas curvas. O espaço interno é acanhado. Para, no máximo, quatro pessoas. Já o porta-malas acomoda bons 421 litros de bagagem.

O GLA tem multiplas personalidades quando o assunto é carroceria e equipamentos. Conta com um bom nível de equipamentos e o desenho que tem chamado a atenção nos mais novos Mercedes. Apesar do preço salgado, não deve ter problemas para bater a meta de mil unidades vendidas em 2014.

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors