Honda e GM se juntam para fazer baterias

Intuito é aceleram o plano de eletrificação de ambas as fabricantes

  1. Home
  2. Notícias
  3. Honda e GM se juntam para fazer baterias
Redação WM1
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Com o movimento de eletrificação dos automóveis se alastrando rapidamente, cabe as fabricantes se movimentarem para atender as novas demandas. Pensando nisso, duas grandes empresas automotivas resolveram se juntar para desenvolver uma próxima geração de baterias para veículos elétricos. Honda e General Motors assinaram um acordo de colaboração que visa descobrir novos componentes químicos de baterias, incluindo células e módulos. O intuito é acelerar o plano de eletrificação das duas empresas. As futuras baterias terão tamanho reduzido, fornecerão maior energia e, consequentemente, mais autonomia, e mais agilidade na recarga para os próximos modelos de ambas as marcas. A junção de Honda e General Motors gera economia de escala e eficiência global de manufatura para reduzir o custo ao consumidor final. Lembrando que essas tecnologias ainda são muitas caras – principalmente no Brasil.

O acordo prevê que as companhias trabalhem em conjunto com base na próxima geração do sistema de bateria da GM, com o intuito de que a Honda utilize os módulos da montadora norte-americana. A GM e a Honda já têm um histórico de relacionamento em torno da eletrificação, tendo formado a primeira joint venture do mercado para produção de um sistema avançado de célula de combustível a hidrogênio até 2020. As equipes de desenvolvimento estão trabalhando de maneira integrada para oferecer uma solução comercial mais acessível para sistemas de armazenamento de células de combustível e hidrogênio.

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors