Town & Country, a grandalhona familiar da Chrysler

Por R$ 189,9 mil, minivan leva sete passageiros com conforto e rapidez; estepe está em posição ingrata


  1. Home
  2. Testes
  3. Town & Country, a grandalhona familiar da Chrysler
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

- Além do Chrysler 300C V6 e do Jeep Cherokee Sport, outra das boas novidades da Chrysler para o Brasil em sua linha 2008 foi a Town & Country, herdeira da Caravan e de tantos outros modelos vendidos pela empresa no Brasil sob a marca Dodge e até Plymouth que Deus a tenha em bom lugar. Por R$ 189,9 mil, a proposta que ela tem para oferecer ao consumidor brasileiro envolve uma boa dose de conforto, espaço e, principal, uma mecânica de dar inveja.

Para começar, ela leva sete passageiros, mesma quantidade que uma Chevrolet Zafira, mas o motor V6 3,8-litros de 193 cv já ajuda a entender a diferença. Não bastasse isso, a minivan norte-americana, que serviu de base para a “irmã” VW Routan, tem um excelente câmbio automático de seis marchas.

Pesadona, mas obediente

Com respostas ágeis, ele confere à Town & Country uma agilidade inesperada. Infelizmente não foi possível avaliá-la em trecho urbano pesado, algo que ficará reservado a uma oportunidade futura, mas, na estrada, a minivan anda como o diabo gosta. E nós também, diga-se de passagem.

Houve quem reclamasse de seu comportamento, decerto por esperar da minivan algo que ela, por definição, não foi feita para proporcionar: alto desempenho. Ela demora a pegar velocidade, muito mais por conta do peso 2.025 kg que de falta de disposição. Em todo caso, quando embala, a Town & Country mantém a velocidade com doçura, sem reclamar, mesmo em subidas ou curvas.

Aliás, apesar de grandalhona, a minivan da Chrysler tem um comportamento dinâmico muito acima da expectativa. Freia e faz curvas como um carro comum, o que, considerando o segmento em que ela se insere, é digno de elogios.

Dentro das expectativas

Quando o que se pede dela é exatamente o que se deve esperar de uma minivan, ou seja, espaço e conforto, ela não refuga. Os passageiros viajam bem, mas o motorista sentirá falta da regulagem do volante em distância. Só está disponível a regulagem em altura.

Outro ponto a reparar, com relação à Town & Country, é a posição do estepe. Não está nem dentro do porta-malas nem preso a uma bandeja sob o compartimento de carga, mas sim sob o console central da minivan.

A operação de retirada e de colocação do estepe no lugar ele é solto e fica suspenso sob o carro, precisando ser puxado com uma haste fará com que seu proprietário se questione se não teria sido melhor perder alguns litros de capacidade do porta-malas, independentemente de precisar usar o estepe ou não.

Melhor teria sido a marca optar por pneus que podem rodar mesmo furados, já disponíveis no mercado e certamente uma pechincha diante de um carro que custa mais do que um bom apartamento em qualquer cidade grande brasileira. É certo que nada é perfeito, mas a Town & Country, sendo uma minivan que roda como carro, bem que poderia chegar lá. Quem sabe na linha 2009?

FICHA TÉCNICA – Chrysler Town & Country



















MOTOR3,8 litros, OHV, V6 em 60o, refrigerado a água
POTÊNCIA193 cv a 6.000 rpm
TORQUE 42 kgm a 5.600 rpm
CÂMBIOAutomática de seis velocidades
TRAÇÃO Dianteira
DIREÇÃO Por pinhão e cremalheira; hidráulica
RODAS Dianteiras e traseiras em aro 17”, de liga-leve
PNEUS Dianteiros e traseiros 225/65R17
COMPRIMENTO 5,14 m
ALTURA 1,75 m
LARGURA 2,00 m sem espelhos e 2,24 m com espelhos
ENTREEIXOS 3,07 m
PORTA-MALAS 263 l
PESO em ordem de marcha - kg
TANQUE75 l
SUSPENSÃO Dianteira independente, tipo McPherson; traseira eixo-rígido
FREIOS Discos com ABS
CORESNão informadas



DERRAPAMOS: Ficha técnica publicada anteriormente estava errada. Publicação devidamente atualizada.


Gosta de carros de bom preço?

Então veja aqui no WebMotors a oferta dos modelos mais baratos do Brasil:

Fiat Mille

Ford Fiesta

VW Gol 1.0

Fiat Palio 1.0

Chevrolet Celta 1.0

Leia também:

Chrysler 300C V6, por R$ 139,9 mil, se torna um papa-Omega

Renault Sandero Privilège 1.6 16V

Volvo C30 mostra como menos é mais

Volkswagen Jetta mostra o prazer que há na solidez

Citroën Xsara Picasso Exclusive BVA

Comentários