Nissan revela novo Kicks, agora com versão híbrida

SUV compacto foi renovado na Tailândia e deve chegar ao Brasil no ano que vem. Versão híbrida faz até 23,4 km/l

  1. Home
  2. Lançamentos
  3. Nissan revela novo Kicks, agora com versão híbrida
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Eis o novo Kicks! A Nissan da Tailândia acaba de revelar oficialmente a primeira profunda atualização do SUV compacto - que não é uma nova geração - para o mercado daquele país. Mudança que vai servir de base para a remodelação que a filial brasileira prepara para o modelo, prevista para 2021.

As maiores novidades são visuais, concentradas na dianteira, e um novo conjunto mecânico híbrido, chamado "e-Power", que une motor 1.2 de três cilindros e 79 cv a outro elétrico, de 129 cv e 26,7 kgf.m de torque. A potência combinada não foi divulgada, mas a imprensa tailandesa garante que o carro será capaz de fazer 23,4 km/litro de gasolina nas melhores condições de rodagem.

O que muda no visual?

A Nissan revela novo Kicks e a frente carrega as principais mudanças. O modelo agora adota a nova linha de design da empresa, com nova grade; faróis redesenhados, mais afilados, com lâmpadas de LED no sistema de iluminação diurna na base; e um novo formato do para-choques. As luzes de neblina agora são redondas.

Na lateral e traseira o carro muda pouco, apenas com novos conjuntos de rodas (entre eles as de 17 polegadas utilizada pelo elétrico Leaf) e ajustes pontuais na parte de trás, como um leve redesenho no para-choques, agora pintado na cor da carroceria, e lâmpadas de LED no interior das lanternas.

Novo Nissan Kicks
icon photo
Legenda: Nissan revela novo Kicks: SUV ganha atual identidade visual da marca japonesa e conjunto híbrido
Crédito: Divulgação

Por dentro as alterações são mínimas, mas há uma nova central multimídia - posicionada no mesmo lugar que a do modelo atual - chamada "Nissan Connect", que pode receber mais aplicativos que a atual, embora a tela seja a mesma. O painel de instrumentos também se manteve igual, só que nas versões híbridas ele tem mostradores adicionais por conta do conjunto mecânico diferente.

Importante destacar que o Kicks também recebe sistemas de seguranças ativos, como alerta de colisão frontal com frenagem automática de emergência; alerta de tráfego cruzado; monitor de ponto cego e controle de cruzeiro adaptativo (ACC). Ele também vai continuar com as quatro câmeras do sistema de visão 360° e seis airbags de série (frontais, laterais e de cortina).

 Novo Kicks mudou pouco no interior, mas há uma central multimídia inédita
Legenda: Novo Kicks mudou pouco no interior, mas há uma central multimídia inédita
Crédito: Divulgação

Como é o Kicks híbrido

Lá na Tailândia o Kicks deixa de ser oferecido com motores à combustão, neste primeiro momento, e passa a oferecer somente a versão "e-Power". O sistema híbrido, como dissemos, traz um motor 1.2 de três cilindros e 79 cv a outro elétrico, de 129 cv e 26,7 kgf.m de torque. A potência combinada não foi divulgada, mas o carro será capaz de fazer 23,4 km/litro de gasolina.

É o terceiro modelo da Nissan em todo o mundo a receber o sistema. No Brasil, ele não deve chegar junto com a reestilização do SUV no ano que vem - a previsão é de que o Kicks híbrido nacional comece a sair da fábrica de Resende (RJ), onde o carro é feito desde 2016, somente em 2022.

Portanto o modelo brasileiro deverá seguir com o motor 1.6 flex aspirado que equipa o Kicks atual, de 114 cv e 15,5 kgf.m com qualquer um dos dois combustíveis, ao menos em um primeiro momento.

Novo Kicks de traseira
icon photo
Legenda: SUV ficou mais imponente de dianteira, mas traseira mudou pouco. Na Tailândia, Kicks terá só versões híbridas
Crédito: Divulgação

Motor turbo?

A não ser... Que a marca decida aproveitar a aliança mundial que tem com a Renault e decida equipar o novo Kicks com o motor 1.3 turbo de 156 cv desenvolvido entre a marca francesa e a Mercedes - já que este mesmo propulsor foi adotado pela versão indiana do Kicks, que é feito sobre a plataforma do Duster... Outro modelo que pode receber o novo motor no Brasil no ano que vem.

E quanto custa? Ainda não há qualquer informação sobre os preços do novo Kicks no Brasil, mas acreditamos que os valores não devam subir muito se comparados aos atuais (entre R$ 68.640 e R$ 104.990). Na Tailândia, o novo Kicks terá quatro versões, sempre com o conjunto "e-Power", com preços de 889.000 bahts (o equivalente a R$ 162 mil na cotação atual) a 1.049.000 bahts (R$ 191 mil).

Comentários