Sete dúvidas sobre como funciona leilão de carros

Veja as principais dicas e os maiores cuidados que você deve ter na hora de arremeter um veículo no pregão

  1. Home
  2. Bolso
  3. Sete dúvidas sobre como funciona leilão de carros
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Muito comum quando estamos interessados em trocar ou comprar pela primeira vez um veículo, carros leiloados sempre aparecem como uma opção. Mas o que você sabe sobre essa opção? Pensando nisso, o WM1 trouxe as respostas para sete dúvidas sobre como funciona leilão de carros. Confira!

Como funciona o leilão de carros?

O leilão de carros não é muito diferente de outros tipos de leilões. Antes de tudo, é importante que o interessado leia o edital daquele que irá participar. Nele, você encontrará respostas para dúvidas simples, como a forma de pagamento, as regras do evento ou o processo completo para participar.

Após esse primeiro passo, ainda de maneira on line, você irá acompanhar quais são os lotes oferecidos pelo organizador. Observe cada anúncio e encontre o lote de seu interesse. Agora sim, hora de entrar na disputa e oferecer o seu primeiro lance - que seja superior ao lance mínimo.

Martelo do leiloeiro ao lado de uma chave de caro
icon photo
Legenda: WM1 mostra como funciona leilão de carros
Crédito: iStock

Caso mais pessoas se interessem por aquele mesmo lote e entrem em disputa, irá vencer quem oferecer o maior valor. Caso você tenha arrematado o veículo, é importante saber que não é possível desistir da compra.

Se o pagamento não for efetuado e a compra não se concretizar, o lote volta para um novo leilão e o seu cadastro no site da empresa que está organizando o evento costuma ser bloqueado para evitar a participação em outros leilões.

Como participar de um leilão de carros?

Isso vai depender de qual tipo se trata. Uma maneira simples, pela internet, é se cadastrar em algum site que organiza pregões de automóveis com certa frequência. Assim que houver lotes disponíveis, você irá receber avisos para acompanhar.

Outra forma é por meio da sua instituição financeira. Muitas delas costumam reter modelos apreendidos por falta de pagamento dos financiamentos, e esses carros vão para leilão. Para participar, você pode avisar a sua instituição e ela vai repassar informações sobre os leilões.

Por que carros vão a leilão?

Os carros podem ir a leilão por diversos motivos. A principal é por inadimplência. Pessoas que financiam o veículo e deixam de pagar as prestações acabam perdendo o carro. As instituições financeiras, ainda donas do automóvel, o manda para o pregão.

Há outras razões. Se uma concessionária sofre um alagamento após uma enchente e a água danifica diversos modelos, aqueles que não deram “perda total” podem ser comercializados em leilões promovidos pela própria montadora.

Imagem aérea mostra pátio repleto de carros de diversas marcas e modelos
icon photo
Legenda: Carros abandonados em pátios após serem rebocados também costumam ir a leilão
Crédito: iStock

Outro motivo comum do leilão de veículos é que diversos modelos são abandonados em pátios públicos depois de serem rebocados. Obviamente, é cobrado um aluguel do motorista a cada dia que o veículo passa no local e, por conta desse ou outros motivos, muitos preferem abandonar o carro no pátio.

Comprar carro de leilão é confiável?

O leilão de automóveis é uma prática comum e confiável, realizada por diversas grandes empresas. Para evitar cair em quaisquer tipos de golpes, é necessário se atentar ao local em que você escolhe participar.

Assim como abastecer em determinado posto de gasolina é prejudicial para o seu carro, escolher participar de leilões organizados por empresas pouco conhecidas no ramo pode ser um risco. Atente-se principalmente a esse ponto.

Quais são as vantagens do leilão de carro?

O grande benefício para quem pretende comprar um carro em leilão é o preço, sem dúvida. O valor costuma ser de 30% a 50% do que é oferecido por modelos novos, seminovos e usados na Tabela Fipe.

Mais uma vantagem de quem opta por um veículo de leilão é que o artigo 328 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê que o valor gasto na compra do carro já inclui o pagamento de multas pendentes ou tributos, como o IPVA. Além do valor do carro, o gasto no momento será apenas com a documentação.

Quais são as desvantagens do leilão de carro?

Não são só vantagens que os motoristas irão encontrar ao optar por comprar carros de leilão. Uma das desvantagens é estar sempre atento com a situação do veículo interessado. Por isso, antes de bater o martelo do seu lance, tenha certeza de que a opção escolhida apresenta boas condições.

icon photo
Legenda: É fundamental pesquisar bastante sobre o veículo antes de fazer qualquer lance
Crédito: iStock

Se o preço mais baixo é uma vantagem, uma das principais desvantagens desse tipo de negócio é a necessidade do pagamento à vista. A maioria das organizadoras de leilões exigem que, após a aquisição do modelo, o valor seja pago.

Além disso, a grande parte dos leilões não permite que você ligue ou ande com o carro. Você só pode olhar o automóvel por fora. Então, é preciso ficar atento ao estado geral do veículo.

Como saber que o carro de leilão é confiável?

O mais indicado, sempre, é contar com a consultoria de um especialista. Seja o mecânico de confiança do seu bairro ou profissionais que trabalham no segmento automotivo. Assim, as chances de optar por um modelo que seja furada diminui.

Outra maneira de saber que o carro escolhido no leilão é confiável é observar todo o histórico do modelo até chegar ali. Carros com problemas graves ou que estejam extremamente danificados devem ser desconsiderados.

Bônus: desvendando alguns mitos sobre carros de leilão

Quando o assunto são carros de leilões, começam a surgir várias histórias. Agora, vamos desvendar dois mitos comuns: se é possível fazer o seguro automotivo de carros leiloados e se realmente todo carro de leilão tem algum defeito.

Mito ou verdade: posso fazer o seguro para carro adquirido em leilão?

É provável você já ter escutado que não é possível fazer o seguro em veículos leiloados. Porém, essa afirmação está longe de ser uma verdade absoluta.

O fato é que as seguradoras costumam não fazer o seguro do carro quando ele já tem algum sinistro em seu histórico. E, muitos veículos oferecidos em leilões têm alguma sinistralidade.

Só que existe o leilão de carros novos, sem nenhuma ocorrência e que podem ser assegurados normalmente.

Ou seja, a restrição ocorre com carros que tenham alguma sinistralidade e não exclusivamente veículos de leilão. Por isso, é sempre importante verificar todo o histórico do modelo.

Mito ou verdade: todo carro em leilão tem algum defeito?

Outra história muito comum é afirmar que todo veículo em leilão vem com algum tipo de defeito para estar ali. O que, dessa vez, não tem nada de verdade. Existem, sim,modelos danificados, como os carros em pátios que sofreram enchente. Porém, também há veículos novos em leilões.

icon photo
Legenda: Uma das desvantagens é não poder ligar o carro. Por isso, é preciso fazer uma bela inspeção visual
Crédito: iStock

Muitas concessionárias costumam colocar seus veículos de test-drive em leilões após um certo tempo, mesmo sem eles terem algum tipo de problema. Outro caso são os carros com financiamento em débito recuperados por instituições financeiras e leiloados.

Conheça a Loop e encontre a melhor opção de carro!

Agora que você já sabe como funciona leilão de carros, escolha a melhor plataforma para encontrar o seu modelo. Com a nova parceira da Webmotors, a Loop, todo o trâmite é feito de maneira segura e rápida. Encontre a unidade mais próxima e faça o seu lance!

 

Comentários