Oficial: Fiat, Jeep, Peugeot e Citröen se juntam

Fusão é confirmada pelas gigantes FCA e PSA, reunirá 13 marcas e formará o quarto maior grupo automotivo do mundo

  1. Home
  2. Pit-Stop
  3. Oficial: Fiat, Jeep, Peugeot e Citröen se juntam
Fernando Miragaya
Compartilhar
    • whats icon
    • bookmark icon

O que estava no estágio de negociações se concretizou mais rapido do que muitos imaginavam. Os grupos FCA - Fiat Chrysler Automobiles e PSA Peugeot Citroën anunciaram acordo para a criação de um novo conglomerado.

Com a fusão das duas empresas, surgirá o quarto maior grupo automotivo do mundo. Hoje, ficaria, inclusive, à frente de General Motors e Ford. É atrás do Grupo Volkswagen, Toyota, Hyundai-Kia e da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi.

A nova holding terá sede na Holanda e reunirá 13 marcas, que anotaram mais de 8,7 milhões de carros vendidos em 2018. Ao todo, são 410 mil empregos diretos. O lucro bruto somado dos dois grupos em 2018 foi de mais de R$ 750 bilhões.

Pelo acordo, cada grupo terá metade exata das ações da nova empresa, que ainda não tem nome definido. O objetivo, obviamente, é cortar custos com compartilhamento de motores, plataformas e tecnologias entre as marcas. Isso inclui eletrificação, tecnologias de condução autônoma e conectividade digital.

De acordo com o comunicado das empresas, o objetivo é atingir um nível de parceria de 80% dos projetos até 2024. A economia prevista é de R$ 12,4 bilhões neste período. O texto garante que não haverá fechamento de fábricas.

A nova gigante automotiva reunirá marcas variadas. Do lado da FCA, Fiat, Alfa Romeo, Lancia, Maserati, Chrysler, Jeep, Dodge e RAM. Da parte da PSA, Peugeot, Citroën, Opel, Vauxhall e DS. Sem contar divisões esportivas e de acessórios da FCA, como Abarth, SRT e Mopar.

 

Comentários

Ofertas Relacionadas

logo Webmotors