Mini Clubman pode se tornar SUV

Versão station wagon da linha Mini como conhecemos, Clubman seria a próxima vítima da 'moda' com chance de virar jipinho

  1. Home
  2. Notícias
  3. Mini Clubman pode se tornar SUV
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A vida da perua Mini Clubman é bem conturbada. Em sua primeira geração, era de fato uma station wagon, daquelas bem tradicionais, com carroceria de dois volumes alongada e portas traseiras bipartidas.

A segunda geração, com desenho diferentão, já ganhou aspectos diferentes - ainda que a plataforma não seja a mesma do hatch tradicional. Agora, segundo informações do site mexicano Autologia, o Mini Clubman pode até se tornar um SUV.

Mini Clubman de traseira na cor branca com teto e faixas laterais pintados de vermelho
icon photo
Legenda: Mini Clubman pode deixar de ser perua para se tornar mais um utilitário esportivo...
Crédito: Divulgação

Mas não é nessa faixa que entra o Countryman, que já é um SUV? De fato: a dupla ocupa um segmento de preço semelhante e a inevitável comparação dá ao Countryman mais prestígio de mercado e um futuro mais promissor.

Estratégia BMW

É justamente por isso que a marca repensa o destino da Clubman. Isso, segundo declarações da própria empresa para os britânicos da Autocar.

Uma das possibilidades é o Countryman ser reposicionado, mais luxuosa e voltada ao conforto. E a Clubman passar a ser uma espécie de utilitário "raiz", com altura em relação ao solo elevada, pneus de uso misto e aspecto off-road, algo bastante procurado - quase como funciona a dupla BMW X1 e X2.

Não tem jeito: a Mini também procura aumentar seus volumes e a resposta para tudo, para quase todas as montadoras, parece ser SUV. Esses veículos que são tudo... E nada ao mesmo tempo.

Mini Clubman na cor prateada de frente com os tradicionais faróis redondos e faixas vermelhas sobre o capô
icon photo
Legenda: Mini Clubman: foi perua por quase 10 anos, mas agora pode virar mais um SUV
Crédito: Divulgação

Veja como anda o conversível mais barato do país

 

Comentários