Veja como é o 500e, futuro carro elétrico da Fiat

Modelo deve chegar ao Brasil no ano que vem e poderá até ocupar o posto de carro elétrico mais barato do mercado

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. Veja como é o 500e, futuro carro elétrico da Fiat
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

A Fiat é outra marca que planeja entrar no mercado do carro elétrico nos próximos anos e para isso pretende lançar por aqui a versão com motor movido a bateria do 500, um de seus veículos mais icônicos de todos os tempos. Chamado de 500e, o modelo feito na Itália deve começar a ser importado para nosso país no ano que vem.

Mas como é o Fiat 500 elétrico? Nessa reportagem, vamos dar detalhes do subcompacto que terá três carrocerias (hatch, hatch de três portas e até uma conversível) e duas configurações de motor/bateria.

Primeiro carro elétrico da Fiat

O 500e é o primeiro carro 100% movido por eletricidade produzido pela Fiat. O modelo será importado da fábrica de Mirafiori, em Torino (Itália), e já será construído sobre a novíssima geração do compacto, lançada no começo deste ano. Vale lembrar que a versão anterior, que tinha uma configuração híbrida, seguirá em produção enquanto houver demanda.

Mas por que o carro voltou a ser feito em Mirafiori, lá em Torino, e não no México de onde vinha importado para o Brasil? Segundo a marca, a ideia foi manter a tradição e fazer uma conexão entre a novidade 100% elétrica e o carrinho de mesmo nome que era feito naquele mesmo local durante os anos 1950 - nas palavras da empresa, "em uma ponte simbólica entre o passado e o futuro".

Com produção genuinamente Fiat (pensado e desenvolvido dentro da fábrica de Torino), o modelo pode surpreender quando chegar ao Brasil, no ano que vem. Como é compacto, poderá até ter preço inferior ao cobrado atualmente pelo JAC iEV20, atual carro elétrico mais barato do país, que pede R$ 139.990 por uma unidade zero quilômetro.

Fiat 500e Carregador
Fiat 500e ter wallbox de recarregamento rápido: até 80% da carga em 35 minutos
Crédito: Divulgação

Como ele é?

Comparado a um Fiat 500 convencional, a plataforma principal deste carro inclui a bateria e o motor elétrico, além de outros componentes importantes como um aquecedor elétrico e um compressor. É desse jeito que a montagem acontece: depois que o sistema de tração está completo, a carroceria é sobreposta ao conjunto, para que a união entre chassis e corpo aconteça automaticamente.

O motor elétrico, por ora, oferece duas autonomias: uma de 180 quilômetros, mais voltada para quem roda somente na cidade (que certamente custará menos); e uma de 320 km, para os que precisam percorrer trechos maiores. Segundo a Fiat, são 118 cv.

E o 500e promete agilidade, apesar do peso acima do normal por conta da bateria: a aceleração de 0 a 100 km/h acontece em 9 segundos e a velocidade máxima é de 150 km/h, limitada eletronicamente.

Em termos de tamanho, ele é 6 cm mais longo, 6 cm mais largo e tem distância entre os eixos 2 cm maior que seu antecessor, sem ultrapassar os 4,00 m de comprimento (são 3,61 m, com 1,69 de largura e 2,32 m de entre-eixos). O porta-malas é o mesmo, de 185 litros (são 153 l na versão conversível).

Fiat 500e Interior
Fiat 500e tem novo painel e vai estrear a central multimídia Uconnect 5
Crédito: Divulgação

Interior compacto e tecnológico

Por dentro, o painel é totalmente novo e traz soluções de armazenamento modular entre os bancos dianteiros, onde ficava a manopla de câmbio - que passa a ser comandado por botão. Fora isso, o 500e terá uma série de equipamentos de última geração, como monitoramento por câmera frontal; controle de cruzeiro adaptativo inteligente (iACC) e sistema corretor de faixa, entre outros.

A tela multimídia, bem maior do que costumamos ver (são 10,25 polegadas em HD na horizontal), é outra novidade. O Fiat 500e, primeiro carro elétrico da empresa italiana, também vai estrear a central Uconnect 5, que consegue rodar os sistemas operacionais AndroidAuto e Apple CarPlay sem fio e ainda configurar a tela com widgets para acessos personalizados aos aplicativos.

De acordo com a empresa, o sistema ainda será capaz de receber comandos por voz, funcionar como roteador de wi-fi e até oferecer serviços de concierge, a exemplo de algumas marcas no Brasil, como Chevrolet, Ford e Volvo. Tudo isso controlado por um aplicativo, de modo que seja possível "preparar" o carro antes mesmo de adentrá-lo, pelo celular.

Fiat 500e Traseira
Fiat 500e é um dos carros globais mais icônicos e importantes de todo o Grupo FCA e da Fiat
Crédito: Divulgação
Comentários