Mudança de nome da VW era mesmo pegadinha

Brincadeira em alusão ao Dia da Mentira, contudo, repercutiu mal pelo fato de a Volkswagen ter confirmado a "notícia"

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Mudança de nome da VW era mesmo pegadinha
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

Em tempos de fake news, a pegadinha da Volkswagen pode ter saído pela culatra. A mudança de nome da divisão norte-americana da marca alemã para pontuar seus carros elétricos era mesmo uma brincadeira em alusão ao Dia da Mentira, em 1º de abril. Só que repercutiu mal, uma vez que a marca chegou a confirmar a informação de forma oficial.

A falsa notícia surgiu ontem (terça-feira, 30/3) e nós, do WM1, ligamos o desconfiômetro - apesar da confirmação da VW, questionamos se seria mesmo uma pegadinha de 1º de abril. E o pecado da montadora foi justamente validar oficialmente a mentira .

Vale lembrar que é usual entre as marcas "soltarem" informações inusitadas a respeito de si próprias próximo ao Dia da Mentira. A questão é que a VW usou diversos canais oficiais para confirmar a mudança. Teve declaração de Scott Keogh, CEO da suposta da "Voltswagen" America. Para completar, mudou o nome em diversos canais digitais e ainda veiculou um vídeo.

Brincadeira sem graça?

Descoberta a pegadinha, a repercussão foi quase que imediata. Muitos setores da imprensa norte-americana questionaram a estratégia. Nathan Bomey, jornalista de economia do jornal USA Today, não poupou críticas contra a Volks dos Estados Unidos.

"Querida Volkswagen. Você mentiu para mim. Você mentiu para a AP, CNBC, Reuters e várias outras publicações. Isso não é uma brincadeira. Isso é decepcionante. Caso você não tenha notado, temos um problema de desinformação nesse país. Agora você faz parte disso. Por que alguém deveria confiar em você novamente?", escreveu o repórter em seu perfil no Twitter.

O caso trouxe à tona novamente o escândalo que ficou conhecido como Dieselgate. Em 2015, foi revelado que 11 milhões de veículos da marca alemã sofreram alteração no mapeamento dos seus motores a diesel para "enganar" os testes de emissões de poluentes.

Carros elétricos reais

Volkswagen Id. Buzz Concept lembra uma Kombi Futurista com frente em curva e pintura saia e blusa branca em cima e amarela clara em baixo
Volkswagen vai produzir van baseada na ID Buzz Concept, a Kombi elétrica do futuro
Crédito: Divulgação

Pelo menos, a ofensiva elétrica da Volks não é pegadinha. A marca já disse que vai eletrificar 70% da gama. Recentemente apresentou dois modelos de sua nova gama EV, o ID3 e o ID4, já faz testes com a "Kombi elétrica", a van ID Buzz, e anunciou que vai lançar duas picapes sem motor a combustão.

Até a conclusão desta reportagem, a Volkswagen Estados Unidos não havia se posicionado oficialmente a respeito da pegadinha.

Comentários