Direção hidráulica x elétrica. Qual a melhor?

Entenda a diferença entre elas e conheça as vantagens de cada uma

  1. Home
  2. Graxa
  3. Direção hidráulica x elétrica. Qual a melhor?
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Foi-se a época em que ter um carro com algum tipo de assistência para a direção era um luxo. Se até o início da década de 1990 manobrar um carro era sinônimo de esforço físico, a difusão da direção hidráulica nos carros fabricados no Brasil veio para mudar esse jogo e atualmente ninguém mais cogita adquirir um carro sem esse equipamento. A partir dos anos 2000, uma nova tecnologia, no caso a assistência elétrica, começou a se difundir por aqui e ganhou cada vez mais espaço. Você sabe qual é a diferença entre elas? Quais são as vantagens de cada uma? Então confira nosso especial!

 how-power-steering-works-6774_3.jpg
Legenda: how-power-steering-works-6774_3.jpg
Crédito: how-power-steering-works-6774_3.jpg

O que é uma direção hidráulica?

O primeiro automóvel a contar com esse tipo de sistema foi o Chrysler Imperial, em 1951, com um mecanismo batizado de “Hydraguide”. Uma direção hidráulica, basicamente, conta com uma bomba hidráulica (daí o seu nome) que utiliza o próprio motor do carro para funcionar e movimentar um fluido específico. O “coração” do sistema reside em um cilindro com um pistão dentro dele. Esse conjunto vai conectado à cremalheira (configuração geralmente mais utilizada nos carros) e a atuação é bem simples: por meio de duas linhas que conduzem o líquido, o pistão é forçado a se movimentar para o lado que receber a maior pressão, dessa forma a assistência hidráulica é executada e torna as manobras bem mais fáceis.

icon photo
Legenda: Direção Hidráulica
Crédito: Direção Hidráulica

E uma direção com assistência elétrica, como funciona?

No caso de uma direção com assistência elétrica, o funcionamento é bem mais simples e menos complexo de entender. Ao invés de todo conjunto hidráulico, o sistema nesse caso conta com um módulo computadorizado que analisa não só o movimento como até mesmo a força exercida no volante. Esse módulo trabalha em conjunto com um motor elétrico, geralmente posicionado na coluna de direção, que ajuda a aliviar o “peso” sentido ao volante. O sistema estreou em 1988 no Suzuki Cervo.

icon photo
Legenda: Direção elétrica assistida
Crédito: Direção elétrica assistida

Existe, sim, uma direção “híbrida”

Alguns carros podem contar com assistência do tipo eletro-hidráulica. A diferença é simples e trata-se de um sistema amplamente baseado na assistência hidráulica, com a diferença de que nesse caso cabe a um motor elétrico gerar a pressão suficiente para o conjunto funcionar, deixando de exercer uma carga extra sobre o motor do carro.

icon photo
Legenda: Especial: direção hidráulica x direção elétrica
Crédito: Especial: direção hidráulica x direção elétrica

Quais as vantagens de cada uma? 

Nesse ponto a direção elétrica entrega bem mais vantagens. Em primeiro lugar, por não depender do motor do carro, ela ajuda a tornar o veículo mais econômico. O fato do sistema operar de forma independente representa uma redução no consumo do automóvel da ordem de 5%, em média, um número bem relevante. Por se tratar de um sistema mais avançado, a assistência elétrica permite recursos interessantes, como variar a intensidade da assistência de acordo com parâmetros da fabricante. Em alguns carros da Fiat, por exemplo, é comum encontrarmos a função “city”, que alivia ainda mais a força que você precisa aplicar no volante, ajudando sobretudo nas manobras em vagas pequenas. Já a direção hidráulica, por sua vez, traz como vantagem o preço mais acessível.

 Função City
Legenda: Função City
Crédito: Função City

E as desvantagens?

Podemos dizer que, por ser um sistema repleto de mangueiras, bomba, etc., a direção hidráulica pode tornar-se mais sujeita a problemas como vazamentos, chiados, dentre outros, que podem acarretar, em casos extremos, na perda da assistência. A direção elétrica está sujeita a menos falhas, porém na eventualidade de quebra de algum componente o reparo poderá sair mais caro devido à maior sofisticação do conjunto.

Entre a hidráulica, elétrica e a eletro-hidráulica, qual escolher?

Atualmente as montadoras buscam cada vez mais reduzir o consumo dos carros e a direção elétrica desponta como uma grande aliada. Apesar do custo, o retorno observado na maior economia de combustível que proporciona ao carro é algo bem mais vantajoso. Além disso, para o motorista, os diferentes níveis de assistência que a direção elétrica pode oferecer a tornam bem mais interessante frente à assistência hidráulica e à eletro-hidráulica. Não é por acaso que a direção elétrica torna-se cada vez mais popular mesmo entre os carros de entrada e deve firmar-se como a opção preferida pelas fabricantes nos próximos anos.

Foco na direção e alívio na hora de estacionar!

Agora que você já conhece em detalhes o funcionamento e as vantagens e desvantagens da direção hidráulica ou elétrica, você terá mais referências para escolher seu próximo carro e dirigir com mais conforto e segurança. Então, capriche na compra!

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors