Os 7 Mustang mais raros da história

Veja versões diferentes e até exclusivas do muscle car da Ford ao longo de mais de cinco décadas de vida

  1. Home
  2. Cultura WM1
  3. Os 7 Mustang mais raros da história
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Aos 56 anos, o Ford Mustang continua sendo um carro icônico e, de certa forma, exclusivo. É impossível não esboçar qualquer reação ao ver um na rua - ainda mais no Brasil. E ao longo dessas mais de cinco décadas, o famoso muscle car também teve momentos ainda mais exclusivos.

São versões bastante incomuns de diferentes gerações do esportivo da Ford. Tem exemplar com motor central, carro que nem os funcionários da Ford reconheceram e até parceria com a McLaren. Confira os 7 Mustang mais raros da história (com Autología/México).

Mustang Station Wagon - 1966

Ford Mustang Stationwagon escuro de frente em foto preto e branco
icon photo
Legenda: Station Wagon: protótipo não saiu do papel e se tornou um dos Mustang mais raros de todos os tempos
Crédito: Divulgação

Esta "versão familiar" foi um projeto da Ford na tentativa de entrar com seu esportivo no mercado europeu. Na verdade, a station do Mustang estava mais para uma Shooting Brake, porém, jamais se tornou realidade.

Ford Mustang Stationwagon Prototipo 02
icon photo
Legenda: Versão shooting break inspirou customizadores a criarem réplicas do carro que  nunca existiu
Crédito: Divulgação

Alguns protótipos foram criados - como o da foto -, mas a perua jamais ganhou vida devido a sua proposta, que ia contra a essência do próprio esportivo.

Curioso é que algumas empresas independentes e customizadores fizeram peruas inspiradas nos protótipos e esses modelos podem ser vistos em eventos de carros clássicos nos EUA.

Mustang Mach 2 - 1967

O Camaro sempre foi considerado o arquirrival do Mustang, mas em várias fases a Ford seguiu os passos de outro esportivo da Chevrolet: o Corvette. Só isso para explicar o Mach 2, um dos projetos mais secretos da marca nos anos 1960.

icon photo
Legenda: Calma, não é um Corvette. Trata-se do Mustang Mach 2 criado em 1967, mas cujo projeto foi encerrado
Crédito: Divulgação

O modelo tinha motor central, carroceria de fibra de carbono e um visual muito mais de cupê arrojado do que de muscle car. Contudo, foi outro exemplar do Mustang que foi engavetado, após alguns protótipos e pré-séries serem feitos.

Curioso é que era tão sigiloso que muita gente na Ford sequer sabia da existência do modelo. Recentemente, funcionários da marca encontraram fotografias Mach 2 e não conseguiram reconhecer o modelo - e, acredite, tiveram de pedir ajuda ao público para identificar o protótipo.

Mustang Milano - 1970

icon photo
Legenda: Milano Concept trazia uma aparência mais robusta e "bandida" à linha Mustang
Crédito: Divulgação

Apresentado como carro-conceito no Salão de Chicago de 1970, o Milano dava a senha de que a Ford queria deixar o Mustang mais aerodinâmico. O carro tinha capô longo e era mais parrudo, especialmente na frente, que era bastante larga. Além disso, tinha uma porta traseira inteiriça.

icon photo
Legenda: Um dos Mustang mais raros da história, o Milano Concept tinha porta traseira inteiriça
Crédito: Divulgação

O Milano ficou só no conceito e não inspirou a geração seguinte do Mustang. Porém, pode-se dizer que é um dos modelos mais famosos desta lista. Serviu de base para o Falcon XB australiano, uma das estrelas do primeiro filme da série "Mad Max", protagonizado por Mel Gibson nos anos 1980.

Mustang RSX Ghia - 1979

Esse Mustang foi encomendado especialmente ao estúdio italiano preferido da Ford: Carrozzeria Ghia. A ideia do fabricante estadunidense era desenvolver um carro para disputar provas de rali.

icon photo
Legenda: Imaginou um Mustang para disputar o WRC, mundial de rali? Ele poderia ser assim
Crédito: Divulgação

A sigla RSX vem daí: Rally Sport eXperimental. Tão experimental que em nada lembrava um Mustang. Tinha portas futuristas feitas de acrílico e desenho mais retilíneo - além da tampa traseira inteiriça com lanternas que percorriam toda a parte de trás e se estendiam nas laterais.

icon photo
Legenda: Modelo foi encomendado ao estúdio italiano Ghia e foi outro que só durou como carro-conceito
Crédito: Divulgação

Sob o capô, usava motor de 2.3 de quatro cilindros combinado com um câmbio manual de quatro marchas. Ficou só na experiência também: o RSX Ghia só existiu como carro-conceito.

McLaren Mustang - 1981

Esse, sem dúvida, pode ser considerado o Mustang mais raro da história. Isso porque apenas 10 modelos saíram da fábrica fruto desta parceria com a McLaren.

icon photo
Legenda: O Mustang McLaren foi fabricado.... mas em pouquíssimas unidades
Crédito: Divulgação

O Mustang McLaren nasceu fruto de uma meta da Ford de tornar seu novo novo motor turbo de quatro cilindros mais adequado ao esportivo. A ideia era usar a expertise do fabricante britânico nas pistas para criar um modelo especial para as ruas.

icon photo
Legenda: Com motor de 190 cv, esse McLaren Mustang é preciosidade hoje em dia
Crédito: Reprodução

No modelo, o motor gerava 190 cv e 24 kgf.m de torque. Fazia o 0 a 100 km/h em menos de 10 segundos, algo louvável para a época. Contudo, as baixas vendas encerraram a meta de fazer 249 unidades.

Mustang Mach 3 - 1992

Outro que parece ter bebido na fonte do Corvette - pelo menos no estilo. O Mach 3 foi um conceito de Mustang dos anos 1990 que trazia características até então inéditas ao esportivo.

icon photo
Legenda: Mustang Mach3 foi um roadster conceitual dos anos 1990 que abusava das linhas aredondadas
Crédito: Divulgação

Com para-brisa baixo e apenas dois lugares, trazia carroceria com elementos bastante arredondados, faróis ovalados que pareciam "vesgos" e lanternas em filetes horizontais. O motor era um V8 4.6 turbo de 450 cv, que prometia fazer o roadster chegar a 300 km/h.

icon photo
Legenda: Apesar das linhas ousadas e de não ter sido produzido, conceito inspirou a geração seguinte do Mustang
Crédito: Divulgação

O Mach 3 também ficou só na promessa. Porém, muito do estilo da quarta geração do Mustang, lançada em 1994, foi inspirado neste conceito.

Mustang Mach-E - 2019

O mais novo da lista acabou de chegar, pode ser que não seja raro, mas sem dúvida é o mais improvável e radical da história do Mustang. Trata-se de uma versão SUV do esportivo, que, pela primeira vez, usará motor elétrico.

icon photo
Legenda: Pois é, o Mustang virou SUV elétrico em 2019. Modelo já está em pré-venda na Europa
Crédito: Divulgação

Apresentado em 2019 pela primeira vez na Europa, o Mach-E oferece modos de condução que calibram suspensão, direção, controle eletrônico de estabilidade e a tração nas quatro rodas. O SUV elétrico promete autonomia de até 600 km e já está em pré-reserva no continente.

icon photo
Legenda: Mach-E promete até 600 km de autonomia e modos de condução que ajustam suspensão e direção
Crédito: Divulgação
Comentários