Mini lança novo Countryman no Brasil

Modelo recebe reestilização e chega ao país em quatro versões - duas híbridas -, com preços a partir de R$ 199.990

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Mini lança novo Countryman no Brasil
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Mini lançou no Brasil a linha 2021 do novo Countryman, o maior modelo da marca. Toda a família de versões do crossover será importada de Born, na Holanda (o carro chegou a ser feito no Brasil há alguns anos). Por aqui, compete na categoria de SUVs premium, com BMW X1 e X2, Audi Q3, Volvo XC40 e Mercedes-Benz GLA, entre outros.

Segundo o Grupo BMW, dono da Mini, o carro chega ainda neste mês de outubro às lojas em quatro versões: Standard (R$ 199.990); as híbridas plug-in All4 Exclusive (R$ 234.990) e All4 Top (R$ 264.990); e a John Cooper Works ALL4 (R$ 299.990).

O que muda no novo Countryman?

Em termos de tamanho e porta-malas, tudo igual: são 4,29 metros de comprimento e 2,67 m de entre eixos, com porta-malas de 450 litros nas versões com motor a combustão – nas configurações plug-in, a capacidade do bagageiro é de 405 l.

Visualmente, porém, há novidades. Os para-choques dianteiro e traseiro foram redesenhados e agora são combinados com uma nova grade dianteira, enquanto os faróis e lanternas receberam LEDs com desenho que remete à bandeira do Reino Unido - como já visto no Mini Cooper hatch.

Por dentro, novo painel de instrumentos digital de cinco polegadas e inéditas opções de revestimento e acabamento. Toda a nova gama traz embarcada o pacote Mini Connected, que vem equipado com sistema de concierge; assistente pessoal; serviços remotos como travamento e destravamento das portas, status e posição do veículo e acionamento de faróis e alarme para facilitar a localização. Outro recurso dessa atualização é o sistema Apple CarPlay sem fio.

Novo Countryman 2021 Painel
icon photo
Legenda: Novo Countryman 2021 ganhou quadro de instrumentos digital e versões híbridas plug-in
Crédito: Divulgação

Motor e câmbio

O novo Countryman é movido na versão de entrada por um motor de três cilindros turbo, de 1,5 litro, com 136 cv e 22,4 kgf.m de torque. O câmbio é automatizado, com sistema de dupla embreagem e sete marchas. Já o invocado John Cooper Works vem com 2.0 de quatro cilindros turbo com 306 cv e 45,9 kgf.m. Nele, a caixa de transmissão é automática e tem oito velocidades.

Já as novas versões híbrida plug-in do crossover trazem uma bateria de alta tensão que permite ao motorista rodar até 57 quilômetros somente no modo elétrico, sem poluir e gastar combustível.

Nas duas configurações (All4 Exclusive e All4 Top), o três-cilindros 1.5 opera em conjunto com um propulsor elétrico para que, juntos, possam render 224 cv e 39,4 kgf.m de torque. Nela, o câmbio é automático de seis marchas e o sistema de tração é integral (por isso a sigla "All4").

Mini Countryman 2021 Ganhou Novas Lanternas
icon photo
Legenda: Modelo tem novos faróis e lanternas, e para-choques foram redesenhados
Crédito: Divulgação

Em todas as configurações oferecidas, o carro traz rack de teto; volante esportivo revestido de couro e multifuncional; bancos dianteiros com ajustes elétricos; sensor de estacionamento traseiro; controlador automático de velocidade com frenagem autônoma; faróis full-LED direcionais; tela tátil de 8,8 polegadas; painel de instrumentos digital e GPS.

Nas mais caras, o novo Countryman pode ter suspensão adaptativa; sistema de som 3D da grife Harman Kardon; head-up display; sistema de abertura e fechamento automático do porta-malas; câmera de ré; teto solar panorâmico; modos de condução diferentes e luzes de ambiência e projeção do logo Mini da porta do motorista no solo.

Comentários