Soluções da Webmotors aquecem o mercado de carros

Ferramentas inovadoras do maior portal de compra e venda de automóveis consegue minimizar os efeitos da crise no setor

  1. Home
  2. Notícias
  3. Soluções da Webmotors aquecem o mercado de carros
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

É fato que a pandemia trouxe incertezas e retrações para o mercado de automóveis. Mas também, provocou respostas ágeis e soluções digitais que não só ajudaram a minimizar a crise provocada pelo novo coronavírus, mas também mudaram o jeito de negociar carro. E a Webmotors foi pioneira em novas ferramentas que fomentaram toda a cadeia de compra e venda de veículos.

Uma dessas plataformas inovadoras foi o CarDelivery. Menos de um mês após o início do “novo normal” provocado pela Covid-19, e antes mesmo de fabricantes e concessionárias investirem em soluções virtuais para comercializar seus produtos, a Webmotors já entregava a dealers e consumidores uma forma segura, moderna e totalmente digital de negociar o automóvel.

A ferramenta possibilita que todo o processo de compra do carro seja totalmente digital: pesquisa, informações, avaliação do usado como entrada e financiamento. E com conveniências, como a possibilidade de test drive no domicílio do consumidor e a entrega do veículo completamente higienizado dentro dos protocolos de segurança das autoridades.

O serviço, inclusive, já estava no radar da Webmotors muito antes da pandemia, mas a nova realidade global antecipou o projeto. Assim que as medidas de quarentena foram determinadas no Brasil, o fluxo de visitas ao maior portal de vendas de automóveis do país teve uma queda de 15% a 20%. Porém, o número de propostas comerciais dentro do site recuaram 40%.

“Fizemos uma pesquisa online com os clientes para descobrir qual era o ponto de insegurança do momento: e era justamente o medo da contaminação. O cliente tinha receio tanto de sair de casa, como de ficar exposto e o carro vir contaminado. Então, havia de um lado um comprador com interesse no carro, e, do outro, o dealer sem poder abrir a loja para o público. O desafio foi conectar os dois”, explica Eduardo Jurcevic, CEO da Webmotors.

O desenvolvimento do CarDelivery foi rápido e a Webmotors foi uma das primeiras empresas no mundo a oferecer essa nova modalidade de negócio no mercado automotivo. E a demanda de consumidores e lojistas foi confirmada na participação dos parceiros na nova plataforma: cerca de 10 mil lojas aderiram ao sistema e, atualmente, 84% de todos os anúncios que recebem proposta dentro do portal recebem o selo CarDelivery.

“Time de tecnologia, de produtos e todas as áreas da Webmotors foram muito rápidos na hora de criar o CarDelivery. Em geral, o processo de criação demanda tempo de maturação um pouco maior, mas em um cenário de urgência, tínhamos de fazer de uma forma muito mais acelerada. Houve um envolvimento da empresa inteira, com foco e agilidade”, ressalta Jurcevic.

Conveniências

Na carona do CarDelivery, por assim dizer, a Webmotors ampliou a experiência de compra 100% digital com a Vídeo Chamada. Com o serviço, as agências e lojas de automóveis possibilitam ao cliente que veja o carro sem sair de casa.

Ao agendar uma video chamada por WhatsApp, a loja ou agência pode apresentar o veículo ao interessado em tempo real. E o cliente ainda tem a possibilidade de tirar dúvidas e observar outros detalhes do carro que deseja.

“Além da paixão do brasileiro por carro, o automóvel é diferente, tem valor maior do que os bens tradicionais. O cliente quer ver como está o estado do carro, observar detalhes, ver por dentro da cabine… E a Vídeo Chamada é uma ferramenta a mais onde o consumidor pode ver o que está comprando”, afirma o CEO da Webmotors.

Desde que a ferramenta foi lançada, no início de junho, já foram mais de 6 mil agendamentos de vídeos no site. O que ratifica que os novos serviços da Webmotors configuram uma comodidade que se tornará mandatória no segmento automotivo.

“O CarDelivery e a Vídeo Chamada são plataformas de conveniência que vieram para ficar. Quanto mais você ‘deixar real’ a experiência digital do carro, mais chance de êxito você terá”, acredita o executivo.

Alívio econômico

Mas não foi só na ponta do processo de compra e venda onde a Webmotors buscou soluções para seus clientes e usuários. A empresa também impulsionou uma modalidade de negócio bastante comum no segmento de carros seminovos, porém, que se mostrou totalmente apropriada em um momento de crise econômica: o Troca+Troco.

Em um período com queda na renda e aumento do desemprego, a possibilidade de poder ter dinheiro sem ficar a pé é a opção para muitas pessoas. Com o Troca+Troco, o consumidor pode selecionar as lojas que aceitam um carro de maior valor para vender um veículo menos valorizado, e dão a diferença na hora. E o suporte financeiro de uma instituição como o Santander torna o serviço mais ágil e vantajoso para todas as partes.

Mais uma vez, o tráfego dentro do portal apontou esta tendência depois do início da pandemia. Houve um significativo aumento no número de anúncios de carros mais novos, com um ou dois anos de uso. Ao mesmo tempo, as propostas por modelos mais usados cresceram na mesma proporção.

“O Troca+Troco não é um conceito novo, mas o que a Webmotors trouxe a mais? A vantagem de estar junto ao Santander, que possibilita uma integração em relação ao financiamento. Quando pessoas estão vendendo carros de maior valor e trocando por outro de menor valor, isso não se faz sem crédito, seja para reduzir o custo de uma parcela, pegar um troco ou refinanciar o veículo”,

explica Eduardo Jurcevic.

Distante, mas perto

Além das novas ferramentas, a Webmotors também investiu em uma maior aproximação com os dealers. Com um cenário incerto, a empresa estreitou o relacionamento digital com os lojistas para compreender suas demandas, dúvidas e temores em relação à crise que se iniciou. E, a partir daí, oferecer não só soluções, como também traçar panoramas do que estaria por vir.

Desta forma, uma série de palestras digitais e lives foram realizadas, com participação média de 2.500 dealers em tempo real. Nas apresentações, a Webmotors se valeu da parceria com a rede global Carsales para mostrar experiências do mercado automotivo em países que viveram a pandemia antes do Brasil, como China e nações europeias.

Os canais digitais também ajudaram o parceiros a entender e pôr em prática as ferramentas inovadoras, como CarDelivery e Vídeo Chamada. “É importante estar mais próximo dos dealers e, se tem um aspecto positivo nesse cenário de quarentena e home office, um deles é conseguir falar com muitos mais clientes e por mais tempo”, diz o CEO da Webmotors.

Internamente, a Webmotors também realizou programas para cuidar dos seus colaboradores, seja no suporte profissional, como também em termos de saúde mental. Lives e palestras foram realizadas, além de vídeos com psicólogos para ajudar os funcionários a entenderem e viverem melhor esse “novo normal”.

A programação inclui, ainda, aulas de ioga, happy hours, dias temáticos e o Sextou!, onde um colaborador com algum talento faz alguma apresentação. Desde tocar um instrumento musical, até explicar uma receita de comida ou drink.

Campanhas surpreendentes

A ousadia da Webmotors nesta pandemia também pode ser conferida em outras frentes. Que empresa faria uma campanha onde comunicasse que não queria ser vista? Esta foi a sacada do portal, atenta à necessidade de as pessoas ficarem em casa para se protegerem do novo coronavírus.

Peças de comunicação físicas (totens, outdoors, busdoors etc) espalhadas por pontos diferentes das grandes cidades pediam para que as pessoas... não vissem aquele anúncio e que ficassem em casa!

“Foi uma campanha muito criativa da equipe de marketing, essa ideia de falar de uma mídia que não quer ser vista. ‘Vá para casa, não é para você estar nos vendo’, porque essa era a orientação das autoridades. Não basta dar ferramentas para a pessoa ficar em casa, era preciso passar a mensagem”, destaca Jurcevic.

icon photo
Legenda: Campanha inédita pedia para as pessoas não verem a Webmotors
Crédito: Reprodução

E com os espaços de lazer fechados, nada como resgatar um costume. A Webmotors também patrocinou o Cine Drive-In Patties com Webmotors, em São Paulo, onde o carro se tornou o principal acesso a um hábito que se perdeu na pandemia: ir ao cinema.

“Todo mundo estava vivendo uma mudança bem radical dentro do seu modo de viver. Por que não trazer um conteúdo diferente? Veio a ideia do Cine Drive-in, de poder dar essas alternativas para a família. É algo que algumas gerações passadas viveram e que as novas gerações também puderam vivenciar como forma de entretenimento e convivência de forma segura”, acredita.

Para o executivo, a crise só veio reforçar o papel e o compromisso da Webmotors dentro do setor automotivo. Principalmente neste ano atípico, quando o maior portal de compra e venda de carros completa 25 anos de vida.

“Não medimos esforços para estar sempre perto do cliente. Tudo através de pesquisa, para entender as demandas e necessidades, seja do comprador, do vendedor e do lojista. Assim que a  Webmotors quer se posicionar, principalmente nesse momento: poder conectar as pessoas com as melhores ofertas na hora de vender, comprar e usar seu veículo, e como fazer isso dentro de um cenário de pandemia”, enaltece o executivo.

 

Comentários