Moto paga pedágio? Veja como funciona a legislação

Existem muitas dúvidas a respeito de como funcionam os pagamentos de tarifas para quem roda de motocicleta. Saiba tudo

  1. Home
  2. Motos
  3. Moto paga pedágio? Veja como funciona a legislação
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Muita gente pergunta se vale a pena ingressar no mercado de motocicletas, sobre quais seriam bons modelos para quem acaba de tirar CNH, como aprender a pilotar e onde treinar os macetes urbanos. Isso cresceu ainda mais durante a quarentena do coronavírus - a Itália, por exemplo, passou até a incentivar o uso de veículos de duas rodas. Mas uma dúvida nunca desaparece: moto paga pedágio?

Aos poucos falamos aqui no WM1 sobre cada etapa desse processo. Reveja, por exemplo, quais são as melhores motos para iniciantes, as 10 motos mais baratas do Brasil, as sete mais econômicas e ainda - por que não - as cinco melhores motocicletas usadas do tipo custom. Mas vamos voltar à pergunta do título: afinal, como funciona o esquema de pedágios e cobranças em rodovias para motocicletas?

Moto Paga Pedágio Sim
icon photo
Legenda: Quando não é preciso pagar, o pedágio normalmente orienta o motociclista por um caminho exclusivo
Crédito: Reprodução

Moto paga pedágio?

Bom, são três alternativas possíveis: não pagar; pagar metade ou ainda o mesmo valor de automóveis de passeio. Atualmente, motociclistas precisam quitar taxas de pedágio em mais de 60 estradas privatizadas do Brasil - os valores variam de R$ 1,20 a R$ 12, mas esses números mudam frequentemente.

Quando há cobrança no pedágio, os pagamentos podem ser manuais, em guichês convencionais, ou semi-automáticos, que acontecem por meio de uma pulseira de crédito, que funciona como os celulares ou até mesmo as tags de automóveis que têm essa função: você coloca carga na pulseira e só precisa passá-la por um sensor para que a cancela se abra.

Normalmente, as praças de pedágio que fazem cobrança para motos têm guichês específicos e previamente indicados. Portanto, a resposta à pergunta do título - moto paga pedágio? - é simples: sim, a não ser que exista usa indicação de passagem livre para os veículos de duas rodas.

Alguns projetos de lei criados para proibir a cobrança de pedágio para motocicletas chegaram a ir para a Câmera dos Deputados, mas até hoje nenhum deles avançou.

Moto Paga Pedágio
icon photo
Legenda: Moto, quando paga pedágio, tem guichê exclusivo: valor pode ser metade que o de carros de passeio
Crédito: Reprodução

Não tenho grana!

Pode acontecer de você esbarrar em um pedágio e não ter dinheiro "vivo" para pagar a taxa - e isso, diga-se, é passível até mesmo de acontecer com motoristas de automóveis.

A legislação entende a situação da seguinte maneira: se o condutor não tiver dinheiro para a quitação, o pagamento pode ser feito por cheque - algumas concessionárias já aceitam pagamento por cartão de débito. Se novamente não existir essa possibilidade, a concessionária do pedágio será obrigada a emitir um boleto para o pagamento nos próximos dias úteis.

Jamais, em alguma hipótese, tente atravessar o pedágio colado a outro veículo. As câmeras da praça de pedágio podem filmar e registrar a infração, que é grave, com multa de R$ 127 e cinco pontos na CNH. Portanto se você estiver sem grana, não tem problema: é melhor parar, pegar o boleto e pagar depois do que ser multado.

Comentários