Corolla faz venda de eletrificados bater recordes

Versão híbrida do sedã médio mais vendido do Brasil entra na contagem de carros eletrificados, que cresceram 425%

  1. Home
  2. Elétricos
  3. Corolla faz venda de eletrificados bater recordes
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

As vendas de carros eletrificados (elétricos, híbridos e híbridos plug-in) mais que quadruplicaram neste primeiro trimestre na comparação com o mesmo período de 2019, segundo dados da Anfavea. O crescimento exato dessa categoria, neste período, foi 425%.

O grande responsável pelo avanço meteórico do segmento foi a versão híbrida do Corolla. A configuração do sedã médio corresponde à quase metade do total de vendas: das 5,2 mil unidades negociadas, 2,5 mil foram do modelo da Toyota.

Com isso, a participação da frota eletrificada nos licenciamentos de 2020 chegou a 1% - mais do que o dobro de 2019, quando neste mesmo período o número era de 0,4%.

Corolla híbrido

Grande "player" e responsável por considerável avanço do segmento de carros eletrificados, o Corolla Hybrid - que o WM1 já testou - também já representa cerca de 40% da produção do modelo na fábrica da Indaiatuba (SP).

Toyota Corolla Hybrid Flex
icon photo
Legenda: Na linha do sedã médio mais vendido do Brasil, Corolla Hybrid já representa 40% da produção
Crédito: Divulgação

 

Para se ter ideia, no último trimestre do ano passado (com os primeiros meses "cheios" de venda da nova geração do Corolla) foram vendidas mais de 3,6 mil unidades da versão Altis Hybrid. Número que quase atinge o total de carros elétricos e híbridos vendidos no país em 2018, de 3,9 mil.

Desse modo, já podemos prever que 2020 será ano recorde de vendas para este segmento. Ainda que a crise pandêmica causada pelo novo coronavírus possa atrapalhar essa projeção.

Veja nossa avaliação com o Corolla Hybrid

Comentários