O Canal de notícias da Webmotors

Últimas Notícia

Volkswagen Saveiro Pepper CD

Volkswagen Saveiro Pepper é apimentada só no preço

Configuração cabine dupla passa dos R$ 80 mil quando completinha; conjunto mecânico é experiente, mas não empolga

    • Desempenho
    • Desempenho
    • 15,6/2500 kgfm/rpm
    • Consumo Gasolina
    • Consumo Gasolina
    • Cidade: N/A
      Estrada: N/A
    • Consumo Álcool
    • Consumo Álcool
    • Cidade: N/A
      Estrada: N/A
    • Porta Malas
    • Porta Malas
    • 580 litros
    • Câmbio
    • Câmbio
    • N/A
8.8

Overview

Volkswagen Saveiro Pepper CD tem uma lista de equipamentos interessante, mas acaba cobrando caro. Conjunto mecânico é consolidado, mas não empolga.


  • + Posição ao volante
  • + Dirigibilidade
  • - Motor envelhecido
  • - Preços inicial e com todos os opcionais
 
  • 4.4 Estrela icone
  • 4.4 de 5 estrelas
  1. Home
  2. Testes
  3. Volkswagen Saveiro Pepper é apimentada só no preço
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

 

Em 1999, com 18 anos nas costas, a habilitação (CNH) na carteira e sem um ‘gato par puxar pelo rabo’ (traduzindo: sem um centavo no banco), um dos meus sonhos de consumo era acelerar pelas ruas meu ABC Paulista os quase 110 cv de potência do motor 2.0 da sedutora Saveiro TSI. Passados 20 anos, o mercado brasileiro já não tem mais uma picape pequena com tamanha capacidade de exalar esportividade. E hoje, a opção talvez mais ‘apimentada’ – e já quero me desculpar pelo trocadilho ridículo – é a somente ‘ok’ Volkswagen Saveiro Pepper.

OFERTAS

Antes de a gente sair acelerando, vale destacar alguns diferenciais destaque ‘senhora’ – a Saveiro estreou no Brasil em 1982. O primeiro deles é o fato de a Pepper ser vendida apenas com cabine estendida ou dupla. Nada de simples. No caso, a avaliada pelo WM1 é para transportar até 5 pessoas. E o preço parte de R$ 78.490, mas completinha, com teto preto, que custa R$ 1.550, e com a central Composition Touch, de R$ 1.760, nossa ‘pimentinha’ queima o bolso saindo por R$ 81.800!

Esteticamente, a grade dianteira é em preto brilhante e traz um friso vermelho na base remetendo ao Golf GTI. Isso mesmo: GTI. As rodas de liga leve de 15 polegadas são em preto diamantado, que particularmente me agradaram, além das pimentinhas e dos badges ‘Pepper’ espalhados pela carroceria.

 Volkswagen Saveiro Pepper CD
Legenda: Volkswagen Saveiro Pepper CD
Crédito: Divulgação

CATÁLOGO 0KM WEBMOTORS

Dentro, os diferenciais são as molduras das saídas de ar em vermelho, bancos revestidos em couro sintético com costuras vermelhas e o ‘Pepper’ ‘tatuado’ no encosto, volante revestido em couro e coifas do câmbio e do freio de mão também com costuras vermelhas. Detalhe para o revestimento do teto todo em preto, uma solução que carros esportivos utilizam.

Agora sim, vamos acelerar.

LEGAL, MAS FALTA PIMENTA!

A Saveiro Pepper utiliza conjunto extremamente – vamos ser polido com as palavras – experiente. Estou falando do famoso motor EA111, 1.6 Totalflex. Aquele de quatro cilindros, aspirado, com oito válvulas, injeção multiponto que entrega até 104 cv de potência máxima e torque de 15,6 kgf.m, quando abastecido com etanol. O legal deste motor é que essa força, que não é ruim para um motor aspirado desta litragem, aparece a baixos 2.500 giros.

 Volkswagen Saveiro Pepper CD
Legenda: Volkswagen Saveiro Pepper CD
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Só como forma de comparação, o motor 1.6 16V MSI, que está na Saveiro Cross oferece até 120 cv e 16,8 kgf.m de torque, que aparece somente a 4.000 rotações. O câmbio é manual de cinco marchas. Esse câmbio é uma delícia, pois tem engates curtos e precisos. Acho apenas que a 5ª marcha poderia ser um pouco mais alongada, privilegiando o conforto e a economia de combustível.

Volkswagen Saveiro Pepper CD
icon photo
Legenda: Volkswagen Saveiro Pepper CD
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

E aproveitando para falar em consumo, a Pepper não é referência. De acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem do INMETRO, que mede o consumo dos veículos que rodam no Brasil, essa Saveiro faz 7,6 km/l na cidade e 8,6 km/l na estrada, quando com etanol. Com gasolina, os números são 10,9 km/l no perímetro urbano e 12,1 no rodoviário.

No dia a dia, porém, a Saverinho Pepper CD entrega uma performance ‘ok’. Não empolga, mas não deixa na mão em uma ladeira e cumpre muito bem seu papel em viagens.

VEJA TAMBÉM

icon photo
Legenda: Volkswagen Saveiro Pepper CD
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

Chamo a atenção para o excelente acerto de suspensão da Saveiro. Aliás, essa é uma característica histórica dessa picapinha. É firme ao ponto de evitar inclinações da carroceria, mas absorve bem as imperfeições do asfalto. E o resultado é uma Saveiro muito na mão, com comportamento de um carro de passeio, como Gol ou Voyage. O ponto de atenção é apenas a ausência dos controles de tração e estabilidade. Itens de segurança que poderiam fazer parte da lista de equipamentos de série de um carro que custa mais de R$ 80 mil.

Outro ponto legal de se destacar é que os freios na Saveiro Pepper são a disco nas quatro rodas – ventilados na dianteira e sólidos na traseira – e contam com ABS (antitravamento das rodas) e EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem).

Rol 8415
icon photo
Legenda: Volkswagen Saveiro Pepper CD
Crédito: Ricardo Rollo/WM1
icon photo
Legenda: Volkswagen Saveiro Pepper CD
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

INTERIOR

A Saveiro Pepper tem um acabamento bem sóbrio. Não utiliza materiais requintados, mas todas as peças estão muito bem encaixadas. O revestimento acústico também é interessante, permitindo que o silêncio impere mesmo em velocidades mais elevadas. Os ruídos do vento e dos pneus no asfalto são mínimos.

A posição ao volante é boa. E por motivos simples: o banco tem ajuste de altura e a coluna de direção regulagens amplas de altura e profundidade. O volante multifuncional tem excelente empunhadura e o painel de instrumentos, com tela para as informações do computador de bordo entre velocímetro e conta-giros, tem fácil visualização.

icon photo
Legenda: Volkswagen Saveiro Pepper CD
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

A central multimídia, que é opcional – como dito no início do texto –, é a excelente Composition Touch com tela de 6,5 polegadas, colorida e sensível ao toque. E é compatível com Android Auto e Apple CarPlay. Trata-se de uma central muito intuitiva e rápida. Dá um banho em algumas centrais de carros de segmentos superiores.

ESPAÇO

Para um veículo que leva até cinco pessoas, o espaço interno não é dos melhores. Cinco pessoas de estatura mediana já se apertam, especialmente no banco traseiro. O acesso ao banco traseiro, porém, não é ruim – lembrando que apesar de cabine dupla, a Pepper tem apenas duas portas, e não três como a arquirrival, Fiat Strada.

Mas, por favor, não compre de maneira nenhuma uma Saveiro cabine dupla para ser o carro da família. Pelo valor inicial da Pepper existem outros modelos mais ‘próprios’ para levar a criançada para cima e para baixo. Sim, estou falando dos utilitários esportivos compactos. Na Saveiro CD, ir no banco de trás não pode ser todos os dias, mas um dia ou outro. Algo realmente esporádico.

Rol 8457
icon photo
Legenda: Volkswagen Saveiro Pepper CD
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

A caçamba, por conta de a versão privilegiar o transporte de pessoas também, tem a capacidade reduzida para 580 litros. A parte legal é que, além da capota marítima, a tampa utiliza um excelente sistema de amortecimento que a torna leve e de fácil manuseio. Não precisa assumir o modo ‘Shrek’ para abrir e fechar a caçamba. A altura também ajuda para cargas mais pesadas.

A Saveiro Pepper é equipada com airbag duplo frontal, sensor de estacionamento e câmera de ré, que é opcional. Todos os passageiros têm cinto de segurança de três pontos e encosto de cabeça. O pecado fica pela ausência de ISOFIX para fixação da cadeirinha infantil.

Volkswagen Saveiro Pepper CD
icon photo
Legenda: Volkswagen Saveiro Pepper CD
Crédito: Ricardo Rollo/WM1

CUSTOS

Em termos de custos, as seis primeiras revisões da Saveiro Pepper – que acontecem a cada 12 meses ou 10.000 km – ficam em 3.177,96. Já o preço médio do seguro ficou em R$ 4.130, sendo que a menor apólice ficou em R$ 2.386 e a maior em R$ 6.165 – variação muito elevada.

CONCLUSÃO

Das picapes pequenas, a Saveiro é a que mais me agrada, principalmente por ter uma construção mais sólida que as rivais. Especificamente nesta versão Pepper cabine dupla, o conteúdo é bom em termos de equipamentos de série e opcionais, o conjunto mecânico é ‘ok’ e o espaço interno atende às necessidades do dia a dia de trabalho (não serve para ser o carro da família). No entanto, pagar mais de R$ 80 mil em uma Saveiro, para mim, é muito. Aqui, a Volks errou a mão.

Talvez o caminho, na minha modesta opinião, seja mesmo entrar no aplicativo da Webmotors e achar um Saveiro TSI de 20 anos atrás...

Ancora: Conclusão Score

VÍDEO RELACIONADO

  • No Bolso8.6
  • Tecnologia9.3
  • Vida a bordo8.9
  • Desempenho8.9
  • Opinião do repórter8.8
  • + Posição ao volante
  • + Dirigibilidade
  • - Motor envelhecido
  • - Preços inicial e com todos os opcionais
 
8.8

  • Marcelo Monegato
  • Jogador de futebol frustrado, resolveu ser jornalista para escrever sobre tudo que tivesse motor, fizesse (muito ou pouco) barulho e fosse possível de pilotar. Aficionado por superesportivos e clássicos, pensa agora acelerar também sobre duas rodas.
Compartilhar
0
Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors