Veja as motos mais vendidas no primeiro semestre

Os números são interessantes para quem quer comprar ou vender e precisa saber quais os modelos mais procurados

  1. Home
  2. Motos
  3. Veja as motos mais vendidas no primeiro semestre
Roberto Dutra
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Todo mês publicamos aqui os números do fechamento de vendas do mercado brasileiro de motocicletas, com a participação das marcas e os modelos mais vendidos em cada segmento. Com o encerramento do primeiro semestre, mostramos hoje o ranking das vinte motos mais vendidas no período.

1. Honda Cg 160 Titan - motos mais vendidas
A Honda CG continua imbatível como moto mais vendida. Este ano já foram quase 140 mil unidades
Crédito: Divulgação

São números interessantes para quem quer comprar ou vender, e também para aqueles interessados em saber quais são os modelos mais valorizados e procurados no mercado. Confira abaixo:

As motos mais vendidas

1º) Honda CG 160 - 139.685

2º) Honda Biz - 68.785

3º) Honda NXR 160 Bros - 59.259

4º) Honda Pop 110i - 45.302

5º) Honda CB 250 F Twister - 17.286

2. Yamaha Fazer 250 - motos mais vendidas
Inusitado: nas fileiras da Yamaha, a moto mais vendida é a Fazer 250, e não um modelo básico
Crédito: Divulgação

6º) Yamaha Fazer 250 - 15.621

7º) Yamaha XTZ 150 Crosser - 15.054

8º) Yamaha YBR 150 - 14.194

3. Honda Pcx 150 - motos mais vendidas
O Honda PCX 150 é o scooter mais vendido do país e o oitava entre os modelos mais emplacados
Crédito: Divulgação

9º) Honda PCX 150 - 12.861

10º) Honda XRE 300 - 12.250

11º) Honda XRE 190 - 10.887

12º) Yamaha NMax - 10.693

13º) Yamaha XTZ 250 Lander - 9.244

14º) Yamaha Fazer 150 - 7.870

15º) Yamaha Neo 125 - 6.726

4. Honda Elite 125
O Elite 125, outro scooter da Honda, também está entre os vinte mais vendidos
Crédito: Divulgação

16º) Honda Elite 125 - 7.635

17º) Honda ADV 150 - 6.112

18º) Yamaha YBR 125 - 5.601

19º) Yamaha MT-03 - 4.431

20º) BMW R 1.250 GS - 2.229

5. Bmw R 1.250 Gs
A 20ª moto mais vendida é uma de alta cilindradas: a BMW R 1.250 GS, líder isolada entre as big trail
Crédito: Divulgação

O ranking da marcas de motos mais vendidas

Abaixo, outro ranking importante: o das vinte marcas mais comercializadas do país e os respectivos números de vendas, em unidades, de janeiro a junho, segundo dados de emplacamentos fornecidos pela Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos (Fenabrave). Entre parênteses, a participação de cada uma:

1º) Honda - 389.095 (75,21%)

2º) Yamaha - 95.567 (18,47%)

3º) BMW - 5.469 (1,06%)

Atrás de três marcas populares e uma "premium" vem a Shineray, de motonetas como a Jet 125
Crédito: Divulgação

4º) Shineray - 5.315 (1,03%)

5º) Kawasaki - 4.236 (0,82%)

6º) Haojue - 4.125 (0,80%)

7º) Dafra - 2.404 (0,46%)

8º) Triumph - 2.367 (0,46%)

9º) Royal Enfield - 2.314 (0,45%)

A Avelloz tem apenas um modelo - a motoneta Az1 aí de cima -, mas é a 10ª marca mais vendida
Crédito: Divulgação

10º) Avelloz - 1.196 (0,23%)

11º) Harley-Davidson - 1.000 (0,19%)

12º) Suzuki - 790 (0,15%)

13º) Ducati - 487 (0,09%)

14º) Sousa - 336 (0,06%)

Quem diria que uma marca só de veículos elétricos estaria entre as 20 mais vendidas: a Voltz
Crédito: Divulgação

15º) Voltz - 264 (0,05%)

16º) Kymco - 254 (0,05%)

17º) Bull - 237 (0,05%)

18º) Atman - 198 (0,04%)

19º) Wuyang - 189 (0,04%)

20º) Traxx - 171 (0,03%)

Ranking das categorias

Por fim, vale a pena lembrar como se divide o mercado brasileiro de veículos de duas rodas, por segmento - os scooters ganham cada vez mais espaço, enquanto as motos custom, sport e touring continuam com vendas bem limitadas.

City - 39,91%

Scooter/Cub - 33,1%

Trail/Fun - 21,9%

Naked/Roadster - 2,36%

Maxtrail - 1,42%

Custom - 0,61%

Sport - 0,55%

Touring - 0,08%

Comentários