Volvo XC40 Hybrid Plug-in

Versão híbrida do Volvo XC40 se sobressai na gama

Dentro da linha do SUV, a configuração estreante tem desempenho melhor, bebe menos combustível e é mais equipada


  1. Home
  2. Comparativos
  3. Versão híbrida do Volvo XC40 se sobressai na gama
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Volvo apresentou oficialmente a versão Hybrid plug-in do XC40. Em pré-venda desde fevereiro, o modelo eletrificado finalmente chega ao mercado como o topo de linha do utilitário esportivo e tem preço sugerido de R$ 245.950.

Será que essa versão compensa o preço a mais em relação às demais versões do Volvo XC40? O conjunto híbrido é o suficiente para convencer o cliente a pagar R$ 35 mil a mais em relação ao intermediário? Nós do WM1 vamos ajudar a responder essa dúvida em nosso comparativo virtual.

Desempenho

 Versão híbrida ganha em desempenho
Legenda: Versão híbrida ganha em desempenho
Crédito: Divulgação

Em termos de desempenho, o Volvo XC40 T5 R-Design plug-in leva vantagem sobre a variante T4 Momentum, de entrada, e também diante da T4 Inscritption, posicionada como intermediária. A novidade usa o motor 1.5 turbo de 180 cv associado a um propulsor elétrico de 82 cv para chegar aos 262 cv e 43,3 kgf.m. Faz de 0 a 100 km/h em 7,3 segundos, segundo a marca sueca.

As demais versões usam um motor 2.0 turbo com 190 cv e 30 kgf.m de torque. Neste caso, o 0 a 100 km/h é feito em 7,5 segundos. A diferença é pequena, apesar da potência discrepante graças ao câmbio de oito marchas nessas configurações a combustão, contra um automatizado de sete velocidades no híbrido.

Consumo

 SUV premium, Volvo XC40 Hybrid faz médias de consumo de mais de 20 km/l, segundo o Inmetro
Legenda: SUV premium, Volvo XC40 Hybrid faz médias de consumo de mais de 20 km/l, segundo o Inmetro
Crédito: Divulgação

No entanto, a grande vantagem do T5 R-Design plug-in está no consumo de combustível. Segundo os números do Inmetro, o XC40 eletrificado faz até 24,5 km/l no ciclo urbano e 22,3 km/l, no uso rodoviário. Vale lembrar que ele também pode rodar até 43 km no modo 100% elétrico. Sendo assim, dependo da distância da sua casa para o trabalho, dá para fazer todo o trajeto sem gastar uma gota de gasolina.

No caso das versões com motor apenas a combustão, o Inmetro informa que o SUV faz 9,5 km/l na cidade e 11,9 km/l, na estrada. Portanto, quase metade da média anotada pela versão híbrida. Uma diferença considerável na hora de abastecer, uma vez que ambos bebem apenas gasolina.

Equipamentos

 Som premium e mais recursos de segurança são os grandes destaques do Volvo XC40
Legenda: Som premium e mais recursos de segurança são os grandes destaques do Volvo XC40
Crédito: Divulgação

Aqui talvez a vantagem do T5 R-Desing não seja tão evidente. A diferença fica para itens como sistema de som Harman Kardon, paddle-shift, alerta de tráfego traseiro, aviso de colisão traseira e rodas com aros de 20 polegadas.

As rodas até estão disponíveis para os demais modelos, mas custam R$ 17.500 extras. Praticamente a metade da diferença dos preços.  No entanto, os demais itens ainda são exclusivos da nova configuração topo de linha.

Ainda assim, a versão Inscription é equipada com teto solar panorâmico, porta-malas com acionamento elétrico, controle de cruzeiro adaptativo, sistema semi-autônomo Pilot Assist e faróis de LEDs com luzes direcionais.

Comentários