VW Taos chega ao Brasil nas próximas semanas

Veja detalhes técnicos do novo SUV da Volks, que tem como meta roubar clientes do Jeep Compass, líder entre os médios

  1. Home
  2. Últimas notícias
  3. VW Taos chega ao Brasil nas próximas semanas
André Deliberato
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O VW Taos, um dos SUVs mais esperados para este ano no Brasil, está muito perto de estrear em nosso mercado. De acordo com a Volkswagen, o novo utilitário médio da empresa chega ao nosso país importado da Argentina no segundo trimestre deste ano. E será apresentado de forma oficial em nosso mercado ainda nos três primeiros meses de 2021, ainda que de forma estática.

Em uma apresentação realizada na manhã desta terça-feira (26), a marca confirmou uma série de novidades a respeito do modelo e revelou que o SUV terá grande foco no quesito segurança. Como já dito aqui no WM1, seu objetivo vai ser filar boa parte dos clientes do Jeep Compass, o grande líder dessa categoria no mercado brasileiro.

VW Taos 1.4 250 TSI

Já dissemos por aqui que o Taos será equipado com o motor 1.4 turboflex (identificado pela sigla 250 TSI) de até 150 cv e 25,5 kgf.m de torque, seja com etanol ou gasolina - o mesmo de Jetta, Tiguan, T-Cross e de Polo e Virtus GTS. O câmbio é o também já conhecido AQ250, automático de seis marchas, que terá função "Sport" e possibilidade de trocas pela alavanca ou borboletas atrás do volante.

Uma das novidades reveladas na apresentação de hoje foi o tamanho e o peso do carro, além de uma série de equipamentos de segurança que o modelo terá em todas as versões. O Taos terá 4,46 m de comprimento, 1,63 m de altura, 1,84 m de altura e 2,68 m de distância entre-eixos - para efeito de comparação, o Jeep Compass tem 4,42 m, 1,64 m, 1,82 m e 2,64 m, respectivamente.

Volkswagen Taos 2021 (1)
Volkswagen Taos será lançado no Brasil ainda neste primeiro semestre de 2021
Crédito: Divulgação

O porta-malas terá 498 litros, bom volume para um SUV médio - o Compass tem 410. Já o tanque de combustível do novo carro da Volks tem 51 litros, contra 60 l do modelo da Jeep. Ainda em relação a dimensões e medidas, o VW Taos pesa 1.420 kg, contra 1.527 kg do rival, que tem motor 2.0 flex.

O peso menor em relação ao principal concorrente resulta em melhores números de desempenho e possivelmente de consumo - por ora, apenas os dados de aceleração e velocidade máxima do Taos foram revelados. O carro da VW acelera de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos e consegue chegar a 194 km/h; o Compass, por sua vez, faz o 0-100 em 10,6 s e alcança 192 km/h.

Modos de condução

O novo SUV da Volks terá quatro modos de condução: "Eco", "Normal", "Sport" e "Individual" - este último é aquele que pode ser personalizado de acordo com o gosto do motorista.

Essas seleções alteram o modo de dirigir e o comportamento dos seguintes componentes: peso da direção; respostas do motor e do câmbio; climatização do ar-condicionado, atuação do ACC (controlador automático de velocidade adaptativo) e até na luz ambiente interna - azul clarinho no modo econômico e vermelha no esportivo.

Os dados de consumo ainda não foram divulgados, mas já é sabido também que o Taos terá sistema start-stop, que desliga e liga o motor em paradas rápidas para maior economia de combustível - que, por ventura, pode ser desligado pelo VW Play, outro equipamento que já sabíamos que estaria em seu catálogo. Outro ponto revelado é que seu freio de estacionamento será por botão.

Volkswagen Taos
Volkswagen Taos tem design parecido com o do SUV Tharu, sua versão chinesa
Crédito: Divulgação

O Taos vai utilizar suspensão dianteira McPherson, um estilo de construção mais tradicional, mas com barra estabilizadora para conseguir proporcionar o máximo possível de estabilidade. Já na traseira, a Volks aplicou no SUV uma suspensão independente multilink, também com barra estabilizadora. O Compass, para comparação, tem suspensão independente McPherson na frente e atrás.

Segurança é o foco

Outro destaque do VW Taos está no quesito segurança. Segundo a marca, todos os equipamentos listados como itens de última geração tecnológica serão de série em todas as versões - mesmo que a quantidade de configurações ainda não tenha sido revelada (os planos comerciais do SUV deverão ser divulgados poucas semanas antes do lançamento de mercado).

O Taos terá sistema indicador de perda de pressão nos pneus, com aviso sonoro e identificação do pneu murcho e ACC (sigla de Adaptative Cruise Control), que é aquele sistema movido por um radar que faz com que o veículo consiga detectar o carro à frente e guiar a carroceria de acordo com os movimentos do automóvel seguido - com função Stop&Go, que ainda faz o Taos sair da imobilidade de forma automática mesmo se o carro que estiver à frente chegar a parar por completo.

Volkswagen Taos
Volkswagen Taos 250 TSI: motor será o 1.4 de 150 cv e 25,5 kgf.m de torque
Crédito: Divulgação

Outro equipamento do Taos será o Front Assist - um "amigo", nas palavras da Volks - que detecta e avisa por sonorização sobre a movimentação do carro à frente. Ele será interligado aos sistemas de frenagem automática de emergência e ao de detecção de pedestres, justamente para que o carro consiga parar sozinho caso se depare com algum obstáculo e o motorista não esteja atento.

Obviamente, um radar na traseira também tem função parecida, embora para velocidades muito menores - afinal ninguém acelera em marcha à ré. Chamado de, prepare-se, "Rear Cross Traffic Alert Blind Spot Detection", esse sistema consegue captar veículos a até 20 metros de distância e imobiliza o carro em situações de ponto cego - como por exemplo quando o carro está em vaga longitudinal.

Esse último equipamento também terá atuação sobre os freios - em mais um sistema, chamado "função frenagem de manobras". O funcionamento é simples: por meio do radar, o carro freia automaticamente quando detecta obstáculos supostamente não vistos pelo motorista (como pilastras e colunas em uma garagem escura, por exemplo).

Obviamente, sensor de ponto cego nos retrovisores também estão presentes - aliás, são atuantes. Se você estiver ao volante do VW Taos e um carro, em seu ponto cego, além de uma luz no espelho externo se manter acesa, ele ainda vibra o volante e avisa o motorista sobre o veículo "escondido" caso seja acionada a seta para mudar de faixa.

Painel do Taos lembra o do Nivus - ele também terá o sistema VW Play
Crédito: Divulgação
Comentários