Jeep revela 7 novos carros conceito no Moab 2021

Protótipos que estarão em Moab: Magneto, Jeepster Beach, Red Bare, Orange Peelz, Farout, Wrangler Rubicon 392 e Top Dog

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Jeep revela 7 novos carros conceito no Moab 2021
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Jeep revelou sete novos carros conceito para o Moab 2021, um dos maiores festivais de carros off-road promovido pela empresa há muitos anos, que acontece quando diversos veículos feitos em série ou mesmo protótipos tentam conquistar o terreno icônico de Moab, em Utah, nos Estados Unidos.

Além da presença da própria Jeep, entusiastas de todo o mundo se reunirão entre os dias 27 de março a 4 de abril para uma semana de férias e passeios técnicos em algumas das trilhas mais desafiadoras e pitorescas do universo off-road.

Como são os novos carros conceito da Jeep

Este ano, sete novos carros conceito da Jeep vão participar do evento. Segundo a marca, todos são movidos por um conjunto de elementos de última geração e poderosas motorizações. Entre eles, vale destacar a adoção do primeiro carro movido a bateria elétrica da Jeep. Vamos conhecer um a um:

1. Jeep Magneto

O Wrangler Magneto é justamente o conceito elétrico. Baseado em um Wrangler Rubicon 2020 de duas portas, tem motor elétrico de fluxo central personalizado capaz de operar com até 6.000 rpm. Está conectado a uma caixa de transmissão manual de seis marchas.

Comparável ao V6 Pentastar de 3,6 litros, este motor elétrico está ajustado para entregar até 285 cv e 37,7 kgf.m de torque. Acelera de 0 a 100 km/h em 6,8 segundos. Quatro baterias com potência combinada de 70 kW/h são responsáveis ​​por alimentar o motor elétrico. Feitas de íons de lítio, elas são instaladas em pontos distintos da Wrangler para distribuir o peso.

Um conversor de carros de corrida transforma a corrente contínua em corrente alternada. As baterias, a caixa de interface e o módulo de controle estão todos alojados em uma caixa à prova d'água para permitir que o Magneto atravesse trajetos de água de até 76 cm de profundidade.

Além disso, uma bateria de 12 volts alimenta os sistemas do veículo, como rádio ou iluminação. Uma outra, igualzinha, serve como unidade de alimentação auxiliar para acessórios como o guincho - e ambas são recarregadas por um conversor DC-AC para que o carro possa realizar operações prolongadas, como iluminar um acampamento, por exemplo.

Jeep Wrangler Magneto
Jeep Wrangler Magneto é o primeiro protótipo 100% elétrico da marca norte-americana
Crédito: Divulgação

2. Jeepster Beach

O Easter Jeep Safari, como é conhecido o evento, nunca estaria completo sem homenagear os veículos off-road do passado da Jeep. Este ano o modelo restaurado é um Jeepster da segunda geração.

Originalmente projetado como resposta ao crescente interesse na utilização de modelos 4x4 para atividades de lazer, o Jeepster Commando foi o primeiro veículo compacto com tração integral e transmissão automática que, ao contrário do CJ de sua época, ostentava comodidades modernas como equipamento padrão, como portas, janelas de enrolar, um aquecedor e teto.

O conceito Jeepster Beach foi criado a partir de um Commando (C-101) de 1968 mesclado com um Wrangler Rubicon 2020. A carroceria foi modificada para que o exterior misture a cor original com uma pintura bicolor brilhante. Com isso, o Beach mantém a aparência externa de um Jeepster vintage, mas adiciona o excelente desempenho do Wrangler atual na estrada e no off-road.

Sob o capô está um motor turbo de quatro cilindros de 2 litros de última geração que produz 270 cv e 40,8 kgf.m de torque. Este propulsor de injeção direta tem turbo de baixa inércia e entrada dupla montado diretamente na cabeça do cilindro, junto com um circuito de resfriamento, entrada de ar e corpo da embreagem que, juntos, fornecem desempenho e eficiência de combustível, nas palavras da empresa. O câmbio é automático de oito marchas.

O interior tem assentos esportivos com encosto baixo revestidos em couro vermelho. Já o banco traseiro do modelo original foi substituído por uma gaiola de segurança cromada de quatro pontos, enquanto os tapetes foram removidos para facilitar a tarefa de limpeza da areia da praia.

Jeepster Beach
Jeepster Beach foi montado sobre a carroceria de um Commando (C-101) de 1968
Crédito: Divulgação

3. Jeep Red Bare

O conceito Red Bare Gladiator Rubicon baseia-se na herança de picapes robustas e da lendária capacidade 4x4 da Jeep para fornecer um excelente desempenho, economia de combustível e autonomia. O modelo é equipado com o motor EcoDiesel V6 3.0 de 260 cv e 61,2 kgf.m de torque que conta até com tecnologia stop-start (que desliga e liga em paradas rápidas para economizar).

Para lidar com as grandes entregas de torque, o motor é acoplado a uma transmissão automática de oito velocidades que foi ajustada para funcionar em baixas rotações e facilitar as manobras em terrenos acidentados. A inspiração vem da paixão e entusiasmo de donos de Jeep que passam ​​horas para criar um visual único e fazer modificações que expressam a personalidade de seus veículos.

O conceito também vem equipado com um kit de elevação de duas polegadas, rodas pretas foscas de 17 polegadas com pneus off-road da BFG, barra esportiva, guarda corpo, tampa e armação de baú, defesas de aço com um guincho e para-lamas de grade para maior proteção off-road.

Jeep Red Bare Rubicon é, como dá para se imaginar, baseado na picape Gladiator
Crédito: Divulgação

4. Jeep Orange Peelz

Baseado em um Wrangler de duas portas, o conceito Orange Peelz é uma homenagem ao tradicional estilo de vida aventureiro e descontraído e a liberdade de dirigir ao ar livre que fazem do Jeep Wrangler um ícone global. Os projetistas da marca reforçaram essa natureza ao remover as janelas laterais e traseiras e instalar meias portas e um teto de vidro de painel único.

O desempenho off-road é fornecido por um kit de elevação de duas polegadas com amortecedores que aumentam a distância do solo. Abaixo dos para-lamas de aço de perfil elevado estão rodas de alumínio de 17 polegadas em que se encaixam pneus de lama BF Goodrich de 37 polegadas com tampas de válvula com o logotipo Jeep.

O acesso ao Orange Peelz elevado é relativamente fácil graças às alças. Dentro da cabine, cabeceiras e inserções na parte superior e inferior dos assentos e no painel de instrumentos combinam com o exterior do protótipo. Costuras laranja no volante, alavanca de câmbio e do freio de estacionamento completam o visual do interior.

O inédito Jeep Orange Peelz é movido pelo motor Pentastar V6 de 3,6 litros com 285 cv e 35,9 kgf.m de torque acoplado a uma transmissão automática de oito marchas.

Wrangler Orange Peelz é homenagem ao tradicional estilo de vida aventureiro e descontraído de donos de Jeep
Crédito: Divulgação

5. Jeep Farout

Este protótipo é baseado no conceito Wayout, de 2019. Chamado Farout, de acordo com a Jeep, é um autêntico veículo para fazer overlanding que se beneficia da capacidade de carga off-road líder de seu segmento (do Wrangler), e da grande autonomia e eficiência de combustível de seu motor EcoDiesel V6 de 3.0 litros.

A principal característica é uma barraca de acampamento integrada no teto perfeitamente recolhida e que se pode desenrolar de forma personalizada. Com dimensões de 4,87 m de largura e 2,28 m de altura, esta habitação se abre e fecha em questão de segundos. Uma vez montada, pode alojar até quatro pessoas.

O Farout Concept é outro conceito movido pelo motor turbodiesel V6 Eco de terceira geração de 3,0 litros, disponível nos Jeep Gladiator e Wrangler Rubicon de produção. Na Gladiator feita em série, ele fornece praticamente 700 quilômetros de autonomia.

Jeep Farout é um autêntico veículo para fazer overlanding, com barraca de acampamento integrada no teto
Crédito: Divulgação

6. Jeep Wrangler Rubicon 392

O Jeep Wrangler Rubicon 392 já está a caminho de entrar em produção, mas foi inicialmente concebido como um conceito com motor V8. Baseado no Wrangler de alto desempenho, o modelo também utiliza o V8 de 6,4 litros que entrega 485 cv e 65,7 kgf.m de torque.

A personalidade lúdica deste Rubicon de quatro portas é determinada por seu escapamento ativo de dois modos, que alterna o som entre "selvagem" e "estridente". Além disso, capô com entrada de ar central, meias portas e um teto com painéis laterais são todos removíveis. Para maior capacidade off-road, ele tem kit de elevação de duas polegadas, rodas com beadlock e pneus de lama.

Jeep Wrangler Rubicon 392 é o conceito revelado em Moab mais próximo de um carro de produção em série
Crédito: Divulgação

7. Jeep Top Dog

Imaginem uma Jeep Gladiator pensada para ciclistas de montanha. Esta é a Top Dog Concept, que expande as possibilidades de transporte da picape, ao eliminar a bandeja de estoque e substituí-la por um sistema de armazenamento de plataforma plana personalizada.

No sistema de armazenamento do lado do passageiro, várias gavetas removíveis permitem que você guarde com segurança as ferramentas e equipamentos que todo ciclista de mountain bike precisa para praticar seu esporte. Extensas prateleiras internas, interruptores de iluminação externa e fontes de energia adicionais são facilmente acessíveis.

Do outro lado, um refrigerador a bateria e uma churrasqueira elétrica auxiliam os ciclistas quando saem para praticar sua atividade.

Acima da área da cabine, duas estruturas de rack fornecem espaço de armazenamento adicional para ferramentas e equipamentos, que incluem um conjunto de esteiras de tração para tirar o veículo de qualquer situação. Dois conjuntos de luzes estão localizados em cada lado das estruturas, enquanto no topo, um suporte para bicicletas duplo fornece uma maneira segura para se transportar as bikes.

Para acentuar sua capacidade off-road, a Top Dog Concept apresenta um kit de levantamento JPP de duas polegadas com amortecedores FOX para maior distância do solo, rodas de alumínio JPP de 17 polegadas com beadlock e pneus de lama BF Goodrich KM3 de 37 polegadas. Os para-lamas de perfil elevado também oferecem espaço adicional em todos os quatro cantos.

O motor do conceito Top Dog é o Pentastar V6 de 3,6 litros com 285 cv e 37,7 kgf.m de torque, que é conectado a uma transmissão automática de oito velocidades. A cabine, dominada pela cor preta, recebe uma boa dose de detalhes em azul, como pode ser visto nos engates e costuras dos assentos de couro, apoios de braço, alavanca de câmbio, volante e freio de mão.

Outros acessórios que chamam a atenção são as capas de pedal de aço inoxidável com almofadas de borracha preta que adicionam bastante aderência aos pedais do acelerador e do freio. Logo abaixo dos pedais estão tapetes personalizados, instalados em toda a área da cabine.

Jeep Top Dog é mais um conceito baseado na picape Gladiator, uma das mais poderosas da Jeep e do mercado
Crédito: Divulgação
Comentários